quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Pastor Silas Malafaia comenta aliança entre Marina Silva e Eduardo Campos: “Chora PT”


Pastor Silas Malafaia comenta aliança entre Marina Silva e Eduardo Campos: “Chora PT”
Após a decisão da missionária assembleiana Marina Silva de filiar-se ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) e assim viabilizar sua participação nas próximas eleições, o pastor Silas Malafaia classificou a decisão como um “gol de placa”.
Marina Silva vinha trabalhando pela fundação do partido Rede Sustentabilidade, mas diante da recusa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em aceitar as assinaturas que foram consideradas inaptas pelos cartórios eleitorais, a presidenciável decidiu se filiar ao PSB, aliando-se ao governador pernambucano Eduardo Campos, que é oposição ao governo petista de Dilma Rousseff.
Malafaia comentou a decisão fazendo referência indireta às suspeitas de que o Partido dos Trabalhadores teria atuado no sentido de dificultar a fundação do Rede Sustentabilidade: “Parabéns Marina Silva por sua decisão estratégica. Quem pensava que ia te impedir, se deu mal.’O tiro saiu pela culatra’”, escreveu.
Em seu estilo já conhecido, Malafaia resumiu: “Chora PT”.
C H O R A PT!
Apoio
Em 2010, o pastor Silas Malafaia manifestou apoio à candidatura de Marina Silva, à época filiada ao PV, mas disse ter mudado de ideia e apoiou o então candidato do PSDB, José Serra. O motivo alegado pelo líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) foi que Marina não havia se manifestado de forma clara quanto à questões importantes para os evangélicos, como o aborto, por exemplo.
Agora, pela sua postura nas redes sociais, é provável que Malafaia adote uma postura franca contra o PT, de Dilma Rousseff. O pastor ainda não anunciou se apoiará o senador Aécio Neves, presidente do PSDB e virtual candidato do partido, ou se optará pela chapa formada por Eduardo Campos e Marina Silva.
Possibilidade de candidatura
Apesar da filiação ao PSB e às declarações de apoio à candidatura de Eduardo Campos, Marina Silva ainda tem chances de ser candidata à presidente.
À frente de seu colega de partido nas pesquisas, Marina poderá ser indicada como cabeça de chapa caso o partido assim decida. A senadora Lídice da Mata (PSB-BA), afirmou que se essa for a decisão do partido, ela apoiará a colega: “Marina entrou ontem no partido. Vocês têm o hábito de antecipar as coisas. Faz parte. Mas não tenho como responder a essa pergunta agora”, despistou, em entrevista ao portal A Tarde.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

5 comentários:

  1. O Silas Malafaia apoia? Agora q eu não voto mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Precisamos mudar, acabar com estes petistas no poder e para isto nada melhor do que Marina Silva E Eduardo Campos, acredito que esta composição ficará imbatível, não podemos mais corrê o risco da continuidade dos que aí estão, muda Brasil Agora e Já!

    ResponderExcluir
  3. chega! chega de partidos,chega de votos sendo jogados no ar! será que nunca aprendem! não existe melhorias com pessoas infantis entrando e saindo no poder!

    ResponderExcluir
  4. lá se vêm mais um ano(2014) em que o povo voltará a ser estuprado! e vocês falam em quem votar? mais da metade da população não gosta de votar,mas como o voto é obrigatório,somos forçados a votar...isso tem que acabar! vamos pras ruas protestar contra o voto obrigatório,porque ele não deve ser obrigatório! revolução brasileira já!!!

    ResponderExcluir
  5. Chega de Pt e psdb, ainda mais com tanto mensageiro petista ladrão . Fora esta turma toda! Sinto muito pela Dilma, que é na minha opinião bem intencionada , mas com o lula, Dirceu ladrão , genuíno cangaceiro mentiroso , e outros...não da ! Vote no Eduardo ou na Marina em qualquer partido.

    ResponderExcluir