segunda-feira, 7 de maio de 2012

PT deve evitar debate religioso durante as campanhas eleitorais

Em reunião entre os líderes do Partido dos Trabalhadores (PT) ficou decidido que assuntos religiosos não devem entrar na campanha eleitoral desde ano.

A cúpula está preocupada que as campanhas municipais sejam dominadas com temas religiosos como o aborto que definiu o segundo turno das eleições de 2010. “A religião não pode ir para o embate político, isso é muito ruim, muito perigoso. Não devemos instigar a disputa religiosa em processo eleitoral”, disse o deputado Estadual Edinho Silva.

Nessa reunião com líderes do PT eles discutiram sobre as recentes declarações do candidato José Serra (PSDB) ao programa Amaury Jr., da Rede TV!, que garantiu ser legítima a participação de religiosos durante o debate eleitoral. “Religião é de foro íntimo e pessoal. Trazer uma questão tão pessoal, tão subjetiva, eu penso que é um retrocesso democrático”, disse o deputado petista.

Rui Falcão, presidente nacional do PT também não quer que assuntos religiosos entrem nessa campanha, o vereador Antonio Donato, coordenador da campanha de Fernando Haddad, candidato do PT para a prefeitura de São Paulo também quer evitar temas ligados à religião.

“A campanha do PT vai atingir a cidade, é isso que o cidadão quer discutir. Talvez o (ex) governador Serra queira fugir de um assunto que é difícil defender, que é a gestão Kassab, e busque outros temas”, disse ele alfinetando o candidato do PSDB que já fez alianças com alguns líderes religiosos.


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/pt-deve-evitar-debate-religioso-durante-as-campanhas-eleitorais/#ixzz1uCaJCEbP

Nenhum comentário:

Postar um comentário