quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Barack Obama escolheu pastor evangélico para dar a benção na cerimônia de posse de seu novo mandato como presidente dos Estados Unidos

Barack Obama escolheu pastor evangélico para dar a benção na cerimônia de posse de seu novo mandato como presidente dos Estados Unidos
Depois das inúmeras críticas que têm recebido dos cristãos por causa de sua defesa aos movimentos homossexuais, o presidente americano reeleito, Barack Obama, anunciou o convite ao reverendo Louie Giglio, pastor da Passion City Church, em Atlanta, para entregar a benção em sua cerimônia de posse.
Depois do anúncio da escolha de Obama começou a circular na internet um vídeo de uma antiga pregação de Giglio na qual ele atacada diretamente o homossexualismo. O vídeo tem causado uma grande polêmica no país, por trazer ideias contrárias a de políticas que vem sendo defendidas pelo presidente.
- A única maneira de sair de um estilo de vida homossexual é através do poder de cura de Jesus. Nós temos que dizer para os homossexuais a mesma coisa que eu digo a você e que você diria para mim, não é fácil de mudar, mas é possível mudar – declara o pastor no sermão, intitulado “Em busca de uma resposta cristã para a homossexualidade”, segundo o Huffington Post.
A cerimônia deste ano de inauguração também contará com a participação de Myrlie Evers-Williams, viúva do ativista dos direitos civis Medgar Evers. Evers-Williams, de 79 anos, está prestes a se tornar a primeira mulher e não-membro do clero para entregar a oração pública que é considerada central para a cerimônia.
Obama será empossado oficialmente em uma cerimônia privada no domingo, 20 de janeiro, mas a celebração pública, incluindo a invocação e bênção acontecerá lugar no dia seguinte, coincidindo assim com o feriado nacional em memória de Martin Luther King Jr.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário