terça-feira, 7 de junho de 2011

Asia Bibi tem melhora em sua saúde




Asia Bibi é a primeira mulher condenada a execução
Saiba mais sobre a Igreja Perseguida no Paquistão
PAQUISTÃO (11º) - Um grupo cristão britânico revelou que Asia Bibi, 45 anos – mãe paquistanesa que foi condenada à morte por blasfêmia sob a lei do Paquistão – está agora em bom estado de saúde, mas a família dela precisa de mais apoio.

Os britânicos da Associação Cristã Paquistanesa, liderada por Wilson e Chowdhry Juliet, dizem em uma mensagem aos seus parceiros: “Muitos dos nossos leitores pediram uma atualização sobre a situação de Asia Bibi, a corajosa mulher de fé que se tornou um emblema para a igualdade, liberdade e o movimento de justiça do Paquistão.”

“Asia é mãe de cinco crianças, sendo uma deficiente, e foi sentenciada a dois anos de prisão e condenada a morte sob acusação de blasfêmia. Asia não tem visto seus filhos durante esse período, devido a uma potencial ameaça à segurança das crianças.”

A mensagem continua dizendo que eles estão trabalhando em cooperação com um grupo chamado Minority Coverage Foudation (MCF), em Lahore, e acrescentou: “Temos conseguido obter relatórios completos.”

Ele disse que o presidente da MCF, Emanuel Gulzar, respondeu a uma série de questões que lhe foram feitas. Gulzar começou dizendo: “Asia está com boa saúde e acredita que Deus vai salvá-la, mas afirmou que não sentirá nenhum remorso se sua vida for tomada em nome de Deus.”

Em uma declaração franca, Gulzar afirmou que, no início do período, muitas pessoas e organizações locais ofereceram ajuda e apoio à família de Asia. Ele acredita que a assistência diminuiu significativamente, pois houve insinuações de medo de represálias.

“Existe uma grande necessidade de apoio para esta família. Estamos reabrindo nosso fundo para ajudar esta família.”

Asia Bibi está presa na ala feminina da penitenciária de Sheikhupura e vem sofrendo constantes ameaças de extremistas islâmicos. Ainda assim, sua fé permanece forte e ela não perdeu a esperança de ser libertada em breve.


Tradução: Lucas Gregório



Fonte: Persecution

missão portas abertas

Nenhum comentário:

Postar um comentário