terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Pastores comentam entrevista de Silas Malafaia ao De Frente com Gabi e reprovam sua defesa da teologia da prosperidade

Pastores comentam entrevista de Silas Malafaia ao De Frente com Gabi e reprovam sua defesa da teologia da prosperidade
A entrevista do pastor Silas Malafaia à jornalista e apresentadora Marília Gabriela repercutiu no meio cristão de forma ampla e suscitou a manifestação de críticas e análises do que foi debatido durante o programa.
Os temas tratados no programa foram desde questões pessoais envolvendo Silas Malafaia, até a teologia da prosperidade e o embate com ativistas gays pelo PLC 122.
Para o pastor Ciro Zibordi, a entrevista “foi um debate aberto”, com uma postura diferente da usual por parte da apresentadora: “Ela realmente ‘bateu boca’ com o entrevistado, talvez pensando que o colocaria contra a parede, convencendo a todos de que ele é homofóbico e fundamentalista religioso”. Zibordi pontua porém que, “como todos sabem, Silas Malafaia é um exímio debatedor e soube responder bem às provocações que recebeu”.
Entretanto, Zibordi diz que nem tudo o que o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) disse no programa é unanimidade no meio cristão.
“Não concordo com tudo o que Malafaia falou, especialmente quanto à sua defesa tácita da falaciosa Teologia da Prosperidade. Entretanto, ele foi muito bem ao mostrar, de modo indireto, que existe um preconceito por parte da grande mídia de que todo cristão protestante é ignorante, fundamentalista, não sabe desfrutar do prazer sexual, não tem amor, ao contrário de outros, etc”, opinou o também pastor assembleiano Ciro Zibordi.
O bispo anglicano e doutor em Escatologia e Ciência da Religião Hermes C. Fernandes, afirmou num texto publicado em seu site, que o programa foi “o embate do século”, em que Silas Malafaia teria se prejudicado a imagem do público evangélico perante à sociedade: “Para uns, o resultado da briga, ops, da entrevista, favoreceu o ex-bigodudo. Para outros, a loura o nocauteou. Não quero ater-me a isso. Quem perdeu foi a igreja, cuja credibilidade ficou mais uma vez exposta por conta do discurso moralista radical do líder da ADVEC”.
“Assuntos de primeira grandeza tais como a corrupção, a justiça social, a salvação gratuita bancada pela cruz de Cristo, passaram em largo. Tudo girou em torno do seu patrimônio, que o coloca na lista dos pastores mais ricos do Brasil, da teologia da prosperidade (antes combatida por ele) e da homossexualidade. Como bom debatedor que é, se Silas quisesse, ele conduzia a entrevista noutra direção. Porém, ele sabe que o que dá IBOPE é a polêmica”, disse Fernandes, contextualizando sua crítica.
O pastor Renato Vargens, da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, afirmou que considera “herético” o ensinamento de Malafaia sobre prosperidade, porém, considera “bíblicas” determinadas posturas do pastor da ADVEC.
“Ao tratar de assuntos relacionados a sexualidade Silas demonstrou  firmeza  e coerência bíblica. Na minha perspectiva Marilia ao tratar da homossexualidade foi intransigente e grossa com o seu entrevistado demonstrando assim vivenciar a mesma intolerância que tanto combate. Na verdade, em um determinado momento da entrevista ela chegou a alterar o seu tom de voz tentando impor sobre  Malafaia suas crenças e percepções”, ponderou o pastor.
Já o pastor Márcio de Souza, escritor, colunista do Gospel+ e líder da Igreja Cristã da Aliança em Rio do Ouro, escreveu em seu site que “sair batendo no Malafaia é chutar cachorro morto”.
Segundo Souza, “denunciar suas práticas é chover no molhado”, porém muitos o fazem por audiência: “Só pode acusar o Silas de viver nababescamente quem vive de forma simples. Quem vive de desvio doutrinário disfarçado de movimento de fé é tão mesquinho quanto o ‘Malachato’. Quem condena a riqueza de Silas, mas tem minas de ouro malocadas pelo mundo não pode empunhar cajado de juiz”.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Um comentário:

  1. A Igreja, como no tempo de Cristo, encontra-se dividida entre a Justiça e o Juizo e as coisas passageiras dessa vida. Tendo seus lideres aprisionados entre as verdades biblicas e a vida secular esquecendo de ser a Luz deste mundo entenebrecido e o sal para salgar a vida das pessoas mostrando-lhes a verdade do evangelho. Querendo viver em tranquilidade enquanto milhoes se perdem todos os dias sem salvaçao. Falar a verdade doi e doi muito quando falamos a quem quer continuar no erro. Querido viva como vc quiser, mas saiba que Deus te aceita no ceu como Ele quer e muito simples e facil de entender, a Casa e Dele e so vai entrar quem Ele quiser. Seus preceitos e dogmas nao valem de nada. O que vale mesmo e a Palavra de Deus e somente pela Palavra de Deus e que entraremos no Seu Reino. Gostando ou nao vc precisa saber disso.

    ResponderExcluir