sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Pastor morre no púlpito após concluir sermão

Lider de megaigreja morreu “fazendo o que ele mais amava”, dizem amigos

O bispo Barnett K. Thoroughgood terminou de pregar o sermão de domingo em sua igreja, intitulado “Estou aqui para batalhar”, sentou na cadeira que ficava na plataforma e caiu morto.

Os membros Igreja de Deus em Cristo Nova Jerusalém oravam e choravam ao perceber a situação e viram os paramédicos tentarem reanimar o pastor de 62 anos, mas sem sucesso.

“Ele morreu fazendo o que mais amava”, disse Mable Beckett


membro da igreja. Ela conhecia bem o pastor e disse ainda: “Ele viveu para o seu chamado até o final”.

Thoroughgood fundou a igreja Nova Jerusalém cerca de 42 anos atrás. Hoje ela possui mais de 2.000 membros.

O bispo era conhecido por suas mensagens de fogo, cheias de energia. O último sermão de Thoroughgood foi baseado em 2 Crônicas 20:12, exortando os fiéis a manter os olhos em Deus e o invocar nos momentos de necessidade.

“Você deve viver e não morrer”, disse ele no encerramento da mensagem.

Desde sua morte, centenas de mensagens foram enviadas para a página da igreja no Facebook. Emmanuel, filho do pastor, comentou que “este não é um tempo para chorar ou ficar chateado”, mas em vez disso “devemos louvar”.

As circunstâncias da morte de Thoroughgood chamaram a atenção de várias pessoas, incluindo artistas. Cantores de hip-hop como Missy Elliot, Pharrell Williams e Timbaland frequentam a Nova Jerusalém.

Timbaland twittou às centenas de milhares de seguidores, “Descanse em paz meu pastor, um verdadeiro anjo: Bispo Barnett K Thoroughgood.” Até o cantor Justin Bieber, conhecido pela sua fé, comentou o ocorrido.

Durante um programa de TV, Thoroughgood explicava que “Estar em um bairro de baixa renda nos apresenta muitas demandas. Não estamos interessados ​​em manter as pessoas nesse nível”, acrescentou. “Estamos interessados ​​ não só em mostrar-lhes Cristo, mas também os benefícios de estarem ligados a Cristo.”

Traduzido e adaptado de CBN


fonte: gospel prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário