quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Suspeito de matar Maiara Köhler é levado ao Presídio Estadual

Como não possui curso superior completo, jovem não terá direito a cela especial
Foto: Diego Vilela
Bernardo Bubolz Böhm, 19 anos, foi preso em casa na tarde desta terça

A Polícia Civil de Canguçu cumpriu mandado de prisão preventiva no final da tarde desta terça-feira (4). A ação expedida pelo Poder Judiciário ocorreu no bairro Triângulo, na casa de Bernardo Bubolz Böhm, 19 anos.

O estudante do curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) é suspeito de ter matado Maiara Köhler por estrangulamento na noite de 7 de julho.

Sem mostrar reação, o jovem estava acompanhado do advogado da família e do pai, o também advogado Arivando Böhm. Por volta das 17h30, ele foi encaminhado ao Presídio Estadual de Canguçu, onde permanecerá por tempo indeterminado.

Como não possui curso superior completo, não terá direito a cela especial.

Durante os quase dois meses de investigação, Bernardo foi ouvido duas vezes pela Polícia Civil. Em ambas oportunidades ele negou o crime, que teria sido cometido com fios entrelaçados no pescoço da vítima.


Fonte; www.canguçuonline.com.br

http://www.cangucuonline.com.br/index.php?menu=noticia&categoria=49&noticia=4610





 

Nenhum comentário:

Postar um comentário