terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Cristãos indianos são alvos de violentos ataques no país



Polícia foi chamada até o local e detiveram o pastor e outros cristãos


Cristãos indianos foram alvos de 140 ataques de violência em 2011, incluindo assassinatos, assaltos, ataques com fogo e destruição de propriedades.

A Congregação Evangélica da Índia (EFI, sigla em inglês), registrou os ataques anticristãos em seu relatório anual de perseguição.

O secretário-geral Reverendo Dr. Richard Howell afirmou: “A comunidade crista na Índia continua a sofrer em nome do serviço e testemunho pelo Senhor Jesus. Com 140 incidentes mais graves contra a comunidade em 2011, têm-se como pontos principais os direitos das minorias e a liberdade religiosa”.

Muitos dos incidentes envolvem a violência por parte dos extremistas hindus que acusam os cristãos locais de converteras pessoas forçadamente. Geralmente, as autoridades, ao invés de rastrear os agressores, tomam medidas contra os cristãos.

O Estado de Karnataka, localizado na região Sul, foi o mais afetado e 49 ataques foram registrados nessa região.

Em um dos incidentes, cerca de 20 hindus extremistas interromperam um culto de Domingo que acontecia na casa de um cristão em Bagalkot, Mudhol, no dia 21 de agosto. Eles atacaram a congregação e violaram o pão e o vinho da comunhão.

Eles bateram no pastor acertando-o no rosto e perdendo um dente, arrastaram-no para o lado de fora da casa e o prenderam a uma árvore. A polícia foi chamada até o local e detiveram o pastor e outros cristãos. O pastor foi acusado posteriormente.


Fonte: Portas Abertas

Nenhum comentário:

Postar um comentário