quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Marina chora ao dizer que 'passou fome, meus pais não tinha o que comer um ovo para alimentar oito filhos.

                               Na TV, Marina diz que 'passou fome' 

A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, durante campanha em Fortaleza
A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, durante campanha em Fortaleza (Ivan Pacheco/VEJA.com)
A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, exibiu na TV nesta terça-feira um discurso em tom emotivo no qual avisa à presidente-candidata, Dilma Rousseff (PT), que não acabará com o Bolsa Família porque sabe o que é "passar fome". A estratégia dos marqueteiros de Marina, que dedicaram todo o horário eleitoral da noite ao recado, é estancar a onda de boatos segundo os quais ela excluirá o programa de transferência de renda se for eleita. Com a voz embargada, Marina dirigiu-se à petista durante comício em Fortaleza (CE): "Dilma, fique ciente, não vou lhe combater com as suas armas. Nós vamos manter o Bolsa Família. E sabe por quê? Porque eu nasci lá no Seringal Bagaço (AC). Eu sei o que é passar fome. Tudo o que minha mãe tinha para oito filhos era um ovo e um pouco de farinha e sal com umas palhinhas de cebola picada", disse Marina. "Eu me lembro de ter olhado para o meu pai e minha mãe e perguntado 'vocês não vão comer?'. Minha mãe respondeu 'nós não estamos com fome', e uma criança acreditou naquilo. Eu depois entendi que eles há mais de um dia não comiam. Quem viveu essa experiência jamais acabará com o Bolsa Família. Não é um discurso, é uma vida". (Felipe Frazão, de São Paulo)




Fonte veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário