sábado, 31 de agosto de 2013

Cruzada Evangelística com o ex drogado, assaltante, portador do vírus HIV: Missionário Marcelinho [Fotos e Vídeos]

Marcelo na Sede em Canguçu/RS.
No final de semana passado, foi realizado em Canguçu/RS mais uma cruzada evangelística. Desta vez, o preletor foi oo Missionário Marcelinho (Triunfo/RS).

O tempo não colaborou para que o povo pudesse se reunir como previsto, pois as condições climáticas eram de 0ºC e muita chuva.

Documento comprova a pratica de crime
Assim mesmo muitos conseguiram chegar aos locais de culto e foram grandemente abençoados, libertos. Houve diversas curas além de decisões por Cristo Jesus.

Marcelinho mostra documento que comprova
seu testemunho
O Missionário Marcelinho contou o seu testemunho, mencionando como saiu do mundo do crime e como foi curado do vírus HIV. Hoje, ex-drogado, ex-assaltante de banco, ex-portador do HIV, e só com uma perna, ele aconselha as pessoas a não deixar chegar na situação em que ele se encontrou para voltar a Deus, mas que façam isto por amor. Ele, somente voltou pela dor, mas se considera um homem feliz, pois hoje tem uma família, trabalha para recuperar vidas de pessoas que tiveram problemas como o dele e precisam ser devolvidos à sociedade.
Saionara e Rebeca


 
Sua esposa, Irmã Saionara, e sua filha, Rebeca, participaram no louvor.

Os cultos foram realizados de sexta à domingo. Na sexta, o culto foi na Residência da Irmã Dalva Leal, no Faxinal 3º Distrito; no sábado na Congregação da Florida e Congregação do Faxinal; e o encerramento, no domingo, na Sede, as 18h.







Momento do Covite para entrega á Jesus

Assista o vídeo com parte do testemunho e veja o que Deus pode fazer na vida do Homem

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Conexão Repórter Entrevista O Pastor Marcos Pereira Na Prisão

Conexão Repórter entrevista o pastor Marcos Pereira na prisão
Conexão Repórter entrevista o pastor Marcos Pereira na prisão
Conexão Repórter entrevista o pastor Marcos Pereira na prisão

Com exclusividade,o apresentador Roberto Cabrini entra em um presídio de segurança máxima e mostra umaentrevista inédita com o pastor Marcos Pereira na prisão

Essa não é a primeira vez que em que programa, “Conexão Repórter”, do SBT entrevista o pastor Marcos Pereira, em 2010, o apresentador Roberto Cabrini, conviveu durante dias com o polêmico pastor e registrou como ele entrava nos bailes funks emmorros dominados pelo tráfico e os transforma em cultos religiosos.
O pastor atualmente, se encontra preso, acusado de estuprar mulheres de sua própria igreja, ordenar atentados de dentro da prisão e comandar os bandidos mais perigosos do país, ele dará um depoimento denso e repleto de revelações ao programa.
Cabrini, ainda reapresenta uma história que causou polêmica no começo deste ano. O caso do noivo acusado de matar uma pessoa na saída de seu casamento. O programa realizou uma investigação sobre o caso, ouviu os personagens daquela noite e teve acesso a todos os detalhes.
O entrevista, vai ao ar neste domingo, 1º de setembro, logo após o Programa Silvio Santos, às 22h.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Ministério Público tenta reverter liberdade de mulher que abandonou filho


Foto: Xiru Gonçalves
Algumas pessoas teriam tentado agredir a mulher
Delegada Paula Vieira também deseja conseguir novos elementos sobre o caso para pedir, novamente, a prisão preventiva da acusada

O Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RS) informou ao G1, em matéria publicada nesta quinta-feira (29), que está analisando um recurso movido pelo Ministério Público, que tenta reverter a decisão do judiciário de deixar P.H.C., de 24 anos, responder o processo pelo abandono e morte do filho recém nascido em liberdade. A delegada, Paula Vieira, ressaltou que também buscará novos elementos sobre o caso para pedir a prisão preventiva da acusada:

- Ela vai responder ao inquérito em liberdade e nós tentaremos buscar fatos novos para poder fazer uma nova solicitação. Temos algumas diligências pendentes ainda. Precisamos de uma avaliação psicológica dela também - diz.

O caso, ocorrido em 15 de agosto, ainda revolta a população do município. Algumas pessoas tentaram agredir a mulher, segundo a polícia. Passeatas e protestos foram registrados nos últimos dias. À polícia, a jovem afirmou que não sabe quem é o pai do bebê e que o abandonou por não ter condições financeiras, além de não ter admitido a gestação para a família. Ela tem uma outra filha, de dois anos de idade.
Com informações: G1



Brasil é o único país onde deputado corrupto continua com mandato, diz Silas Malafaia

As bancadas evangélica, do PT e PMDB se juntaram pela não cassação de Natan Donadon
Brasil é o único país onde deputado corrupto continua com mandato, diz Silas Malafaia"Brasil é o único país onde deputado corrupto continua com mandato"
A Câmara dos Deputados voltou nesta quarta-feira (28) sobre o pedido da cassação do deputado Natan Donadon (sem partido -RO) que está preso após ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal por ter desviado R$8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia.
Donadon chegou algemado e usou um discurso religioso para se defender diante dos mais de 400 deputados que aceitaram participar da votação. Foram 233 votos a favor da cassação, contra 131 contrários. Para que o deputado preso tivesse o mandato cassado, eram necessários 257 votos.
Por conta da falta de votos, Donadon não foi cassado, mas o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) resolveu mantê-lo afastado do cargo até que ele tenha cumprido pena em regime fechado.
Condenado a 13 anos, 4 meses e 10 dias de prisão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha, o deputado pode ficar menos de dois anos na cadeia.
De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, a cassação de Natan Donadon só não aconteceu por conta de uma manobra política orquestrada pelas bancadas evangélicas, do PT e PMDB.
pastor Silas Malafaia escreveu sobre a decisão da Câmara e chamou a manobra política de vergonhosa, lembrando que há outros deputados sendo julgados pelo STF que poderão ser beneficiados com essas armadilhas.
“É estarrecedor e vergonhoso para a sociedade brasileira ver um deputado condenado pela instância superior (STF), e ainda a Câmara de Deputados ter que votar se vai cassá-lo ou não.”
Para Malafaia se o STF decidiu condenar o deputado, a Câmara não precisa votar se ele pode ou não continuar no cargo. “A própria Constituição já prevê perda de cargos públicos para os condenados em última instância, onde não cabe mais recurso”.
O pastor não tem dúvidas de que os deputados processados pelo mensalão também terão seus cargos políticos mantidos. “Para vergonha do Brasil e do Congresso Nacional, o único país no mundo onde deputado ladrão e corrupto continua com mandato”.

Missionário relata cura milagrosa de menina cega em culto na Etiópia, após superar medo de retaliação de muçulmanos

Missionário relata cura milagrosa de menina cega em culto na Etiópia, após superar medo de retaliação de muçulmanos
O missionário Chris Franz publicou um artigo em que relata a experiência de um milagre de cura da cegueira durante um culto realizado na cidade de Moyale, na Etiópia.
A região é conhecida por 90% de sua população ser muçulmana, e os outros 10%, adeptos a outras religiões, incluindo o cristianismo.
Franz diz em seu artigo no Charisma News que o milagre de cura da menina Diramu Eka aconteceu como uma espécie de recompensa por ele ter vencido o medo de pregar num ambiente hostil.
“Enquanto nos dirigíamos para Moyale, houve uma sensação desagradável no estômago. Com o evangelismo iniciado, o inimigo realmente tentou encher meu coração com medo e intimidação. Um dos pastores locais me contou que ele tem estado em Moyale há mais de 20 anos, mas nunca se atreveu a colocar um cartaz para uma reunião cristã, pois temia as repercussões que isto poderia trazer”, relata o missionário.
A hostilidade foi retratada para ele através do relato de um dos organizadores locais sobre um desentendimento com um muçulmano, enquanto eles convidavam pessoas para o culto.
“Ele me contou como um homem muçulmano muito hostil queria começar uma briga com ele, porque ele havia oferecido um folheto de convite a ele. O homem era tão hostil que os organizadores temeram por sua segurança e mudaram sua abordagem, passando apenas a jogar o resto dos panfletos para fora do carro em movimento, a fim de permanecer seguro. As pessoas vieram correndo de todos os cantos e pegaram os panfletos do chão. Foi assim que eu soube que o grupo terrorista Al-Shabab é muito ativo em Moyale”, escreveu Franz, referindo-se à organização radical islâmica que tem base na Somália e é suspeita de ter ligações com a Al-Qaeda.
“Depois de um dos maiores ataques de pânico da minha vida, o poder de Deus veio sobre mim. Eu estava na frente da multidão, pregando cheio do fogo de Deus. De repente, eu pensei comigo mesmo: ‘Eu não tenho sequer um pingo de medo no meu coração! A ousadia de Deus veio sobre mim, e o Espírito de Deus começou a se mover’. De repente, ouvi gritos atrás de mim. Virei-me para ver o que tinha acontecido, mas só ouvi os gritos e uma comoção. Yonas, nosso organizador, veio rapidamente para mim e disse: ‘Uma garota cega pode ver!’”, relata o missionário.
Segundo Franz, a adolescente havia ficado cega na infância, e todos os presentes no culto a conheciam naquele estaado: “Seus belos olhos castanhos, cheios de lágrimas… As pupilas se moveram para trás e para frente, tentando ajustar o foco da visão em cada detalhe. Diramu Eka tinha ficado completamente cega quando tinha três anos de idade e havia ficado nas trevas por dez anos. Na noite antes desta reunião, ela sonhou que um milagre aconteceria durante o culto. Ela teria renovado suas esperanças de novo por nada? Ela decidiu acreditar contra todas as probabilidades e pediu seu vizinho para ajudar a levá-la ao culto, e lá estava ela com sua bengala para cegos na mão, confiando em Deus para o impossível. Quando oramos pelos doentes, o poder de Deus veio sobre ela. Seus olhos se abriram, e a celebração começou”, testemunha Franz.
“Quando tomamos a autoridade de Deus contra o medo e dúvida em nossas vidas, milagres acontecem”, conclui o missionário.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Pastor Silas Malafaia: “Evangélicos devem dominar política, mídia e redes sociais para influenciar o Brasil”

Pastor Silas Malafaia: “Evangélicos devem dominar política, mídia e redes sociais para influenciar o Brasil”
A Marcha para Jesus em Campo Grande, na última segunda-feira, 26 de agosto, reuniu 40 mil pessoas nas ruas da capital do Mato Grosso e contou com a presença do pastor Silas Malafaia.
No evento, o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) fez discurso contra a homossexualidade, classificando a prática como “abominação” e disse que o casamento gay está “integrado com a safadeza” de ateus e anarquistas.
Segundo informações do portal Campo Grande News, Silas Malafaia sugeriu aos participantes da Marcha para Jesus que votassem em candidatos evangélicos nas próximas eleições, e fez uma ressalva: “Vejam muito bem em quem vocês vão votar, porque tem muito evangélico aí que se diz evangélico, mas apoia o casamento gay”, afirmou, antes de complementar: “O senador é a favor do aborto? Chumbo nele. O seu candidato é a favor do casamento gay? Chumbo nele”.
O pastor disse ainda que se sente na obrigação de continuar lutando contra os ativistas gays e suas propostas: “Mesmo que não consiga [acabar com o casamento gay], a geração seguinte vai perceber que aqui passou alguém que não concorda com essa abominação”, argumentou Malafaia.
“Muitos crentes vem e falam: pastor, não tem como ganhar dos gays, eles ganharam o casamento no Supremo Tribunal Federal. Eu digo a vocês: isso não é um jogo de futebol, não é um time que está ganhando. Nós temos que ter a consciência tranquila em defender o direito a família, a moralidade do ser humano”, disse o pastor.
Ele chamou atenção ainda para a existência de centenas de projetos no Congresso criados “para detonar os conceitos cristãos, para destruir os valores morais da sociedade, destruir tudo”, e afirmou que “por trás disto temos ateístas e anarquistas, querendo construir um novo paradigma, apoiado, sustentado na libertinagem e na safadeza”, esbravejou.
Malafaia ainda criticou a mídia e convocou os fiéis para criar conteúdo e conquistar espaços: “Vamos tomar posse dos meios de comunicação, vamos tomar posse das redes sociais, da política. Vamos fazer diferença, influenciar o Brasil”, disse.
O pastor deixou transparecer que desconfia do custo das mídias de massa no Brasil, considerado abusivo: “Não consigo expandir meu programa aqui no Brasil, enquanto faço dublagem para outros países e vendo sabem por quanto para o exterior? Por vinte vezes mais barato que aqui. Querem nos impedir de divulgar a palavra”, teorizou.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Cristãos são expulsos de praça e sofrem ameaça de prisão por alimentar mendigos

Cristãos são expulsos de praça e sofrem ameaça de prisão por alimentar mendigos
No último fim de semana um grupo de cristãos da organização de caridade Love Wins foi expulso pela polícia de uma praça na cidade de Raleigh, no estado norte americano da Carolina do Norte, por alimentar mendigos que se concentravam no local.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Os cristãos foram abordados pela polícia enquanto distribuíam café e biscoito para os mendigos. Com uma fila de cerca de 70 pessoas aguardando para receber o alimento, os policiais teriam dito ao grupo de caridade que eles seriam presos caso continuassem a distribuir comida no local.

Segundo o site WORLD Magazine, os policiais estariam cumprindo uma lei municipal que estipula que qualquer distribuição pública deve ter licença, e recolher uma taxa diária de 800 dólares aos cofres públicos.

 Apesar de ser datada de 1998, a lei até recentemente não era aplicada pela polícia, que passou a agir nesse sentido nas últimas semanas.

O caso chamou atenção de toda a mídia nos Estados Unidos, e trouxe à tona a discussão sobre leis semelhantes que existem em várias partes do país. Em março, um juiz federal determinou que as leis contra a alimentação públicas em Dallas violavam a liberdade religiosa dos autores cristãos e, em agosto passado, revogou uma proibição de alimentar os sem-teto em público que existia na Filadélfia.

Porém, as autoridades de Raleigh não parecem dispostas a enfrentar uma batalha judicial a esse respeito. O prefeito Nancy McFarlane afirmou que irá reunir os diferentes setores do governo da cidade “imediatamente” para uma “discussão transparente” sobre a questão, e prometeu que ninguém vai ser preso por dar comida para os desabrigados.

Por Dan Martins, para o Gospel+
http://noticias.gospelmais.com.br/cristaos-expulsos-praca-alimentar-mendigos-59943.html

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Manifestantes pedem justiça em frente a casa de mãe que abandonou bebê

Foto: Xiru Gonçalves

Com cartazes pedindo “justiça”, grupo de manifestante
s realizou protesto também em frente ao Fórum e a Delegacia
Gritos de “assassina na cadeira” e “Patrícia assassina” puderam ser ouvidos em meio ao protesto, que foi acompanhado pela Brigada Militar
A última sexta-feira (23) marcou um protesto da comunidade canguçuense por pedido de justiça. Um grupo de manifestantes se uniu e foi até a frente da casa onde um bebê recém nascido foi encontrado morto e mutilado por cães, para pedir a prisão da mãe do bebê.
No local, que fica ao lado da casa da suposta autora do crime, na travessa 5 da Estrada da Pedreira, o grupo de cerca de 30 pessoas gritou frases como “assassina na cadeia” e “bebê não é ração para dar para cão” e “Patrícia, assassina”.
O protesto, que pedia solução para o crime, foi acompanhado por alguns policias da Brigada Militar.
Relembre o caso:
Moradores da Estrada da Pedreira, na Vila Nova, encontraram o corpo de um bebê no final da tarde do dia 15. Fábio Quintana foi uma das primeiras pessoas que chegou ao local. Segundo ele, havia cachorros junto ao corpo, o que chamou sua atenção.
- Percebi que havia uma criança abandonada... uma coisa lamentável. Os cachorros já tinham comido uma perna ou um bracinho - relatou.
O morador comunicou funcionários da prefeitura e espantou os cães do local. O bebê estava próximo a uma das paredes laterais do imóvel, localizado numa esquina, na Estrada da Pedreira.
> Veja o vídeo do protesto:

Fonte Canguçu online

LEMBRE O CASO CLICK AQUI

Ex-terrorista palestino que se converteu ao Evangelho conta testemunho de transformação

Ex-terrorista palestino que se converteu ao Evangelho conta testemunho de transformação
Um antigo terrorista palestino, ex-membro da Fatah (facção muçulmana que prega a “resistência armada” contra Israel), converteu-se ao Evangelho e vem contando seu testemunho aos conterrâneos, buscando semear a palavra de Deus.
Tass Saada havia se juntado à Fatah na mesma época em que Yasser Arafat, falecido presidente da Autoridade Palestina, despontava como grande líder político do povo palestino.
Treinado como guerrilheiro, Saada era conhecido como “açougueiro”, por ser o franco atirador das unidades de elite da Fatah. O ex-terrorista afirma que o ódio que sentia pelos judeus era proporcional à sua admiração por Arafat.
Tempos depois, Saada se mudou para os Estados Unidos, arrumou emprego e casou-se com uma norte-americana. Mas, mesmo com a vida que levava, não se sentia em paz, e um amigo da família falou a ele sobre Jesus.
“Ele colocou uma Bíblia no meio de nós dois e eu me assustei e me afastei da Bíblia. Ele disse, ‘Porque você se afastou assim?’ Eu respondi: ‘não posso tocar nisso’. Ele disse que era apenas um pedaço de papel, e eu retruquei: ‘Não, tem escrito o nome de Deus e suas palavras’. Foi quando ele me disse: ‘Então, você crê que esta é a Palavra de Deus?’. Eu respondi que sim. Não sei porque eu disse sim, pois os muçulmanos não acreditam que a Bíblia seja válida como palavra de Deus…”, contou Saada.
O ex-terrorista diz que a conversa foi tão intensa, que perdeu a consciência por um instante. “ “A próxima coisa de que me lembro é estar de joelhos e com minhas mãos levantadas, convidando Jesus”, testemunhou Saada.
Entretanto, a história de transformação tinha apenas começado, segundo ele. “Esse amigo disse que para ter a paz que ele tinha, eu teria que amar os judeus. Fiquei frio. Ele sabia o quanto eu odiava os judeus”, relembra, antes de dizer que aos poucos, deixou o ódio de lado e começou a olhar para Israel de outra maneira.
No livro “Once An Arafat Man” (“Um Antigo Homem de Arafat”, em tradução livre), Saada conta seu testemunho, e fala sobre sua nova visão a respeito do conflito entre judeus e palestinos.
“Não acredito na solução de dois estados porque acredito que essa terra pertence aos judeus. Não pertence a nós. Mas por outro lado, acredito que temos o direito de viver nessa terra”, afirmou.
Agora, o ex-terrorista atua num projeto social fundado por ele, chamado “Seeds of Hope” (Sementes da Esperança), ajudando conterrâneos na Cisjordânia e na faixa de Gaza, e diz que muitos adeptos do islã estão se convertendo ao cristianismo: “Milhões de muçulmanos em todo o mundo, especialmente na Arábia Saudita, em Qatar, em todas as 12 nações de Ismael, há muitas conversões”, revelou.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Dona do maior cabelo do mundo afirma não ter coragem de cortar






A mulher que detém o recorde mundial do Guinness de maior cabelo do mundo afirma que não tem coragem de cortá-los, mesmo após a indicação de médicos. Segundo eles, o peso que ela precisa carregar na cabeça para mantê-los pode fazer com que ela fique paralisada.

Asha Mandela, mora na Geórgia, e explica que o cabelo se tornou parte de si. "É minha vida. Eu nunca vou cortá-lo","o corte seria como um suicídio", alega, Asha. A mulher de 47 anos tem o recorde mundial do Guinness com os mais longos dreadlocks. As tranças foram medidas na última semana, atingindo a marca incrível de 16,9 metros. 

Asha gasta dois dias para lavar e secar todo o cabelo. Segundo médicos, o cabelo pode causar infecção bacteriana e gerar graves problemas na espinha dorsal. Eles acreditavam que o peso que ela precisa carregar diariamente está gerando uma curvatura nessa parte do corpo, o que pode até deixá-la sem andar.

Ela é casada e tem um filho de 11 anos e afirma que os cabelos nunca geraram problemas em sua vida íntima. A mulher cultiva o cabelo há 25 anos, após o que ela conta ter sido um "chamado espiritual".

Autoflagelo: fiéis da seita do reverendo Moon ateiam fogo em si mesmos

Autoflagelo: fiéis da seita do reverendo Moon ateiam fogo em si mesmos
Membros da Igreja da Unificação, fundada pelo falecido reverendo Moon, atearam fogo em si mesmos na Coreia do Sul.
O ato de autoflagelo foi realizado por três integrantes da seita na última quinta-feira, 22 de agosto, dias antes do aniversário de morte do reverendo Sun Myung Moon.
De acordo com a agência de notícias Yonhap, as duas mulheres e um homem estavam num centro da seita localizado em Gapyeong, a leste da capital Seul, quando atearam fogo nos próprios corpos.
Os três fiéis da Igreja da Unificação sofreram queimaduras graves, e dois deles permanecem com estado de saúde considerado delicado. O motivo da tentativa de suicídio não foi explicado.
Os três sofreram queimaduras graves e dois deles estão em estado grave, acrescentou.
O reverendo Moon morreu aos 92 anos no dia 3 de setembro de 2012, e sua seita é seguida por fiéis em diversos países, incluindo Estados Unidos e Brasil.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Jornalista diz que Globo está fazendo merchandising pró-aborto

Jornalista diz que Globo está fazendo merchandising pró-abortoO jornalista Reinaldo Azevedo, da revista Veja, contestou o episódio da novela “Amor à Vida”, da Rede Globo, em que os personagens fazem apologia a descriminalização do aborto.

Azevedo mostra diversos dados que comprovam que a conversa entre a enfermeira e o médico da novela fornecem informações mentirosas aos telespectadores.
O jornalista chega a dizer que o episódio ofende sua inteligência por tentar convencer os telespectadores de que o aborto precisa ser aprovado para impedir que mulheres, na visão da enfermeira mulheres pobres, morram vítimas de procedimentos mutiladores em clínicas clandestinas de aborto.

“O número de mortes maternas, no Brasil, está abaixo de 2.000 por ano! Atenção! Estou me referindo à morte de mulheres em decorrência da gravidez. O aborto, segundo dados do DataSUS, corresponde a 5% dessas mortes”, esclarece o jornalista.

Para Azevedo o autor da novela e a emissora tentaram fazer um merchandising ideológico pró-aborto, mas essa não seria a única ideologia que a Globo estaria com interesse de difundir. A outra ideologia seria a demonização da religião, já que na cena um médico que é muçulmano se negou a atender a mulher.

“Aquele médico que se negou a atender a paciente que chegou morrendo, exibido na novela, não existe. Criou-se uma caricatura para, no fundo, demonizar o discurso religioso”.

O colunista da Veja lembra que o discurso entre os personagens jamais aconteceria na vida real o que deixa claro a intenção da emissora carioca em ridicularizar pessoas religiosas.

“Existem médicos às pencas que são agnósticos, mas que se recusam a praticar o aborto mesmo nos casos em que ele é legalmente permitido. O Código de Ética Médica lhes assegura o direito de alegar objeção de consciência.” Quando isso acontece, o médico encaminha o paciente (autorizado a fazer o aborto) para um outro médico que não tenha objeções em praticar tal ato. Leia o artigo na íntegra aqui.

Fonte Diário Gospel

Guerra na Síria resulta na conversão de milhares de muçulmanos a Jesus

Em meio à tristeza pelos mortos, a esperança na vida eterna se fortalece
Guerra na Síria resulta na conversão de milhares de muçulmanos a JesusGuerra na Síria resulta na conversão de milhares de muçulmanos a Jesus
Nos últimos meses a guerra civil na Síria matou mais de cem mil pessoas desde seu início, em março de 2011. Também fez com que quase dois milhões fugissem do país, refugiando-se nos países vizinhos. Algumas agências humanitárias acreditam que o uso de armas químicas na semana passada pode ser um divisor de águas. Ou as Nações Unidas interveem e põem um fim ao conflito ou o número de refugiados sairá de controle.
Em média, cerca de 3000 refugiados saem diariamente pelas fronteiras da Síria. Entre as agências de socorro, existem ministérios cristãos que estão trabalhando para aliviar o sofrimento dos sírios. A rede cristã CBN visitou o trabalho no Vale de Bekaa, no Líbano, onde se concentra a ONG evangélica “Coração pelo Líbano”. Ali existe uma liberdade religiosa impensável para os que fugiram para o também vizinho Iraque.
Embora o foco sempre foi a evangelização de libaneses muçulmanos, nos últimos 18 meses eles se voltaram inteiramente para anunciar a esperança cristã para os sírios. Citada na Bíblia como um dos inimigos de Israel, hoje os seguidores de Jesus são menos de 10% dos 22 milhões de habitantes da Síria. Ela figura entre os 10 países que mais perseguem os cristãos no Oriente Médio, segundo a avaliação anual do ministério Portas Abertas.
A ONU relata que 650 mil refugiados sírios vivem hoje no Líbano. Isso significa que uma em cada seis pessoas no país é um refugiado sírio. Obviamente, isso causa imensos problemas sociais. Se não fosse a intervenção de organizações como a “Coração pelo Líbano”, eles já teriam morrido de fome ou sede. Alguns chegaram lá apenas com a roupa do corpo. Na Jordânia eles são 515 mil, número que equivale a quase 10% da população.
Esta é a pior crise humanitária no mundo de hoje. Ninguém sabe quanto tempo a guerra ainda irá demorar e todos os refugiados querem voltar para casa e saber notícias dos seus familiares e amigos que ficaram para trás.
Em meio à tristeza pelos milhares de mortos e feridos, a esperança na vida eterna se fortalece. As agências cristãs têm oferecido ajuda material, emocional e, acima de tudo, espiritual. Os muçulmanos estão ouvindo o evangelho livremente, alguns pela primeira vez na vida. São muitos os testemunhos de conversões.
Fátima é uma menina tímida de dez anos de idade. Atualmente vive em uma barraca com as duas esposas de seu pai, e os 15 membros de sua família. Nawal, missionário da Coração pelo Líbano explica: “Fátima ganhou mais confiança. Ela fala com seus amigos e professores com mais facilidade e sabe que Deus a ama incondicionalmente. Sua fé em Deus ajudou-a a confiar em suas próprias habilidades e a ajudou a superar as adversidades”.
Mohssen, de seis anos, é um dos estudantes que recebem alimentos doados pelos missionários. Além de aprender a ler e escrever, também ouve diariamente histórias bíblicas. Sua mãe diz que ele mudou muito.
Esses são apenas alguns exemplos dentre as crianças sírias que têm aprendido músicas, jogos e ouvido lições bíblicas. As famílias atendidas pelos missionários são gratas pela alimentação recebida, mas os adultos são mais resistentes ao ouvir falar de outra religião além do islamismo.
Mesmo assim, mais de 25 mil Bíblias e 15 mil Novos Testamentos foram distribuídos aos interessados este ano, divulgou a Christian Aid, outra missão cristã que trabalha junto aos refugiados. Além disso, todos têm aceitado as orações feitas em nome de Jesus, que para os muçulmanos é um importante profeta. Esse tipo de trabalho seria impossível na Síria em outros tempos. Uma das maiores preocupações é discipular os milhares de novos convertidos para que eles se mantenham firmes após voltarem para casa com o fim da guerra.
Contudo, a longa duração do conflito tem deixado as missões preocupadas. Muitas delas estão no limite, já tendo investido todo o dinheiro que dispunham. Por outro lado, cada vez mais surgem refugiados cristãos, que contam como foram obrigados a deixar o país.
Conforme revela um pastor sírio: “Sendo cristãos ouvimos abertamente que não há mais lugar para nós, e somos atacados por ambos os lados (governo e rebeldes). Sentimos muito medo”.
Semelhantemente ao que ocorre no Egito, durante a guerra entre os que apoiam e os que se opõe ao governo, o país se tornou uma terra sem lei, o que motiva os extremistas islâmicos a perseguir matar cristãos indiscriminadamente. Com informações de CBN, CS Monitor, JNS e Christian AID.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Pastor diz que filmou anjo visitando sua casa

Material gera debate sobre intromissão de agentes divinos na terra
Pastor diz que filmou anjo visitando sua casaPastor diz que filmou anjo visitando sua casa
Anunciar que o sobrenatural foi filmado sempre é algo que chama atenção. Em setembro de 2011 a imagem de um “anjo” filmada pela câmera de segurança de um shopping center na Indonésia circulou o mundo.
Na época, recebeu atenção da mídia do país que possuía maior população muçulmana do mundo. A filmagem original foi postada no site cristão Jornal da Nova Aliança.
Embora existam literalmente milhões de comentários sobre o assunto na internet, nenhuma explicação razoável para o que se vê nas imagens foi apresentada pelos críticos. Há desde quem alegue ser meramente uma montagem como quem afirma que trata-se um alienígena. O fato é que para os cristãos da Indonésia, marcados pela perseguição, a imagem teve um significado especial. Foram cerca de 8 milhões de visualizações desde então.
Sabe-se que não é possível acreditar em tudo o que é postado na internet, contudo, quando um conceituado órgão da imprensa dá espaço ao assunto, a questão é vista de outra maneira. O fato é que esse tipo de imagem suscita novamente a discussão de como os agentes divinos na Bíblia agem na Terra e como isso pode colaborar para a pregação do Evangelho.
O assunto voltou a chamar atenção nos últimos dias nos EUA. O pastor Charles Shelton contou ao canal 13, da Rede de TV CBS, do Estado de West Virginia, que filmou um anjo pelas câmeras de segurança de sua casa.
Ele conta que acordou às três da manhã com uma forte sensação que Deus o estava chamando. Shelton saiu da cama, desceu as escadas e foi até o sofá da sala, onde orou durante cerca de 30 minutos pelo seu bairro, West Side, e pelos muitos viciados em drogas que vivem ali. O tempo todo pediu que Deus intervisse milagrosamente em suas vidas.
Logo em seguida, o pastor disse que sentiu-se atraído para um dos monitores do sistema de segurança de sua casa. Ele viu uma “esfera” brilhante de luz que passou através de uma parede, imediatamente diz que o brilho encheu todo o quarto onde ele estava.
“Fiquei surpreso”, disse Shelton. “Mas o Senhor me revelou que este era o seu anjo e sua presença.”
O grande círculo de luz parece entrar duas vezes em sua sala de estar. O fato ocorreu dia 4 de agosto, mas somente semanas depois ele começou a contar as pessoas, logo alguém contatou a emissora de televisão, que divulgou sua história no noticiário do dia 21.
“A criminalidade vem crescendo no bairro há muito tempo”, disse ele. “Você ouve falar sobre tiroteios, assassinatos e vandalismo. Quando alguém vê um anjo, por que não podemos falar sobre isso? Orei pela presença de Deus no bairro. Não importo com o que dizem os críticos, sei o que aconteceu”.
Shelton trabalha em uma empresa de entregas e faz um trabalho evangelístico itinerante, visitando muitas igrejas da região. Casado com Helen, que trabalha na biblioteca da Universidade de Medicina da cidade, ele são pais de Charles Shelton Jr. um baterista que além de tocar na igreja, já se apresentou por todo o país. O pastor conta tem trabalhado por vários anos no ministério e está escrevendo um livro sobre batalha espiritual.
Próximo de completar 48 anos, no início de setembro, ele diz ter visto anjos em duas ocasiões anteriores em igrejas. Mas acredita que esse vídeo irá dar mais credibilidade quando falar sobre as suas experiências com o mundo espiritual.
“Eu não estou fazendo isso para chamar atenção”, disse ele. “Mas as pessoas precisam saber que anjos existem.”
Quando perguntado o que achava que tudo isso significa, ele é enfático: “Acredito que isso mostra que o Senhor vai trabalhar naquele bairro. Sabemos sobre o crime e sobre as drogas nessa área. Eu creio que o Senhor quer limpar o bairro e está enviando Seus anjos para cá. Eu acredito que é hora de as pessoas saberem que precisamos dessa ajuda. A polícia não pode fazer tudo. Os vizinhos não podem fazer tudo. Mas em quem você confia? Eu confio no Senhor e ele vai fazer isso”.
Shelton disse ainda que a experiência serviu para fortalecer a sua fé. “É sempre bom lembrar que, quando eu oro, o Senhor ouve a minha oração”. “Sabe, eu não olhei para fora. Estava muito impactado… fiquei surpreso com aquela forte luz! Eu só pensava “cara, isso deve ser a presença do Senhor. No final eu disse apenas: ‘O Senhor me surpreendeu novamente”.
Embora os críticos digam que é fácil explicar a luz e outros digam que se trata de uma edição, o pastor Shelton diz que guardou as imagens originais e pode fornecer cópia a todos que estejam interessados em analisá-las. Com informações Daily Mail, WND e WowkTV
Assista:
por Jarbas Aragão em gospel prime
http://noticias.gospelprime.com.br/video-pastor-anjo-sua-casa/

Deputado Pastor Eurico rebate comparações de Jean Wyllys entre igrejas e narcotráfico: “Deveria ter pudor e não falar dos cristãos com sua boca podre”; Assista

Deputado Pastor Eurico rebate comparações de Jean Wyllys entre igrejas e narcotráfico: “Deveria ter pudor e não falar dos cristãos com sua boca podre”; Assista
O deputado federal Pastor Eurico (PSB-PE) discursou na última quinta-feira, 22 de agosto, no plenário da Câmara dos Deputados contra declarações feitas por Jean Wyllys (PSOL-RJ) a respeito das igrejas evangélicas e dos parlamentares eleitos através do voto dos fiéis dessas denominações.
Usando uma matéria publicada por este portal, e que repercutia a entrevista dada por Wyllys ao jornal do Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFEMEA), em que o parlamentar e ativista gay equiparava as ações das igrejas evangélicas às ações do narcotráfico e milícias, com o objetivo de substituir o Estado.
O Pastor Eurico criticou duramente seu colega parlamentar, dizendo que as colocações feitas por Wyllys eram “terríveis”, e que os argumentos usados por ele para condenar a pregação cristã contra a homossexualidade provam “a incompetência e incapacidade teológica e histórica dele”.
Sobre as críticas de Wyllys às igrejas evangélicas dizendo que estas “comercializam a fé”, Pastor Eurico rebateu o ex-BBB dizendo ele não foi justo em suas palavras: “Isso não é verdade. Ninguém comercializa a fé. Se alguém doa para as igrejas, doa de livre e espontânea vontade, é questão pessoal”.
“Já que ele exige que se respeite a ele e aos seus seguidores como pessoas, que nós evangélicos também sejamos respeitados em tudo que fazemos. O direito é igual para todos”, afirmou o pastor.
Eurico disse ainda em seu discurso que, ao sugerir que as denominações evangélicas tinham se organizado de forma a ocupar o poder, Wyllys “agride” as igrejas: “Não houve estratégia para começar com vereador, depois deputado estadual e federal. Esse que aqui fala nunca foi político”, ilustrou o pastor.
O ataque a Wyllys foi duro quando o Pastor Eurico se referiu às bandeiras políticas do deputado: “O que é que ele defende aqui? Ele defende a pornografia, a legalização das drogas, do aborto, o uso indiscriminado da maconha… É isso que ele faz aqui. Usando o mandato para isso, desrespeitando os evangélicos nesse país. Por outro lado, de onde ele veio? Veio de um programa pornô que existe na Rede Globo, denominado Big Brother, que o promoveu… Chegou aqui com ínfimos votos, e agora quer agredir a comunidade evangélica no Brasil?”.
O Pastor Eurico comentou ainda que as afirmações de Jean Wyllys de que as igrejas evangélicas estariam formando um “Estado paralelo” semelhante ao modelo que milícias e o narcotráfico tentam estabelecer, por oferecer assistência social aos menos favorecidos em locais que o governo não providencia.
“Brasileiros e brasileiras, evangélicos deste Brasil… Milícias? Narcotráfico? Equiparar igrejas a milícias, ao narcotráfico? Isso é um desrespeito. Isso é uma falta de consideração. Ele deveria ter pelo menos o pudor de não colocar o nome ‘igrejas’ em sua boca podre que desrespeita a sociedade cristã desse Brasil. Queria que ele estivesse aqui para me ouvir. Ele precisa saber que aqui tem deputado que não tem medo das afrontas dele, das ameaças dele”, esbravejou o Pastor Eurico.
A respeito da proposta de legalização da prostituição defendida por Wyllys, o Pastor Eurico afirmou que a ideia dele é “bagunçar o Brasil”, pois se aprovado, o projeto pode resultar num aumento do tráfico de pessoas: “É uma afronta. Como se não bastasse [ele] estar lutando pela redução da maioridade sexual (isso é uma pré-legalização da pedofilia no Brasil) a indústria do sexo quer uma legislação que os favoreçam. Mas nós estamos como atalaias para dizer para todos que nos colocaram aqui, que aqui tem homens que se preocupam com isso”.
Assista a íntegra do discurso do deputado Pastor Eurico:
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Ministro Marcelo Crivella lidera pesquisas de intenção de voto para o governo do Rio de Janeiro

Ministro Marcelo Crivella lidera pesquisas de intenção de voto para o governo do Rio de Janeiro
O senador licenciado e ministro da Pesca Marcelo Crivella (PRB-RJ) lidera as pesquisas de intenção de votos para o governo do Estado do Rio de Janeiro nas eleições do próximo ano.
Bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, Crivella foi apontado como preferido para ocupar o Palácio das Laranjeiras por 23% dos eleitores ouvidos na pesquisa, realizada pelo Instituto Gerp.
O ex-governador Anthony Garotinho (PR) aparece em segundo lugar, com 12,8% das intenções de voto dos fluminenses, e em terceiro, o senador Lindbergh Farias (PT), com 7,9%.
Figuras políticas com mais apelo regional do que nacional, os pré-candidatos Cesar Maia (DEM) e Luiz Fernando Pezão (atual vice-governador, PMDB) aparecem em quarto e quinto lugares respectivamente, com 7,5% e 6,1%.
De acordo com o jornal O Dia, a pesquisa espontânea demonstrou alto desinteresse dos eleitores do Rio de Janeiro na disputa para o governo. Quando não foram apresentados nomes aos entrevistados, apenas 8% disseram ter políticos em quem gostariam de votar.
infografico pesquisa eleicao rj
Por Tiago Chagas, para o Gospel+