sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A ocupação e a pressa


Um famoso psicólogo disse uma vez:
“As ocupações e a pressa não provêm do diabo. São o diabo”.
Embora não concorde com psicólogos seculares e essa frase tenha o seu erro, há um ensinamento a ser tirado dela. 

Um dos grandes ataques do inimigo é manter-te:
ocupado,  apressado, confuso, distraído...
Um dos grandes ataques do inimigo é: 
encher o povo de Deus, a Igreja de Deus,
com tanta confusão e atividade, de forma:
-que não sobre mais tempo para a oração,
-que não sobre mais tempo para ficar a sós com Deus,
-que não sobre mais tempo para o silêncio e meditação na Palavra...
Paul Washer

Reflita:
Como está o seu dia? 
Ainda tem um tempo para Deus?
Ou restaram apenas as ocupações, a pressa e a confusão?

Nenhum comentário:

Postar um comentário