sábado, 14 de junho de 2014

Silas Malafaia desaprova xingamentos à Dilma durante abertura da Copa

Para ele não é possível aceitar ofensas de tão baixo nível para a pessoa que ocupa o maior cargo do país
Silas Malafaia desaprova xingamentos à Dilma durante abertura da Copa 

Para ele não é possível aceitar ofensas de tão baixo nível para a pessoa que ocupa o maior cargo do país

Durante a abertura da Copa do Mundo, na última quinta-feira (12) a presidente Dilma Rousseff foi xingada pelos torcedores que gritaram, em coro, alguns palavrões.
A notícia foi comentada por diversas autoridades políticas, tanto pelos candidatos à presidência do Brasil, como por jornalistas e colunistas da imprensa brasileira. O pastor Silas Malafaia também comentou o caso e, apesar de ser um crítico ao governo de Dilma Rousseff, desaprovou a atitude da torcida que estava na Arena Corinthians, zona leste da capital paulista.
Malafaia tentou ensinar que tudo tem um limite e que ofender a presidente é diferente de protestar nas ruas contra a corrupção do governo e sobre os valores gastos com a Copa.
“Não é simplesmente xingar uma pessoa, e sim menosprezar o mais alto cargo que nos representa”, afirmou ele em seu site, o Verdade Gospel.
“Fazer manifestações contra os gastos bilionários da copa do mundo, realizar manifestações contra a corrupção do governo, são questões de direitos de cidadania, mas como disse ainda pouco, tudo tem um limite”, completou.
O pastor presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo entende que assim como o quebra-quebra nas ruas, os xingamentos à presidente passam do limite aceitável.
“Como não podemos aceitar quebra-quebra, também não podemos aceitar que a figura da presidente da república seja ofendida no nível que foi no jogo de abertura da copa do mundo. Mil vezes não! Isto não é coisa de gente que quer ter direitos e participar de um estado democrático pleno.”

por Leiliane Roberta Lopes
Fonte; GOSPELPRIME
http://noticias.gospelprime.com.br/silas-malafaia-xingamentos-dilma-rousseff/

Nenhum comentário:

Postar um comentário