segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Mulher mata os pais por causa de dívida de dízimos atrasados


A estudante Lineusa Rodrigues da Silva, de 24 anos, foi acusada de assassinar em 2010, os pais adotivos com golpes de machado, serrote e pauladas, por causa de uma dívida relativa a dízimos atrasados.

Os pais, Lourival Rodrigues da Silva, de 85 anos e a mãe, Joana Borges da Silva, de 104, que vivia imobilizada numa cadeira de rodas, foram assassinados com requintes de crueldade por se recusarem a dar dinheiro para que Lineusa pagasse a dívida dos dízimos. Seus corpos estavam irreconhecíveis na cena do crime.
A delegada da cidade de Timon, no Maranhão, responsável pelo caso, Wládia Holanda da Silva, afirmou o assassinato foi planejado, e a indiciou a acusada por assassinato qualificado: “Em toda a minha experiência como delegada nunca tinha visto nada parecido. Foi um crime provocado por fanatismo religioso” afirmou a delegada, que quase foi agredida por Lineusa a cabeçadas.

A filha biológica do casal assassinado, Francisca Oliveira da Cruz, seus pais haviam adotado Lineusa quando ela tinha apenas cinco meses. Segundo o jornal Meio Norte, Francisca temia que uma tragédia acontecesse devido ao fanatismo religioso da acusada: “Nós últimos meses essas discussões com ela exigindo dinheiro deles aumentaram e eu temia que isso terminasse acontecendo”. Francisca afirmou que a irmã adotiva tinha problemas mentais. Em depoimento, Lineusa assumiu a responsabilidade pelos crimes e justificou: “Eu fiz por Deus”.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário