terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Um “raio de esperança” surge para que pastor Saeed Abedini saia da prisão

Segundo a ACLJ, o ministro de Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, sugeriu que a clemência poderia ser uma opção para Abedini.

pastor-saeed-abedini-famíliaUm funcionário iraniano ofereceu recentemente um “raio de esperança” ao pastor americano Saeed Abedini, que se encontra preso em uma das prisões mais brutal do Irã. Ele pode ser posto em liberdade, segundo informou o Centro Americano para a Lei e Justiça (ACLJ).

Em entrevista à CNN, à margem do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, o ministro das Relações Exteriores respondeu a uma pergunta direta sobre o Pastor Abedini.

“Temos várias medidas de clemência no Irã que podem ser introduzidas, aconteceu no passado, podem ser introduzidas de novo nesses casos.”, disse ele.

Saeed está com ferimentos internos por causa das surras que recebeu no inicio de sua prisão. A ele foi negado medicação até a pouco tempo.

Zarif continuou dizendo que a decisão não depende dele, mas do Poder Judiciário do Irã.
Enquanto isso, Abedini foi movido da “ala de assassinos” para uma sala de prisioneiro políticos na prisão de Rajai Shahr, a mais mortal do Irã.

A preocupação com a deterioração de sua saúde está crescendo. A família iraniana de Abedini, que recentemente pode visita-lo pela primeira vez em seis semanas, disse que ele está recebendo melhores alimentos, mas está passando por uma forte dor abdominal grave.

O ACLJ pediu ao governo dos EUA para que sua liberdade seja uma prioridade.

“Quando o governo Obama se recusou até mesmo a pedir a libertação do Pastor Saeed durante as negociações com o Irã, perdemos uma oportunidade crítica para a liberdade.”, disse a ACLJ.
Portal Padom

http://padom.com.br/um-raio-de-esperanca-surge-para-que-pastor-saeed-abedini-saia-da-prisao/

Nenhum comentário:

Postar um comentário