quinta-feira, 19 de maio de 2011

Prefeito sanciona hoje avenida do Centenário



Dalcídio Jurandi agora é avenida do Centenário e Laércio Barbalho (Foto: Eliseu Dias/ Agência Pará)
O prefeito Duciomar Costa sanciona, nesta terça-feira (17), a Lei nº 8.808, que dá o nome de avenida Centenário à atual Dalcídio Jurandir, uma das principais vias da capital. A medida é uma homenagem à igreja Assembleia de Deus, que completa cem anos de fundação no Pará. A Igreja, originada em Belém, é a maior comunidade evangélica do Brasil, com cerca de 20 milhões de membros e ainda está presente em 176 países.

A Lei nº 8.808 foi aprovada por unanimidade pelos vereadores da Câmara Municipal de Belém. Com a homologação da emenda, a Dalcídio Jurandir, no trecho que liga as avenidas Júlio Cesar e Augusto Montenegro, passa a se chamar avenida Centenário da Assembleia de Deus. O outro trecho que segue para o município de Ananindeua será denominado Jornalista Laércio Barbalho, no lugar de Independência.

A cerimônia de homologação acontece no Centro de Convenções Centenário, antigo Vale da Benção, na Avenida Augusto Montenegro. O evento contará com a presença de autoridades municipais e da comunidade evangélica paraense.
HISTÓRIA

A Assembleia de Deus nasceu de um movimento nos Estados Unidos, chamado de pentecostal. Contagiados pela doutrina, dois jovens missionários suecos residentes naquele país, Daniel Berg e Gunnar Vingren, receberam como missão pregar o evangelho no Pará. Em 1910, em Belém, inicialmente se integraram à Primeira Igreja Batista do Pará, mas sentiram a necessidade de tomar um novo rumo. Um ano depois, em 1911, o grupo fundou a Assembleia de Deus, chamada por sete anos de Missão da Fé Apostólica.

LEI 8.808/2011

É a lei municipal que altera o nome da avenida Dalcídio Jurandir para avenida do Centenário, e que foi aprovada por unanimidade pelos vereadores de Belém.

COMEMORAÇÃO

2011 marca as comemorações do centenário da igreja Assembleia de Deus, que foi criada no Pará por dois suecos.
(Diário do Pará)
diario online

Nenhum comentário:

Postar um comentário