quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Por que tragédia?




Notícias tristes. Na noite de sábado fiquei sabendo de uma mãe que perdeu seu filho de apenas 6 anos, vítima de leucemia. Uma tragédia. Já no domingo as informações sobre as mortes em Santa Maria.

Ouvi de relance alguém dizer que era a vontade de Deus – mas não é bem assim! Segundo a Bíblia a morte não é plano de Deus, muito menos sua vontade. Ela existe por causa do pecado que invadiu a vida humana, tal qual um vírus devastador que invade um corpo sadio (Rm 6.23).

Espiritualmente falando, o mundo vive em pecado e sofre a consequencia. Todos sofrem! A própria natureza sofre!

Jesus jamais prometeu que não passariamos dificuldades nesse mundo. Antes ele disse: "No mundo passais por aflições (Jo 16.33)". Vivemos num mundo carregado de nuvens de pecados. A consequencia disso é que os temporais de dificuldades caem sobre nós, sobre todos: idosos e jovens, justos e injustos.

Jesus contou uma história de dois homens diferentes, um sábio e outro sem juízo, um construiu a casa sobre a rocha e o outro sobre a areia. Veio uma tempestade... segundo a história os ventos e a enchente sobrevieram sobre as duas casas. Isso ao contrário de alguns entuasiasmados pregadores que anunciam uma espécie de corpo fechado que nada sofre – uma grande mentira!

Os discípulos de Jesus sofreram, Jesus sofreu, e nos convida a nos alegrarmos com os que se alegram e a chorar com os que choram! (Rm 12.15)

E é assim, na força da solidariedade, no sorriso da esperança, que continuamos! Em dias ensolarados e em tempestades, na luz das alegrias e nas sombras das tragédias, sempre dizendo: “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, pois tu estás comigo!” (Sl 23.4)

EVITANDO TRAGÉDIAS

O que fazer para evitar tragédias? Essa tem sido a pergunta analisada e debatida após o incêndio na boate Kiss. Toda iniciativa nesse sentido é benéfica. Porém é interessante observar que normas de segurança já existem – porém não são observadas.

Quanto as tragédias espirituais, igualmente há normas de segurança, mas não são seguidas!

Efetivamente ninguém escapa da morte, pelo menos da primeira morte. Porém Jesus abriu uma porta de salvação, a fim de que não sofressemos a segunda morte – que é a condenação. Ele diz: Eu sou a porta, quem entrar por mim será salvo (Jo 10.9). Ele também diz: Eu sou a ressurreição e a Vida, quem crê em mim, ainda que morra viverá (Jo 11.25).

Por isso, em Jesus podemos escapar dessa tragédia maior. Assim, mesmo em meio a esse vale de lágrimas, por causa de Cristo, podemos olhar para o futuro e vislumbrar um Novo Céu e uma Nova Terra, onde não haverá mais choro, nem dor, nem morte! Essas aflições e tragédias terão passado! (Ap 21.4)
Pastor Ismar Pinz
Comunidade Luterana Cristo Redentor
Três Vendas, Pelotas, RS



Nenhum comentário:

Postar um comentário