segunda-feira, 31 de agosto de 2020

sábado, 4 de julho de 2020

Pregadora cega entrega mensagem a Bolsonaro na entrada do Alvorada: ‘Não tema’foram trés visão. assista de arripiar.



 A tradicional conversa do presidente com cidadãos que vão à entrada do Palácio da Alvorada foi marcada, na última quarta-feira, 01 de julho, por uma conversa entre Jair Bolsonaro e uma pregadora evangélica cega, que entregou uma mensagem a ele.
Identificada como Vitória Fernandes, a mulher disse que viajou de ônibus ao longo de três dias desde o Rio Grande do Norte para poder conversar com o presidente, e que em sua rotina, atuava como pregadora e cantora.
“Vim te transmitir um recado de Deus. Foi muito difícil chegar até aqui, presidente. Foram muitos impedimentos, mas estou aqui. Sou cantora e pregadora Vitória Fernandes, sou do Rio Grande do Norte. Viajei de lá para cá três dias de ônibus, foi para a glória de Deus. Quero começar dizendo que tem um anjo na porta do palácio, na porta da tua casa tem um anjo com espada para guerrear pelo senhor aqui dentro”, disse a pregadora.
Bolsonaro ouviu as palavras de Vitória Fernandes com um semblante emocionado, conforme informações do Correio Braziliense.

“Deus me mostrava uma nuvem negra por trás do senhor e Deus dizia que grande era sua luta na Presidência. Essa nuvem negra são pessoas que querem a todo custo te tirar daqui. Mas ninguém vai porque Deus mandou falar para o senhor que tu és o escolhido do Senhor e da cadeira ninguém te tira porque foi Ele quem te colocou nela”, continuou a pregadora.
“A segunda visão que Deus me deu, me mostrava uma sala, não sei que sala é essa, vou descrever: é uma cadeira com dois braços, como se fosse uma poltrona, Bolsonaro, uma poltrona macia, eu me via dentro dessa sala. Uma mesa redonda e o senhor estava sentando nela assinando vários papéis e o Senhor dizia: ‘Filha olha pra cima’. E eu olhava e via três sombras pretas lá dentro e Deus dizia para mim que essas sombras, presta atenção presidente, são três pessoas que não querem que o senhor continue. São pessoas lá de dentro, cuidado presidente. Vigia presidente. Porque o senhor e sua esposa são escolhidos aqui”, acrescentou Vitória Fernandes.
Ao final, a pregadora recomendou que Bolsonaro busque se “proteger” e que faça um jejum pela “própria vida”: “O que o senhor vai passar não vai ser fácil, vai ser muito grande a luta. Já está sendo, mas o senhor vai ser vitorioso. Deus é contigo, não tema”, finalizou.
O presidente agradeceu as palavras e posou para uma foto com a pregadora: “Acredito em Deus também e sei que veio do teu coração essa palavras. Muito obrigado. Muito obrigado pela presença, dando força e confiança para a gente”, disse Bolsonaro, que em seguida questionou se Vitória Fernandes estava acompanhada: “A gente vê certas cenas e não tem o direito de reclamar. Cada um aqui pode vencer o obstáculo que quiser”, acrescentou.

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Missionário é parado com carregamento de Bíblias em país proibido e veja só o que Deus fez.

Um missionário trabalha para o Reino de Deus transportando bíblias para países onde a mesma não é bem vinda. Ele estava indo ao encontro de cristãos secretos, que residem no Oriente Médio, até se deparar com um grande desafio em uma barreira policial.
Dessa vez a viagem não saiu como o esperado, pois ao passar pela Alfândega os policiais pararam o missionário chamado Jhon – que não teve seu verdadeiro nome revelado por razões de segurança.
O cristão esperava que os policiais não pedissem para abrir suas malas para serem revistadas, mas não foi isso que aconteceu. Os policiais viram as Bíblias e perguntaram a John para quem e para onde estavam levando, pois eram muitas bíblias.
“Abri a mala”, lembra John. “O homem abriu vários dos meus ‘presentes’ especiais e me perguntou para quem eram esses presentes ou onde eu queria vendê-los. Eu disse a ele que pessoalmente queria dar esses presentes para agradecer às pessoas por serem tão hospitaleiras no país”.
A resposta não convenceu e Jhon foi levado para a delegacia, onde foi interrogado toda a noite. Durante uma conversa com um dos policiais, o missionários soube que o pai de um deles estava enfermo, e logo se ofereceu para orar por ele. O policial aceitou e percebeu algo diferente no missionário.
“O homem disse que eu era diferente dos outros”, conta John. “Comecei a conversar com ele. [Depois de um tempo] ele me disse que seu pai estava gravemente doente”.
O missionário compartilhou sua vida e a Palavra de Deus com ele, que entendeu o veio a entregar sua vida a Cristo. “Ele aceitou Jesus como seu Salvador”, disse Jhon. “Eu tinha lágrimas nos meus olhos.”
Logo depois, o policial perguntou a John se o motivo dele estar ali era por causa das bíblias. Ele disse que sim. O policial entregou as Bíblias ao missionário e ele foi liberado para seu destino.
“Desde que minha mala foi aberta até quando entrei novamente no avião, agradeci ao Senhor”, disse ele, segundo informações da Portas Abertas.
“Eu tive paz – a paz de Deus que transcende todo entendimento. Eu vi a mão de Deus em tudo o que aconteceu. Foi diferente do que eu havia planejado. Ele decidiu mudar tudo para salvar essa única alma. Eu era apenas um espectador. Graças a meu pai, obrigado Jesus”, conclui o missionário.

segunda-feira, 22 de junho de 2020

“Querem prender os que vão à igreja, mas não os que queimam igrejas”, diz Trump

Redação JM Notícia

O candidato à reeleição alertou os norte-americanos contra a permissão da "esquerda radical" para controlar o país através do candidato presidencial democrata Joe Biden

Presidente Donald Trump em um comício de campanha em Tulsa, Oklahoma | 
Captura de tela / C-SPAN
Neste sábado (20), o presidente dos Estados Unidos Donald Trump falou contra a hipocrisia de seus opositores por apoiarem os protestos do Black Lives Matter que queima igrejas
Ao mesmo tempo, esses mesmos opositores pediam a prisão de quem quer ir para a igreja. Trump está em campanha para reeleição e discursava em Tulsa, no estado de Oklahoma.
“Joe Biden e os democratas querem processar os americanos por irem à igreja, mas não por queimarem uma igreja”, disse o presidente republicano.
“Eles acreditam que você pode se revoltar, vandalizar e destruir, mas você não pode participar de uma manifestação pacífica e pró-América”, continuou ele destacando o padrão duplo dos democratas.
“Eles querem punir seu pensamento, mas não os crimes violentos”, declarou Trump. “Joe Biden se rendeu ao seu partido e à multidão de esquerda. Ele não tem controle. Alguém honestamente acha que ele controla esses maníacos radicais?”, questionou.
O candidato à reeleição alertou os norte-americanos contra a permissão da “esquerda radical” para controlar o país através do candidato presidencial democrata Joe Biden
“A escolha em 2020 é muito simples”, disse. “Você quer se curvar diante da multidão de esquerda ou quer se levantar alto e orgulhoso como os americanos?”, perguntou.
Na visão de Donald Trump, a “esquerda enlouquecida” está tentando vandalizar a história dos EUA. Ele se refere a onda de ataques e destruição de grandes símbolos da história feita pelos grupos antifascistas e antirracistas que estão praticando atentados em vários pontos do país nas últimas semanas.
Ataques à história
Na Califórnia, na sexta-feira, manifestantes derrubaram uma estátua do padre Junipero Serra no Golden Gate Park, em São Francisco. Serra era um missionário da Espanha que viajou para o México na década de 1700 para compartilhar o Evangelho. Eles também destruíram uma estátua de Ulysses S. Grant, um republicano que ajudou a derrotar os confederados e a vencer a Guerra Civil. Grant foi eleito mais tarde como o 18º presidente dos Estados Unidos.
Na noite de quinta-feira, manifestantes em Portland, Oregon, derrubaram uma estátua de George Washington, o primeiro presidente do país, e colocaram uma bandeira dos EUA no topo da cabeça da estátua e a incendiaram. Depois que a estátua caiu no chão, outra bandeira dos EUA foi incendiada e urinada.
Em resposta, o presidente disse: “Não estamos em conformidade, é por isso que estamos aqui, na verdade. Essa campanha cruel de censura e exclusão viola tudo o que consideramos querido como americanos. Eles querem demolir nossa herança para poder impor seu novo regime repressivo em seu lugar”, completou. Com informações Infowars e Christian Post.

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Misael diz que morte do pastor Anderson foi por “ambição”

Vereador disse que o assassinato do pai adotivo dividiu a família
Pastor Anderson do Carmo, vereador Misael e a deputada Flordelis Foto: Reprodução

Em uma entrevista concedida ao jornal Extra e publicada na véspera da data em que o assassinato do pastor Anderson do Carmo completará um ano, o vereador de São Gonçalo, Wagner dos Santos, conhecido como Misael, voltou a falar sobre o crime.
Durante a conversa, Misael afirmou que a morte do pastor envolveu motivações como ambição pelo poder e controle financeiro. O vereador rompeu relações com a mãe adotiva, a deputada federal Flordelis, após o crime.
Continuo mantendo minha fala de que foi questão de ambição em relação ao poder, controle de tudo, incluindo o financeiro. Porque ele (Anderson) era muito controlador e isso incomodava – disse.
Questionado se acredita no envolvimento de outros membros da família no crime, além dos irmãos Lucas e Flávio dos Santos, Misael disse que as investigações e as provas apontam nesse sentido. Entretanto, o vereador não chegou a entrar em detalhes sobre quais exatamente seriam os indícios que comprovariam o fato.
– Sim, acredito por tudo que eu vi na casa e pelas provas que existem no inquérito policial. Está em segredo de Justiça, por isso não vou entrar em detalhes, falar nenhum nome. Mas eu acredito que há outras pessoas envolvidas direta e indiretamente no crime.
O político também falou sobre a situação da família após o crime. Segundo ele, com a morte de Anderson do Carmo o núcleo familiar ficou completamente dividido entre os que querem justiça e os que, aparentemente, não querem.
– A morte dele causou um rompimento familiar e afastamento por uns quererem justiça e outros, aparentemente, não. Acabou quebrando toda a corrente familiar. O elo todo acabou sendo quebrado – completou.

domingo, 7 de junho de 2020

"Estão somando num dia registros atrasados de meses", diz Osmar Terra sobre mortes

Fonte Partido Brasil"Estão somando num dia registros atrasados de meses", diz Osmar Terra sobre mortes

Diariamente o Ministério da Saúde tem informado o número de mortos pelo coronavírus, enquanto a grande mídia, por sua vez, parece ter transformado esses dados em um momento de propagação do pânico entre a população, reportando números que não são explicados como deveriam.

O motivo disso está no fato de que o número de registro de mortos em 24 horas não significa a ocorrência de mortes em 24 horas. Em outras palavras, uma coisa é o registro de mortes feito em um dia e outra bem diferente é o número de pessoas que morrem em um dia.
Essa diferença ocorre porque, entre outros motivos, há um atraso na notificação das mortes, visto que a real causa da morte precisa ser confirmada. Assim, muitas vezes mortes que ocorreram dias, semanas e até meses atrás podem ser registradas em 24 horas, todas de uma só vez, causando a impressão de que esse é o número de ocorrências em um dia, quando não é.

É perfeitamente possível comprovar isso, por exemplo, através dessa publicação feita pelo Ministério da Saúde, onde o órgão explica os números lançados dias atrás. Nessa ocasião, a grande mídia divulgou - de forma falsa - que houve no país 1.188 mortes em 24h, mas o próprio Ministério desmente no seguinte trecho:

"Até o momento, o país registra 18.508 óbitos, sendo que 1.188 foram registrados nos sistemas de informação oficiais do Ministério da Saúde nas últimas 24h, apesar de a maioria ter acontecido em outros dias. Isso porque as notificações ocorrem apenas após a conclusão da investigação dos motivos das mortes. Desse total, 311 mortes ocorreram, de fato, nos últimos três dias e outras 3.534 estão em investigação."


Osmar Terra questiona


A explicação detalhada sobre a diferença entre registro de morte e ocorrência de morte foi oferecida pelo Opinião Crítica, com base também em uma crítica do jornalista Guilherme Fiuza. Mais recentemente, porém, quem também questionou a forma como esses dados são divulgados foi o médico e deputado Osmar Terra.

"Número de óbitos p dia da Covid 19 divulgados pelo MS, NÃO É REAL para o dia. Também a frase de efeito do @gugachacra que está morrendo 1 brasileiro por minuto. Embora cada morte seja uma tragédia, nunca morreram 1.000 pessoas/dia. Estão somando num dia registros atrasados de meses", afirmou o deputado.

Como referência, Osmar Terra publicou uma nota da Secretaria de Saúde de Pernambuco, onde os dados referentes ao estado foram detalhados.

Essa explicação, evidentemente, não ignora o número de mortos pelo coronavírus. Ela apenas demonstra que parte da mídia parece estar, sim, mais interessada em explorar o pânico da população do que de informar a verdade dos fatos.

Confira abaixo:

Número de óbitos p dia da Covid 19 divulgados pelo MS, NÃO É REAL para o dia.Também a frase de efeito do @gugachacra que está morrendo 1 brasileiro por minuto.Embora cada morte seja uma tragédia,nunca morreram 1.000 pessoas/dia. Estão somando num dia registros atrasados de meses

View image on Twitter

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Homem armado interrompe culto e é baleado por policiais

Caso aconteceu na Carolina do Norte, EUA

No domingo (24), um homem acabou baleado após interromper um culto ao ar livre da Igreja Batista Oak Grove, na Carolina do Norte, EUA. Ele estava com uma faca e foi atingido por um assistente do xerife da cidade de Waxhaw. Segundo a CBN News, os policiais locais também apresentaram uma queixa contra o homem, de 54 anos, depois que ele se tornou verbalmente abusivo com os fiéis.

Tony Underwood, porta-voz do Gabinete do Xerife do Condado de Union, disse que o homem mora do outro lado da rua, em frente à igreja. Ele gritou palavras obscenas contra as pessoas, durante a reunião religiosa.
During an outside church service, a man started cursing at church members. Union Co. deputies sent to handle the disturbance say the man pulled out a knife on the law officials. After trying to talk to the man, and the use of a taser, the man was shot by a deputy -- he lived
Veja outros Tweets de Bria Bell
Os investigadores suspeitam que o homem estava chateado com o barulho do culto.
– Não sabemos exatamente por que ele estava chateado. Achamos que é barulho, mas não temos muita certeza – disse Underwood.
Homem foi baleado Foto: Union County Sheriff's Office, Monroe, NC
Restrições a reuniões internas e externas na Carolina do Norte durante a pandemia da Covid-19 não se aplicam às igrejas, segundo o site. No início do mês, um juiz federal derrubou os limites impostos pelo governador Roy Cooper sobre cultos em locais fechados. Líderes cristãos conservadores processaram o governador, argumentando que os limites violavam seus direitos de adorar livremente.
O site da igreja de Waxhaw informou que os fiéis podem participar dos cultos presencialmente, nas manhãs de domingo, ou por meio de uma transmissão. Ele planejava retomar a realização de serviços internos no próximo dia 31 de maio.
Para deter o homem, no último domingo, os policiais chegaram a lutar. Durante o confronto, um oficial acabou disparando com sua arma de serviço, ferindo o homem.

Homem armado interrompeu culto e acabou baleado por policiais Foto: Reprodução

Ana Luiza Menezes em pleno.news

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Presidente de Honra da Assembleia de Deus Ministério Vila Nova está internado com Covid-19 sua esposa morreu com covid-19 oramos

Jorge Branco de Gouveia, 80 anos, é avô do deputado estadual Rafael Gouveia e esposo da pastora Flávia Rodrigues de Gouveia, que morreu na noite desta terça-feira, 19, por insuficiência respiratória


O presidente de Honra da Assembleia de Deus Ministério Vila Nova, em Goiânia, pastor Jorge Branco de Gouveia, 80 anos, testou positivo para Covid-19 e está internado. A pastora Flávia Rodrigues de Gouveia, 84 anos, esposa do pastor Jorge Gouveia, morreu na noite desta terça-feira, 19, por insuficiência respiratória após diagnóstico de Covid-19.
Flávia também era mãe do pastor-presidente da Assembleia de Deus Ministério Vila Nova e ex-vereador, Josué Gouveia. Ele informou que devido à pandemia do coronavírus, o corpo de Flávia não foi velado e já foi sepultado.
Por
 JM Notícia

Pastora de Araguaína morre de Covid-19 aos 60 anos de idade

                 Segundo informações não haverá velório.
Pastora de Araguaína morre de Covid-19 aos 60 anos de idade
De acordo com o pastor Euvaldo Nascimento, a pastora deixou um legado de uma mulher guerreira, determinada, que amava e dava a vida pelas ovelhas da Casa do Senhor Jesus. “Ela deixa uma lacuna muito grande no nosso meio cristão de Araguaína -TO. Eu conheço ela há vários anos”, disse pastor Euvaldo Nascimento.

domingo, 24 de maio de 2020

Pr. Mário Rocha, do Voz da Verdade, morre de Covid-19

Mário era membro do ministério e morreu após ser infectado pela doença causada pelo coronavírus

Paulo Moura - 24/05/2020 13h03 | atualizado em 24/05/2020 13h05

Pastor Mário Rocha morreu após complicações da Covid-19
O pastor Mário Rocha, membro do Ministério Voz da Verdade, morreu na madrugada deste domingo (24) após sofrer complicações da Covid-19. Em uma homenagem feita ao pastor nas redes sociais, o ministério lamentou o falecimento e afirmou que ele era um “homem fiel, íntegro e com uma lealdade sem tamanho”.
– Nunca esqueceremos suas lindas mensagens e, nesse momento de dor e separação, pedimos ao nosso Deus que conforte sua família, Mário nos alimentava com suas maravilhosas pregações do evangelho, deixando um legado de honestidade, lealdade e submissão que estará sempre enraizado em nossos corações – escreveu o grupo.
Em sua conta no Instagram, a pastora Liliani Moyses, uma das líderes do ministério, também lamentou a morte de Mário e declarou que as pregações dele marcaram a vida de todos que conheceu.
– Vai fazer muita falta para nós, um servo de Deus fiel, leal ao ministério e igreja Voz da Verdade. Sempre podíamos contar com ele em tudo, sempre disposto à ajudar, pregações que marcaram nossas vidas. Um homem íntegro, de caráter, construiu uma família linda – escreveu.
O tecladista da banda Voz da Verdade, Evaristo Fernandes, também deixou sua homenagem ao pastor, e classificou o momento como “dor imensa”.
– Ele foi para mim um exemplo e seguirei este exemplo. Dor imensa… Pr. Mário Rocha. Humildade, Sabedoria… Saudade – escreveu.
Fonte pleno.news

Ao Vivo Da Brasília