sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Justiça recusa pedido do Ministério Público para retirar a frase “Deus seja louvado” das notas do Real

Justiça recusa pedido do Ministério Público para retirar a frase “Deus seja louvado” das notas do Real
A 7ª Vara da Justiça em São Paulo negou o pedido feito pelo Ministério Público, através do procurador regional dos direitos do cidadão Jefferson Aparecido Dias, para a retirada da frase “Deus seja louvado” das cédulas do Real.
Na decisão, a justiça pontuou que a menção a Deus nas “cédulas monetárias não parece ser um direcionamento estatal na vida do indivíduo que o obrigue a adotar ou não determinada crença”. A informação foi divulgada no site de notícias do Ministério do Planejamento.
Entre os argumentos manifestos na decisão, a justiça pontua que a retirada da frase nas cédulas do Real poderia gerar “intranquilidade” na sociedade, além de custar R$ 12 milhões aos cofres públicos, devido à necessidade de mudança no layout, recolhimento e reimpressão de notas.
Ouvido pela justiça, o procurador-geral do Banco Central, Isaac Sidney Menezes Ferreira, afirmou que “é possível perceber, de forma suficientemente clara, que a expressão que se pretende extirpar das cédulas de real, em boa verdade, emprega a palavra Deus em sentido amplíssimo”, e que “a ideia da sentença é justamente louvar entidade espiritual superior, nominada, pelas mais diversas religiões, de ‘Deus’, e não afirmar a existência ou negar a existência dessa entidade”.
O juiz do caso entendeu que “a alegação de afronta à liberdade religiosa não veio acompanhada de dados concretos, colhidos junto à sociedade, que denotassem um incômodo com a expressão ‘Deus’ no papel-moeda”, segundo informações do portal R7. A decisão da 7ª Vara da Justiça é provisória, e o Ministério Público poderá recorrer da sentença ao Tribunal Regional Federal.
A expressão “Deus seja louvado” nas cédulas da moeda nacional existe há 26 anos, desde 26 de junho de 1986. Em 1994, época da implementação do Plano Real, o então ministro da fazenda, Fernando Henrique Cardoso, soube dos planos do Banco Central de retirar a frase e ordenou que fosse realizados “estudos necessários para que a expressão fosse restabelecida”. O BC acatou a ordem e em 8 de junho de 1994 restabeleceu a frase nas cédulas da moeda.
Com a divulgação da polêmica ação do Ministério Público de São Paulo, diversas lideranças cristãs se manifestaram contra a iniciativa, e questionaram se o procurador Jefferson Aparecido Dias não teria “preocupação com lides de maior importância”.
O pastor e deputado federal Marco Feliciano prometeu à época, apresentar um projeto de lei proibindo a retirada da frase das cédulas.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Polêmicas: pregador compara Barack Obama a Adolf Hitler e artista pinta o presidente crucificado

Polêmicas: pregador compara Barack Obama a Adolf Hitler e artista pinta o presidente crucificado
O pregador Christopher Hudson, que ganhou notoriedade na mídia após realizar uma entrevista com o ator Angus T. Jones, que interpreta o personagem Jake na série Two And A Half Man, é o mais novo centro de polêmica nos Estados Unidos.
Hudson aparece numa série de programas chamada Forerunner Chronicles abordando diversas teorias conspiratórias, como por exemplo, a especulação de que a carreira da cantora Beyoncé foi planejada para afastar as pessoas do evangelho.
Numa dessas teorias apresentadas pelo pregador, está a afirmação de que o Plano Nacional de Saúde, implementado pelo presidente Barack Obama nos Estados Unidos seria uma cópia do plano nazista de Adolf Hitler.
A comparação de Obama com o ditador nazista vem acompanhada ainda da suposição de que um ataque terrorista com gás poderia desencadear numa epidemia que transformaria os cidadãos em canibais, de acordo com informações do Huffington Post.
As polêmicas revelações a respeito do apresentador que comparou o presidente Barack Obama a Hitler, vieram acompanhadas de uma polêmica adicional: um artista norte-americano retratou Obama como Jesus crucificado, segundo informações do site Bostlno.
A representação aconteceu através de uma pintura, que não mostra a cruz, mas conta com uma coroa de espinhos na cabeça do presidente, que está de braços abertos, empurrando as cortinas da Casa Branca para revelar o selo presidencial dos Estados Unidos.
O tema da exposição em que a peça foi revelada é “Artistas no Toco: o caminho para a Casa Branca 2012. Veja a polêmica imagem abaixo:
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Professores são proibidos de mencionar o nome de Jesus Cristo às crianças na Suécia durante Natal


Professores são proibidos de mencionar o nome de Jesus Cristo às crianças na Suécia durante Natal
O governo da Suécia divulgou recentemente uma resolução aos professores do país proibindo a menção ao nome de Jesus Cristo. O comunicado é referente às visitas a igrejas durante a época das festividades de fim de ano, sobretudo o Natal.
Ensinar as crianças sobre o Advento, tempo litúrgico que antecedem o Natal, observado pelas Igrejas católica e ortodoxa, bem como muitas denominações protestantes, é parte do currículo nacional, mas as lições sobre ele, mesmo aqueles que incluem serviços de igreja reais, não pode incluir qualquer oração, bênçãos ou declarações de fé.
De acordo com o comunicado, os professores podem levar os alunos durante a época de Natal nas igrejas, mas Jesus não pode ser mencionado. A resolução causou polêmica entre cristãos, como o blog português “perspectivas”, que declarou que isso seria o mesmo que “crianças portuguesas visitassem as caves do vinho do Porto, em Gaia, e os professores fossem proibidos pelo governo de falar em uvas”.
O governo informou ainda que “a oração, bênçãos ou declarações de fé” são proibidos, segundo informações do The Chiristian Institute, que mencionou também que em 2011 mais de três milhões de calendários escolares distribuídos pela União Europeia não traziam nenhuma referência ao feriado cristão, apesar de trazer referências a muçulmanos, hindus, sikhs e festividades chinesas;
Por Dan Martins, para o Gospel+

Igreja Católica na Itália vende perdão de pecados por 16 dólares por causa do “fim do mundo”, afirma site

Igreja Católica na Itália vende perdão de pecados por 16 dólares por causa do “fim do mundo”, afirma site
O dia 21 de dezembro de 2012 ficou sendo conhecido no mundo todo como a data do fim do mundo no calendário maia. As especulações e superstições em torno da data têm feito surgir vários fatos curiosos, e o último deles é a suposta venda de indulgências pela Igreja Católica através da internet.
Segundo o portal Russia Today, a Igreja Católica de Assis na Itália estaria vendendo o perdão de pecados através de um site russo pelo valor de 500 Rúbios, o equivalente a US$ 16.
-Segundo as previsões, o mundo está chegando ao fim. Mas não fique aflito. O perdão dos pecados foi organizado pela Igreja Católica de Assis, na região de Umbria da Itália, na província de Perugia, na encosta sul do Monte Subasio, elevando-se muito acima do afluente pitoresca do rio Tibre: Chiascio – diz o anúncio, segundo o site russo.
- O que representa as absolvições? Este é o primeiro passo no caminho para Deus. O adquirente da indulgencia começa a fazer o bem, porque o dinheiro da venda ao longo dos séculos será doado a instituições de caridade – diz o anúncio.
A noticia está sendo divulgada em meios de comunicações e rede sociais pelo mundo inteiro, mas não houve nenhum pronunciamento oficial da Igreja ou do Vaticano sobre o fato.
Por Dan Martins, para o Gospel+

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Adolescente deixa igreja evangélica e põe virgindade à venda para ajudar no tratamento de saúde da mãe. Assista


Adolescente deixa igreja evangélica e põe virgindade à venda para ajudar no tratamento de saúde da mãe. AssistaA condição de saúde da mãe levou uma adolescente evangélica a oferecer a virgindade em leilão na internet. Rebeca Bernardo Ribeiro, 18 anos, teve a ideia após ver a iniciativa da jovem catarinense Ingrid Migliorini, que através de um reality show internacional, conseguiu R$ 1,5 milhão por sua virgindade.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Segundo Rebeca, sua mãe é aposentada por invalidez devido a um AVC (acidente vascular cerebral) sofrido há quatro anos, o que resultou em graves sequelas, como por exemplo, a dificuldade de se alimentar e falar, além da incapacidade de tomar banho sozinha.

-Eu vi o vídeo da Catarina (Ingrid), vi a coragem dela de não ter medo de ser julgada, não nego que vi o quanto ela conseguiu adquirir e pensei em quanto posso adquirir e mudar minha vida. Eu estava passando muita dificuldade, até para conseguir ajuda para comprar remédios, marcar exames. A gente vive com um salário mínimo. Até já tentei trabalhar, mas aqui na cidade paga pouco. Só consegui ganhar R$ 40, R$ 100 por trabalho um mês inteiro. Não faz diferença esse dinheiro porque teria que pagar uma pessoa para cuidar da minha mãe – relatou ao G1.

Segundo a jovem, a repercussão de sua iniciativa foi vista com maus olhos pelos vizinhos, e ela desistiu do leilão por medo de represálias: “Tirei do ar logo porque eu não estava podendo frequentar a rua, tinha medo do que as pessoas poderiam fazer”, conta ela, que ainda estuda e atualmente cursa o 2º ano do Ensino Médio.

A jovem conta que deixou de frequentar a igreja desde que a condição de saúde de sua mãe foi prejudicada, mas que não tem sido criticada pelos amigos por isso: “Eles não concordam, mas também não me deixam de lado. Acham que eu não preciso ser julgada e sim aconselhada e apoiada”.

Segundo Rebeca, ao publicar o vídeo, recebeu uma proposta de R$ 70 mil de um empresário baiano, e uma oferta de um estrangeiro, que chegou a oferecer R$ 6 milhões. Entretanto, perante a repercussão, ela resolveu mudar de ideia e desistir do leilão.

Confira o vídeo em que Rebeca anunciou o leilão de sua virgindade:

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Pastor Terry Jones e outros sete cristãos são condenados à morte por tribunal egípcio


Pastor Terry Jones e outros sete cristãos são condenados à morte por tribunal egípcioO pastor Terry Jones e outros sete cristãos egípcios foram condenados à morte por um tribunal na cidade de Cairo, capital do Egito.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A condenação se deu por conta da polêmica envolvendo o filme “A Inocência dos Muçulmanos”, que foi considerado ofensivo ao islamismo e desencadeou inúmeros protestos.

O julgamento aconteceu à revelia, que significa que a sentença foi expedida sem que os acusados fossem ouvidos no tribunal. Os sete egípcios vivem nos Estados Unidos, e o pastor Jones é líder de uma igreja na Flórida. “As sete pessoas acusadas foram condenadas por insultos à religião islâmica através da participação na produção e distribuição de um filme que insulta o islã e seu profeta”, declarou o juiz Saif al-Nasr Soliman, segundo informações do Terra.

Normalmente, os tribunais egípcios evitam as penas máximas, e enviam suas decisões para o representante máximo islâmico, que define se a pena é adequada ou não. Neste caso, o tribunal entendeu que a ofensa havia sido grave e a pena máxima era a mais adequada.

Entre os condenados pelo tribunal egípcio está Nakoula Bassely Nakoula,que está numa prisão em Los Angeles, cumprindo pena por violação da liberdade condicional.

No filme em questão, o profeta Maomé é retratado como um louco pervertido sexual e essa abordagem provocou inúmeros protestos, incluindo as manifestações em Benghazi, na Líbia, que resultaram no assassinato do embaixador norte-americano no país

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Jamie Foxx chama o presidente Obama de “nosso senhor e salvador” e causa polêmica entre cristãos


Jamie Foxx chama o presidente Obama de “nosso senhor e salvador” e causa polêmica entre cristãosO ator norte americano Jamie Foxx causou polêmica entre grupos cristãos por se referir ao presidente dos Estados unidos, Barack Obama, como “nosso senhor e salvador”, durante a festa de premiação do “Soul Train Music Awards”. A declaração do ator causou revolta entre cristãos por se tratar de um termo usado para se referir a Jesus Cristo.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
- É como se aqui fosse uma igreja. Primeiro de tudo, eu dou a honra a Deus e a nosso Senhor e Salvador, Barack Obama – declarou Foxx ao subir no palco do evento, segundo o The Huffington Post.

Exibida no último domingo, a premiação foi gravada em Las Vegas poucos dias após a reeleição do presidente americano.

O presidente da Liga Católica para Direitos Religiosos e Civis dos Estados Unidos, Bill Donahue, que é também um dos maiores críticos do governo de Obama, afirmou que chamar o presidente de “senhor e salvador” é algo alarmante. Donohue lembrou ainda que em 2011, o ator afirmou não saber o que Deus significava para ele, ao ser questionado sobre o assunto durante uma entrevista.

No lado oposto das opiniões, a comentarista da Fox News Mary Walter afirmou que as declarações do ator podem ajudar a trazer de volta a confiança no governo.

- Quem é superior intelectualmente não precisa da muleta da religião – declarou Walter, que disse ainda se tratar de uma “religião social em oposição a uma religião da igreja, porque se o governo dá-lhe tudo, o governo se torna a sua religião, e ele é o nosso líder”.

Por Dan Martins, para o Gospel+

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Magno Malta visita missionários presos no Senegal

Senador disse que Brasil e Senegal vivem uma ‘crise política’
Magno Malta visita missionários presos no Senegal
Magno Malta visita missionários presos no SenegalOs missionários, José Dilson da Silva e Zeneide Novaes, receberam a visita do senador Magno Malta acompanhado dos deputados federais, Paulo Freire e Roberta Fonseca. A comitiva esteve na carceragem de Mbour, na África para ouvir a versão dos missionários presbiterianos sobre as acusações que mantem ambos presos.

José Dilson e Zeneide Novaes estão presos no Senegal há 15 dias sob acusação de recolher menores de ruas sem autorização do governo do Senegal. Eles foram presos no final de outubro por estarem evangelizando crianças muçulmanas.

Os missionários são membros do projeto assistencial Obadias, que retira menores de ruas em total estado de pobreza. Por telefone, Malta revelou que não há nenhum crime que possa manter os brasileiros presos, mas uma negligência do advogado que não registrou devidamente o estatuto do projeto evangélico na África.

“É difícil segurar lagrimas. São inocentes presos no cumprimento de uma nobre missão de paz”, disse Magno.

Pastor José Dilson e a missionária Zeneide foram ouvidos na presença do diretor do presídio. Ambos negaram o ter convertido um menor de idade ao cristianismo. “Com absoluta certeza, a questão religiosa é o motivo principal da prisão, já que a denúncia foi feita por um pai mulçumano”, explicou Magno.

Senador Malta também ficou estarrecido com as condições do presídio de Thiés, que tem capacidade para 400 presos e tem mais de 1200.

“Trata-se de uma crise política religiosa entre os Brasil e Senegal, mas a comitiva brasileira não deve colocar mais lenha na fogueira e buscar esperança no parlamento que será visitado nesta sexta-feira. A comoção entre os cristão em todo o mundo é grande e temos a responsabilidade de tirar os acusados da cadeia”, finalizou Magno Malta.

por Michael Caceres   

http://noticias.gospelprime.com.br/magno-malta-visita-missionarios-presos-no-senegal/


Presidente de Uganda faz oração entregando seu país nas mãos de Deus

Ele também ora pedindo perdão pelos pecados que tem prejudicado a nação
Presidente de Uganda faz oração entregando seu país nas mãos de Deus
Presidente de Uganda faz oração entregando seu país nas mãos de DeusO presidente da Uganda, Yoweri Museveni, fez um discurso diferente durante a comemoração dos 50 anos de independência de seu país. A fala do líder político foi uma oração com pedidos de perdão pelos pecados da nação e uma oração colocando o país nas mãos de Deus.

A festa aconteceu no dia 9 de outubro, mas só agora os sites de notícias tiveram acesso e começaram a comentar o caso. Alguns blogs chegaram a questionar líderes religiosos para comentar o caso tão atípico.

Museveni chegou a pedir perdão pelo passado da Uganda, dizendo que estava ali para “encerrar o passado de malignidade”. “Confessamos esses pecados, que têm causado grandes impedimentos para nossa harmonia nacional e atrasos para nossa transformação política, social e econômica. Confessamos os pecados de idolatria e bruxaria que são abundantes em nosso país”.

Outros pecados foram citados pelo político, incluindo o orgulho, tribalismo, sectarismo, preguiça, indiferença, corrupção, imoralidade sexual e outros.

“Queremos dedicar esta nação a ti de modo que tu sejas o nosso Deus e guia. Queremos que Uganda seja conhecida como uma nação que teme a Deus e como uma nação cujos alicerces estão firmemente enraizados na justiça para cumprir o que a Bíblia diz no Salmo 33:12: ‘Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR, o povo que Ele escolheu para lhe pertencer!’”.

Entre os pastores que comentaram a declaração do presidente da Uganda está o reverendo Scott Lively que disse que Museveni fez uma oração que serve de exemplo para outros políticos.
“A oração de Museveni é um modelo para todos os líderes cristãos no mundo inteiro. O declínio dos líderes do Ocidente está ocorrendo em proporção ao grau de rejeição que eles demonstram a Deus”, disse Scott.

O reverendo Lively apoia o governo da Uganda no processo que criminaliza a conduta homossexual. O Parlamento deve votar até o final do ano sobre as sentenças de prisão para atos homossexuais tanto para quem pratica como para os que promovem. Traduzido de God Discussion.

por Leiliane Roberta Lopes   
http://noticias.gospelprime.com.br/presidente-de-uganda-faz-oracao-entregando-seu-pais-nas-maos-de-deus/

Boicote evangélico? Ibope de Salve Jorge continua caindo

Ibope da novela global não consegue o mesmo sucesso do folhetim anterior.
Boicote evangélico? Ibope de Salve Jorge continua caindo
Boicote evangélico? Ibope de Salve Jorge continua caindoCríticos da TV comentam a baixa audiência da novela Salve Jorge, mesmo com média de 30 pontos no ibope a novela das 21h da Rede Globo em alguns dias marca apenas metade do que a anterior, Avenida Brasil, marcava.

Um dos piores índices foi aferido no dia 20 de novembro quando a novela de Glória Perez marcou apenas 23 pontos. O jornalista Lauro Jardim da revista Veja escreveu em sua coluna que a emissora poderia criar uma campanha intitulada “Salvem Salve Jorge” para tentar recuperar a audiência do horário.

Na coluna F5, da Folha de São Paulo, os baixos índices ganham algumas justificativas como os temas repetidos sobre amor proibido entre pessoas de classes sociais e também ao fato da novela estar ambientalizada no Complexo do Alemão, ao contrário da novela anterior que ganhou um bairro fictício, que apesar de representar um subúrbio mostrava uma vizinhança feliz e sem pobreza.

Apesar de não haver provas, o boicote promovido por evangélicos também pode estar influenciando os baixos números do ibope. Desde o lançamento da novela em outubro a trama tem despertado polêmica entre religiosos.

Edir Macedo colocou a reprise da minissérie Rei Davi para tentar competir com a novela das 21h, mas a audiência da Record não passa de 10 pontos.

Outro líder evangélico que pediu para que os evangélicos não assistissem ao folhetim foi Silas Malafaia que resolveu responder a uma crítica da autora. “Vou ser curto e grosso! Acho que evangélicos não devem assistir novelas para não ampliar a voz dos imbecis que as escrevem!”, disse ele depois de ouvir Glória Perez chamando os evangélicos de imbecis.

Autora se estressa com evangélicos no Twitter

Através do Twitter a autora de Salve Jorge recebe varias críticas, muitas vindas de evangélicos que aproveitam as redes sociais para tentar mostrar sua indignação com o tema da novela.

Semanas atrás Glória Perez não gostou das mensagens que estava recebendo desse público e acabou criticando a forma autoritária como muitos evangélicos se comportam nas redes sociais querendo impor suas crenças aos demais.

“Saco esses fundamentalistas daqui: sou católica sim, dāo licença, aiatolás? Nem Jesus teve paciência, expulsou a chicote os vendilhões do templo”, escreveu.

Um dia depois a autora foi incomodada mais uma vez e precisou bloquear alguns usuários. “Tem um povinho chaaaato querendo proibir a gente de ser católico, de torcer pelo Corinthians… Só Jesus na causa! affff!”.

por Leiliane Roberta Lopes   

http://noticias.gospelprime.com.br/boicote-evangelico-salve-jorge-ibope/

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Pastora e mais 7 fieis de igreja evangélica morrem em acidente na Venezuela

Pastora e mais 7 fieis de igreja evangélica morrem em acidente na Venezuela

Pastora e mais 7 fieis de igreja evangélica morrem em acidente na Venezuela
Pastora e mais 7 fieis de igreja evangélica morrem em acidente na Venezuela
A tragédia aconteceu, após realização de batismo envolvendo um ônibus que trazia de volta os membros da Igreja Evangélica Fonte de Vida naVenezuela que colidiu violentamente com caminhão na via contraria. No impacto a pastora, 7 membros e uma criança morreram neste sábado por volta das 17hs.
Nove pessoas morreram e trinta e oito resultaram feridas em uma violenta colisão entre um ônibus e um caminhão, que se registrou aproximadamente às 5 horas da tarde deste passado sábado na estrada nacional venezuelana Anaco-San Mateo.
Tudo aponta a que a pertinaz chuva que caía nesse momento originou que o motorista do ônibus perdesse o controle do mesmo, invadindo o carril contrário e chocando frontalmente com um caminhão que vinha em direção contrária.
O ônibus levava quarenta e cinco pessoas pertencentes à igreja evangélica Fonte de Vida, localizada no setor A Flórida, de Anaco. Voltavam de realizar uma cerimônia religiosa (batismos) em uma praia do Parque Nacional Mochima.
Vários ônibus que passavam serviram de ambulâncias improvisadas para transladar aos feridos aos centros assistenciais de Anaco, enquanto chegavam as unidades de salvamento e sanitários.
LISTA DE FALECIDOS
Os falecidos foram identificados como Omaira Hernández, Yudith Morais (pastora da igreja evangélica), Tibaire Atache, Pedro Gutiérrez, Calia Medina, Rosa Guarache, Rainha García, Oscar José Calderón (condutora do camião) e um menino de 5 anos de idade.
NOTA: Não importa a distância, o orar por irmãos que estão sofrendo ou alegres tem efeito, mesmo que a Bíblia nos pede para chorarmos com os que choram e nos alegrarmos com os que estão alegres, mas não determina distância para isso. Portanto orando mesmo a distância o mover de Deus se faz, pois sabemos também pelas Escrituras Sagradas que nosso Deus é Onipresente e pode confortar estes corações entristecidos através do Espirito Santo. -Assim cremos. Amém…
 PUBLICADO POR AMIGO DE CRISTO 
 

domingo, 25 de novembro de 2012

Mulheres da Arábia Saudita são controladas eletronicamente pelo governo

Nova tecnologia causou revolta nas redes sociais

Mulheres da Arábia Saudita são controladas eletronicamente pelo governo
Mulheres da Arábia Saudita são controladas eletronicamente pelo governoAlém de não terem o direito de viajar sem o consentimento de seus responsáveis masculinos e proibidas de dirigir, as mulheres da Arábia Saudita são agora monitoradas por um sistema eletrônico que controla os movimentos se elas atravessarem as fronteiras.

Desde a semana passada, os responsáveis masculinos pelas mulheres da Arábia começaram a receber mensagens de texto em seus celulares informando quando as mulheres sob sua custódia deixam o país, mesmo que estejam viajando juntos.
Manal al-Sherif, a ativista que se tornou símbolo de uma campanha lançada no ano passado, exortando as mulheres sauditas a desafiarem a proibição de dirigir, começou a espalhar a informação no Twitter, depois que foi alertada por um casal.

O marido, que estava viajando com sua esposa, recebeu uma mensagem de texto das autoridades de imigração informando-o que sua mulher havia deixado o aeroporto internacional de Riad.

“As autoridades estão usando a tecnologia para monitorar as mulheres”, disse o colunista Badriya al-Bishr, que criticou o “estado de escravidão em que as mulheres são mantidas” no pais muçulmanos ultraconservador. “Esta é uma tecnologia usada para o atraso, e assim manter ae mulheres presas”, disse Bishr.

Para que uma mulher saia da Arábia Saudita sem permissão de seu guardião masculino, ele deve dar o seu consentimento ao assinar o que é conhecido como a “folha amarela” no aeroporto ou no posto de fronteira. A nova tecnologia emite o alerta após a leitura de um chip instalado no passaporte que se comunica com a internet. Há rumores para a futura implantação de chips similares sob a pele, algo não confirmado pelo governo saudita.

A medida das autoridades sauditas foi rapidamente condenada nas redes sociais, embora o acesso do mundo árabe a esses meios ainda seja bem restrito.

A Arábia Saudita, onde fica Meca, vive sob uma interpretação radical da sharia, ou lei islâmica. É o único país do mundo onde as mulheres não têm permissão para dirigir. O reino impõe regras rígidas que restringem a convivência entre os sexos. Pela lei, as mulheres são obrigadas a usar um véu e um manto preto, ou abaya, que as cobre da cabeça aos pés, exceto para as mãos e o rosto.

por Leiliane Roberta Lopes   
http://noticias.gospelprime.com.br/mulheres-da-arabia-saudita-sao-controladas-eletronicamente-pelo-governo/

11º Encontro de Missões - Santa Rita/Paraguai


A Igreja Assembléia de Deus Gideões Missionários, com sede em Pelotas/RS, cujo presidente é o Pr. Adão Madeira, realizou nos dias 17 e 18 de Novembro de 2012, na cidade de Santa Rita, no Paraguai, o seu 11º Encontro de Missões.

O Encontro de Missões teve como preletor o Pr. Marcio Santos/RS e, na parte dos louvores, o cantor Valdir Roxo/RS. Todas as reuniões foram marcadas pela presença de Deus, visível através da salvação, curas e batismo no Espírito Santo.

Eu gostaria de lembrar as palavras do Pr. Adão Madeira, na Manhã Missionária, quando lembrou os irmãos dos desafios enfrentados no Paraguai e do período em que o trabalho missionário foi ali iniciado.

Também fez menção, de quando chegou, em 2005, na Tribo Achè, e ali não via quase ninguém. Então, disse ele, que vim fazer aqui? Foi quando um índio tomou um pedaço de ferro, começou a bater em algo, e saiu gente do meio do mato para assistir o culto.

Naquele dia muitos se entregaram à Cristo e foram batizados no Espírito Santo, falavam em línguas estranhas conforme o Espírito Santo concedia que falassem. Recordou que a língua que eles falavam é a mesma dos nossos irmãos brasileiros quando recebem o batismo no Espírito Santo.

Marcou o momento que o Pastor Adão abraçou um índio, que hoje é presbítero, e falou que ele era muito violento e até mesmo agia com violência em relação à sua esposa, porém, hoje, ele é uma bênção no meio da tribo.

Abraçou o cacique, hoje evangelista, e agradeceu pelo apoio que tem prestado na obra do Senhor Jesus. Lembrou que o cacique era muito pobre, mas hoje Deus tem o enriquecido com bençãos materiais e espirituais.

Após descer do púlpito, pegou na mão do ancião de 120 anos, que antes era canibal, e que hoje é uma bênção na mão do Senhor. Disse que quando vai à tribo pede para o ancião colocar as mãos em sua cabeça e o abençoar.
Falou aos irmãos índios que estavam presentes no congresso e lamentou não ter condições financeiras para trazer todos os índios para o congresso, sendo que só da Tribo Ache, precisaria de 10 ônibus.

Infelizmente só foi possível colocar dois ônibus à disposição, e veio quase 200 pessoas nos dois veículos.

Aproveitou o momento e lançou o desafio: para o 1º Congresso de Missões na tribo Ache, que será nos dias 11 e 12 de Maio de 2012, quando na oportunidade estará separando mais Missionário da Tribo para enviar a outras tribos.

Se alguém quiser se somar a essa caravana basta procurar o Pr. Adão ou Pastores do Ministério nas Igrejas do Gideões/RS.

Pr. Alvim, da Tribo Ache, sendo entrevistado
Pr. Magnus abraçando índio de 120 anos
Por fim, apresentou aos congressistas alguns dos missionários que o Gideões sustenta naquele país, e também ouve a consagração de mais alguns obreiros, pastores, evangelistas e presbíteros.



Abaixo algumas fotos do evento e vídeos com momentos muito importantes sobre o que Deus esta fazendo.







Vídeo: Pr. Adão Madeira conta como os Gideões chegou no Paraguai.  


Vídeo: Pr. Adão Madeira conta como chegou na Tribo Ache.


                                                                                         
Vídeo: Índio de 120 anos diz que não vai morrer. Teve um sonho que vai ser arrebatado. Também, o Cacique dá testemunho de sua conversão.


 Jovem satanista da testemunho que foi salvo por Jesus. Assista parte de seu testemunho.

Assista ao cantor Valdir Roxo, clicando no link abaixo:

sábado, 24 de novembro de 2012

Pastor iraniano Behnam Irani, preso e espancado sob acusação de crimes políticos, corre risco de morte por falta de atendimento médico

Pastor iraniano Behnam Irani, preso e espancado sob acusação de crimes políticos, corre risco de morte por falta de atendimento médico
Mais um pastor evangélico iraniano foi preso e condenado em 2011, desta vez, a acusação é de crimes políticos. Behanm Irani porém está doente devido aos espancamentos sofridos na prisão e precisa de ajuda médica especializada.
Embora sua defesa e um grupo de ativistas cristãos de vigilância pela liberdade religiosa afirmem que as acusações sejam apenas para encobrir o fato de que Behnam Irani foi condenado a seis anos de prisão por ser cristão e liderar uma igreja, nenhuma medida foi tomada para reavaliar o caso.
Segundo o relatório da Christian Solidarity Worldwide (Rede Mundial de Solidariedade Cristã, numa tradução livre), o estado de saúde do pastor Irani é grave e pode resultar em sua morte, se os procedimentos médicos adequados não forem disponibilizados: “Enquanto você lê isso, a saúde do pastor Behnam Irani está em condição crítica e há uma chance muito real de ele morrer na prisão de Ghezel Hesar se ele permanecer em sua situação atual”, afirmou Kiri Kankhwende, assessora de imprensa da CSW ao Christian Post.
O pastor de 41 anos de idade e pai de dois filhos foi espancado na prisão e tem sofrido com úlceras hemorrágicas, de acordo com a CSW: “Ele está sangrando severamente das úlceras estomacais e complicações no cólon. Ele mal pode caminhar e tem problemas com sua visão. Os espancamentos brutais que ele recebeu das autoridades prisionais e outros prisioneiros resultaram em ferimentos horríveis, e ele precisa urgentemente de ajuda médica”, enfatizou a assessora.
-Ele pode morrer nos próximos meses se ele não tiver o tratamento que precisar. E ele não deveria estar na prisão em primeiro lugar: ele foi acusado de crimes políticos para cobrir o fato de que ele foi preso porque ele é cristão e um líder de igreja, disse Kiri Kankhwende.
A única forma de ajudar ao pastor iraniano é, segundo a CSW, motivar organizações internacionais de direitos humanos e religiosos, além dos governos, para investigarem o caso do pastor e a falta de tratamento médico adequado: “Quanto mais alto o barulho das comunidades internacionais, maior é a chance que os prisioneiros possam ser tratados adequadamente de acordo com os padrões internacionais, e mais provável de que os presos injustamente sejam libertados”.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Papa Bento XVI afirma que calendário cristão e data do nascimento de Jesus estão errados em vários ano

Papa Bento XVI afirma que calendário cristão e data do nascimento de Jesus estão errados em vários anos
O calendário cristão, que é baseado no ano de nascimento de Jesus, estaria atrasado devido a um erro de cálculo, afirmou o Papa Bento XVI.
As declarações estão na série de livros com três volumes chamada “L’Infanzia di Gesu”, escrito pelo próprio Bento XVI e editado pela Casa Publicadora do Vaticano em parceria com a editora Publicações Rizzoli.
Segundo o Papa, o cálculo do calendário cristão usado atualmente foi feito pelo monge Dionysius Exiguus, que havia errado em alguns anos. Essa afirmação do líder católico reforça a tese de estudiosos que afirmam que o nascimento de Jesus teria acontecido entre 4 e 6 anos antes da data conhecida atualmente.
-O cálculo do início do nosso calendário – baseado no nascimento de Jesus – foi feito por Dionysius Exiguus, que cometeu um erro em seus cálculos por diversos anos – escreveu Bento XVI, de acordo com informações do Daily Mail.
Entretanto, essas não são as únicas afirmações polêmicas publicadas na trilogia de livros. Bento XVI também afirma que não haviam animais no presépio onde Maria deu à luz Jesus, e justifica dizendo que a Bíblia não menciona isso, e que os anjos nunca cantaram para os pastores anunciando o nascimento de Jesus.
O livro deverá ser lançado em inglês em breve, com o título “Jesus of Nazareth: The Infancy Narratives” (em tradução livre: Jesus de Nazaré: Narrativas de Sua Infância).
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Pastor evangélico concorrerá à presidência no Equador

Nelson Zavala surge forte na oposição e acusa o atual governo de ser “ateu e sem valores”
Pastor evangélico concorrerá à presidência no Equador
Pastor evangélico concorrerá à presidência no EquadorO pastor evangélico Nelson Zavala, foi lançado como candidato a presidente do Equador. Ele irá substituir no comando da oposição o ex-presidente Abdalá Bucaram Ortiz, cuja indicação foi rejeitada pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE) de não atende a certos requisitos da lei, pois responde a vários processos judiciais.

Dalo Bucaram, filho do líder máximo do Partido Roldosista Ecuatoriano (PRE) no país, anunciou a nomeação de Zavala no lugar de seu pai. Durante seu anúncio, disse que o país precisa de um “homem de Deus” e que “invoque a paz”. Anteriormente fora anunciado que Zavala seria o vice de Abdalá, mas agora Denny Cevallos é o nome mais forte para ser candidato a vice-presidente.
As eleições presidenciais no Equador ocorrerão em 7 de fevereiro de 2013. Segundo as pesquisas, o atual presidente do Equador, Rafael Correa, aparece como favorito para a reeleição. Agora são 8 candidatos que concorrem oficialmente ao cargo.

Nelson Avellán Zavala é pastor evangélico e doutor em ministérios, tem 52 anos de idade. Estudou nos Estados Unidos e hoje é diretor da escola International Ministries em Guayaquil. Ele pastoreia a 18 anos e já liderou a Igreja Betania de Quito. Membro da Associação de Pastores Evangélicos do Equador, ele se define como um defensor dos direitos humanos, da liberdade civil, religiosa e das crianças.

No discurso que fez ao lançar oficialmente seu nome, criticou o presidente Rafael Correa de destruir a maior riqueza dos equatorianos. “Que não é o petróleo, mas a família, que está sob ataque desse governo ateísta e sem valores, que deseja nos fazer acreditar que o Equador pode ser comprado, da mesma forma que Judas agiu. O Equador precisa decidir se escolhe um lobo que mata (referindo-se a Correa) ou um pastor (referindo-se a ele)”.

Zavala desafiou Correa para um debate sobre os planos do governo .”Sem Deus não há país e liberdade sem um país”, disse o pastor. Ao final de seu discurso, que durou 17 minutos, Zavala invocou a benção de Deus sobre todos os equatorianos. No final, um grupo de ativistas e candidatos a deputados gritaram fortemente “Presidente Zavala, seja duro com os corruptos”. Com informações Terra e Hoy.

por Jarbas Aragão   
http://noticias.gospelprime.com.br/pastor-evangelico-concorrera-a-presidencia-no-equador/

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Deputado evangélico quer lei para aprovar “Deus seja louvado” nas notas do real

O projeto é uma reação a decisão do PRDC de tirar a inscrição por considerá-la “inconstitucional”
Deputado evangélico quer lei para aprovar “Deus seja louvado” nas notas do real
Deputado evangélico quer lei para aprovar “Deus seja louvado” nas notas do realNesta terça-feira (20) o deputado federal Francisco Eurico da Silva (PSB-PE) apresentou um projeto de lei para tornar a frase “Deus seja louvado” obrigatória nas notas de real.

A ideia surgiu para evitar a retirada da frase que foi inserida nas notas de cruzado em 1986 a pedido de José Sarney que na época era presidente da República.

Nas últimas semanas a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) solicitou a retirada da inscrição afirmando que ela é inconstitucional por ferir a laicidade do estado.

Se o PL apresentado pelo deputado evangélico for transformado em lei a frase não poderá ser retirada das cédulas.

Ao defender seu projeto o deputado Pastor Eurico diz que é um erro pregar a laicidade do Estado. “Dizer que o texto constitucional é laico é uma mentira, pois a promulgação da Constituição Federal foi feita ‘sob a proteção de Deus’. Está expressa no preâmbulo da Constituição a palavra ‘Deus’, fazendo com que todo o texto constitucional tenha validade ‘sob a proteção de Deus’”.

“Não há porque querer retirar a frase “Deus seja louvado” das cédulas de dinheiro”, diz o deputado.
A nota do PSB foi publicada em um dos blogs do site do Diário de Pernambuco.

por Leiliane Roberta Lopes   

http://noticias.gospelprime.com.br/deputado-evangelico-quer-lei-para-aprovar-deus-seja-louvado-nas-notas-do-real/

Justiça paquistanesa anula processo por blasfêmia contra menina cristã


Justiça paquistanesa anula processo por blasfêmia contra menina cristãO caso da menina cristã acusada de profanar um exemplar do Corão, livro sagrado do islamismo, foi anulado pela Justiça do Paquistão.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Rimsha era mantida em prisão domiciliar juntamente com sua família, após o pagamento de fiança. Segundo o advogado da menina, o Tribunal de Islamabad “anulou o caso, declarando Rimsha inocente”, afirmou Akmal Bhatti, um dos advogados da jovem.

De acordo com autoridades paquistanesas, o líder muçulmano que acusou Rimsha Masih de ter queimado páginas com anotações de versículos do Corão, forjou a situação. O crime pode ser punido com prisão perpétua.

Segundo informações do G1, o caso teve uma virada incomum quando a polícia, ao terminar suas investigações, acusou o líder religioso de uma mesquita próxima ao bairro onde Rimsha vivia de forjar a situação para expulsar a garota e sua família das redondezas.

O caso de Rimsha ganhou destaque mundial e foi objeto de uma ação da rede de ativismo Avaaz.org, que iniciou um abaixo assinado em busca de um milhão de assinaturas pedindo a intervenção do presidente paquistanês no caso.

Durante o processo, populares enfurecidos tentaram queimar a menina viva, segundo relatos da mãe à época.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Exército dos Gideões Invadem as Ruas de Canguçu em Plena Madrugada com a Palavra de Deus.

Mais uma vez a Equipe de Evangelismo "Deus Não Desiste de Você", coordenada pelo Cantor Zigomar Marques e o Sgt. Lemes,  foram às ruas de Canguçu, para mais uma madrugada de evangelismo pessoal.


O objetivo é levar uma mensagem de Cristo para jovens e adultos que, na noite, caminham pelas ruas em busca de diversão, sem levar em conta os perigos para suas vidas e almas.


A equipe de evangelismo, desta vez reforçada por uma equipe jovem que se prontificou a formar um exército de evangelismo, tem acreditado que o conhecimento de Cristo pode mudar o rumo destes e, não há razão para não acreditarmos que eles poderão ser os futuros missionários do amanhã, levando a palavra de Cristo à outros que ainda não O conhecem.

Mais de 1.000 pessoas, entre pedestres, motoqueiros, carros de passeios e até os carros da brigada militar, foram abordados pela Equipe que fez questão de falar a cada um, que Deus existe e que é tempo de O buscar.


A equipe desta vez foi mais agressiva, entrando em bares, restaurantes e casas noturnas.


No final do Evangelismo a Equipe, mesmo cansada, levantou as mãos e agradeceu a Deus, na certeza que a missão foi cumprida.

 
Assista  ao vídeo do Evangelismo.

Vídeo: entrando em bar noturno