terça-feira, 24 de maio de 2011

Israel estaria disposto a assumir "compromissos dolorosos" em nome da paz, diz primeiro-ministro

Em discurso no Congresso dos Estados Unidos, Benjamin Netanyahu disse que algumas colônias ficarão fora de Israel após um acordo de paz com palestinos

Netanyahu discursou nesta terça-feira no Congresso dos Estados Unidos
Foto:Saul Loeb / AFP

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse nesta terça-feira que Israel nunca deixará de buscar a paz no Oriente Médio, e que o país está disposto a assumir "compromissos dolorosos" para alcançá-la, durante um discurso no Congresso dos Estados Unidos.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse nesta terça-feira que Israel nunca deixará de buscar a paz no Oriente Médio, e que o país está disposto a assumir "compromissos dolorosos" para alcançá-la, durante um discurso no Congresso dos Estados Unidos.

— Os acordos de paz entre Israel, Egito e Jordânia são vitais, mas não suficientes. Temos que encontrar uma forma de forjar a paz duradoura com os palestinos — disse Netanyahu. — Estou disposto a assumir compromissos dolorosos para alcançar esta paz histórica. Como líder de Israel, é minha responsabilidade guiar meu povo no caminho da paz — emendou.

No entanto, advertiu que as negociações para chegar a um acordo de paz haviam fracassado nas últimas décadas porque os palestinos não estavam dispostos a aceitar um Estado judeu.

— Os senhores veem, nosso conflito nunca foi acerca da criação de um Estado palestino — insistiu Netanyahu. — Sempre foi pela existência do Estado judeu — acrescentou.


Algumas colônias ficarão fora de Israel após um acordo de paz, diz primeiro-ministro

Netanyahu também advertiu nesta terça-feira que alguns assentamentos judeus ficarão fora das fronteiras de Israel em um futuro acordo de paz com os palestinos.

— O status dos assentamentos será decidido apenas nas negociações, mas também temos que ser honestos. Assim, hoje estou dizendo algo que todos aqueles que são sérios sobre a paz têm que dizer publicamente — disse aos legisladores americanos. — Em qualquer acordo de paz real, em qualquer acordo de paz que ponha fim ao conflito, alguns assentamentos ficarão fora das fronteiras de Israel — afirmou.


AFP, fonte zéro hora

a palavra de Deus diz,pois quando estiverem dizendo: Paz e segurança! então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão.
Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que aquele dia, como ladrão, vos surpreenda;
1 Tessalonicenses 5:3

Nenhum comentário:

Postar um comentário