terça-feira, 16 de outubro de 2012

Senador defende pena de morte para crianças rebeldes

Charlie Fuqua acredita que se uma criança for condenada servirá de exemplo para que outros filhos sejam mais obedientes

Senador defende pena de morte para crianças rebeldes                                                             por Leiliane Roberta Lopes   
Senador defende pena de morte para crianças rebeldes
                        
O senador americano Charlie Fuqua, do Partido Republicano, está tentando a reeleição pelo estado de Arkansas, mas suas ideias radicais estão chamando a atenção da população e da mídia local.

O jornal Arkansas Times publicou que Fuqua anda defendendo a pena de morte para crianças rebeldes e diz que há base bíblica para esta ideia.

“As crianças que não respeitam seus pais devem ser removidas permanentemente da sociedade”, diz ele que afirma que os pais poderiam acusar seus filhos de rebeldia e recorrer à Justiça para que eles fossem mortos. Diante deste pedido o tribunal avaliaria a denúncia e decidiria condenar ou não.

Mas ele sabe que muitos pais não seriam capazes de “desistir” de seus filhos e que a lei seria apenas um método pedagógico de dissuadir jovens a não desafiarem seus pais e a se comportarem da maneira adequada.

Ainda de acordo com Fuqua, se uma criança chegar a ser condenada à pena de morte, o seu caso servirá de exemplo para que outros jovens não sejam rebeldes.

Essas ideias estão descritas no livro escrito pelo próprio senador que também defende outros projetos bastante polêmicos, como proibir o aborto em qualquer circunstância, preservar o direito de

http://noticias.gospelprime.com.br/senador-defende-pena-de-morte-para-criancas-rebeldes/

Nenhum comentário:

Postar um comentário