terça-feira, 1 de outubro de 2013

Marina Silva é 'grande figura' e 'companheira extraordinária', diz Lula

Para ele, se Justiça autorizar criação da ‘Rede’, Marina disputará eleição.
Ex-ministra de Lula pode ser uma das adversárias de Dilma em 2014.

Nathalia Passarinho Do G1, em Brasília


Lula, o vice Michel Temer e autoridades em ato comemorativo dos 25 anos da Constituinte (Foto: Nathalia Passarinho / G1)Lula, o vice Michel Temer e autoridades em ato da OAB comemorativo dos 25 anos da Constituinte (Foto: Nathalia Passarinho / G1)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira (1ª) considerar a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva “uma grande figura” e “companheira extraordinária”. Ele foi indagado por jornalistas se considerava que eventual candidatura de Marina prejudicaria a campanha da presidente Dilma Rousseff nas eleições de 2014.

Ex-ministra do governo Lula, Marina Silva tenta liberar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o registro da Rede Sustentabilidade, partido com o qual pretende concorrer à Presidência da República no ano que vem.
“Eu penso que primeiro, nós vamos ter de esperar o julgamento para saber se vai ter o partido ou não.

 Eu acho que a Marina é uma grande figura, uma companheira extraordinária. Eu não sei qual é o critério que a Justiça Eleitoral vai determinar para legalizar ou não o partido”, afirmou Lula ao chegar a um evento do Conselho Federal da OAB em comemoração aos 25 anos da Constituição Federal.
Marina Silva aparece em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República. Pesquisa Ibope divulgada na última quinta-feira (26) pelo site do jornal "O Estado de S. Paulo" informa que Dilma Rousseff (PT) tem 38% das intenções de voto para presidente em 2014, seguida por Marina Silva (sem partido), com 16%.

Para Lula, certamente a ex-ministra entrará na disputa eleitoral do ano que vem se tiver o registro da Rede Sustentabilidade liberado. “Já foram legalizados dois partidos  [o Solidariedade e o Pros], eu não sei se o [partido] dela será diferente, eu não sei se ela cumpriu as exigências que a lei exige. Ou seja, se ela cumpriu, certamente a Marina estará na disputa.”

Tentativa de registro

O vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio Aragão, deverá enviar até o fim da tarde desta terça-feira (1º) parecer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre se concorda ou não com a concessão de registro para a Rede Sustentabilidade.

O prazo máximo para obter registro a tempo de participar do pleito vence no sábado (5 de outubro), mas a sessão do TSE para analisar o caso está marcada para quinta-feira (3).

Na segunda, a ministra Laurita Vaz, corregedora do TSE e relatora do processo da Rede, deu prazo de 24 horas para o MP se manifestar - que vence às 18h desta terça. Ela afirmou à TV Globo que o registro da legenda deve ser julgado na data-limite.

"Não vou dar conta de julgar na quarta. O prazo de 24 horas que eu dei ao Ministério Público só vence amanhã e não vou ter condição de analisar tudo até quarta. Se Deus me permitir vou julgar na quinta."
Também na segunda foi concluída uma recontagem de assinaturas de apoio ao partido pela Secretaria Judiciária do tribunal. O TSE não informou qual foi o resultado.

http://g1.globo.com/politica/noticia/2013/10/marina-silva-e-grande-figura-e-companheira-extraordinaria-diz-lula.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário