sábado, 25 de janeiro de 2014

Pastor Silas Malafaia comenta possibilidade de beijo gay no último capítulo de Amor à Vida: “Globo abre um canal com os evangélicos por um lado, e fecha do outro”

Pastor Silas Malafaia comenta possibilidade de beijo gay no último capítulo de Amor à Vida: “Globo abre um canal com os evangélicos por um lado, e fecha do outro”
A novela Amor à Vida se encaminha para o final e depois de ser o folhetim global com menor índice de críticas dos evangélicos nos últimos anos, ameaça causar grande indignação no público que se esforçou para conquistar.
O autor, Walcyr Carrasco, promoveu verdadeira reviravolta na novela, redirecionando os rumos do vilão Félix e tornando-o uma espécie de malfeitor arrependido, que busca reparar seus erros.
Essa redenção do personagem, que é gay, o aproximou de outra figura, o dono de restaurante Niko, que também é homossexual e passou toda a novela tentando formar uma família com seu parceiro e encomendando um bebê numa barriga de aluguel.
Carrasco vem escrevendo os capítulos a fim de tornar a amizade de Félix e Niko num relacionamento, e a possibilidade de ambos protagonizarem o primeiro beijo gay das novelas da TV Globo, incomodou o pastor Silas Malafaia, o principal interlocutor do público evangélico com os executivos da emissora.
“A Globo tenta abrir um canal com os evangélicos por um lado e fecha por um lado. A Rede Globo é a emissora campeã no país de promoção da causa gay”, comentou o pastor, em entrevista a Lauro Jardim.
A homossexualidade é um dos temas mais espinhosos para cristãos na atualidade, e um beijo gay na principal novela da emissora seria encarado pelas lideranças cristãs como uma declaração de guerra.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário