sábado, 8 de junho de 2013

Documentário | ‘Aborto – O grito silencioso de um pequeno inocente’

Assista ao documentário, ‘Aborto – O grito silencioso de um pequeno inocente’, apresentado pelo Dr. Nathanson, famoso médico ex-abortista norte americano.
“O grito silencioso” apresentado pelo Dr.Nathanson, famoso médico ex-abortista norte americano.
Ele mostra, mediante uma ecografia realizada na mãe, no momento do aborto, o que sucede com o bebê que-apenas agora se sabe- já reflete as características humanas: sente medo, sente dor e tem apego á vida.

Ao ver o filme acreditei ser meu dever divulgá-lo, pois o mundo tem obrigação de saber o que realmente sucede num aborto provocado. O filme começa mostrando o bebê antes da operação abortiva. Neste caso verídico, o bebê estava com 12 semanas ou três meses de vida. Ele tinha movimentos calmos, se mexia lentamente, colocava de vez em quando, o polegar na boca.
Parecia bem à vontade no ambiente tranquilo, na segurança do útero materno. Quando o abortista introduz o primeiro elemento metálico procurando romper a bolsa amniótica, a criança perde seu estado de tranquilidade. Os aparelhos registram aceleramento das suas batidas cardíacas e em movimentos nervosos e perfeitamente consciente, o pequeno ser muda de lugar, desviando-se do instrumento cirúrgico.
A bolsa é rompida e é introduzido outro aparelho, espécie de aspirador. Neste estágio, nenhum instrumento tocou ainda o bebê, no entanto, ele pressente que algo anormal e terrível está para acontecer porque, agora, muda de lugar num ritmo enlouquecido para o lado e para cima, em busca de segurança, no desejo de fugir ao aparelho e livrar-se de sua ação.

Em menos de um minuto resta apenas à cabeça, que não passa pelo aparelho. Um outro instrumento parecido a uma pinça gigante é introduzido. A cabecinha é presa, triturada, transformada em pedaços e também retirada.Quando o metal está quase para tocá-lo, a criança encolhe todo o corpinho e sua boca se abre desmesuradamente, como se quisesse gritar. O instrumento de aspiração alcança seus pezinhos e os arranca. Arranca os pezinhos, mas a criança ainda está viva! Ela se debate, mas seus pedaços vão sendo destroçados, puxados, arrancados, sugados em grande velocidade.
São os últimos resquícios daquele que, pouco antes era um ser humano tranquilo – e depois amedrontado, horrorizado, mesmo em desigualdade de condições fez o impossível para não morrer, e no último momento, abriu a boca ao máximo, num grito, com o objetivo talvez, de pedir auxílio… A quem???
Eu, pessoa humana, que posso gritar e expressar minha vontade empresta hoje minha voz a todos estes pequeninos que, ao serem mortos quiseram gritar, implorar pela vida, abrindo a boca – porém… ainda não tinham voz!
Em nome de todos estes inocente-se peço a quem de direito que projete este filme em todas as escolas, nos colégios, nas universidades, para todas as mulheres e homens, a fim de que se faça conhecer o que realmente acontece num aborto provocado e dar a conhecer o direito à vida de uma criança.
Após o documentário, você também assistira um debateigos. sobre o aborto com a participação do pastor Silas Malafaia, onde fala sobre a luz da ciência e da Palavra de Deus.
Você e sua família, devem assistir esse documentário e compartilhar com todos os seus am

4 comentários:

  1. Deus tem tanta misericórdia deste povo,minha vontade e picar estas pessoas malditas.

    ResponderExcluir
  2. Deus tem tanta misericórdia deste povo,minha vontade e picar estas pessoas malditas.

    ResponderExcluir
  3. se o seu resumo me deixou arrasada.. imagina o video? não consigo ver, é muito pra mim

    ResponderExcluir