sexta-feira, 14 de julho de 2017

COMBATI O BOM COMBATE E GUARDEI A FÉ (REFLEXÃO)

Agora enquanto você navega, ouve nossa programação online, Deus abençoe sua vida e muito obrigado por acessar, rádio Gideões aqui

"Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.”.
O apóstolo Paulo está chegando ao final de sua vida. Olha para trás e faz um balanço de tudo o que se passou. Verifica que muita coisa havia sido feita. Muitas almas ganhas para o Senhor, várias igrejas levantadas e a sã doutrina havia sido impartida com as igrejas. Neste texto ele destaca alguns pontos importantes para nossas vidas. Em primeiro lugar ele diz que: “combati”. A idéia é de uma luta bem renhida e constante. Combateu pela causa de Cristo e gastou sua vida nisso. Ele havia combatido. Em momento algum vemos o apóstolo reclamando de seu combati na vida. Também não o vemos amarrando demônios em possíveis batalhas espirituais, mas pelo contrário, ele afirma em I. Cor. 9:27 "Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado". Para Paulo e o autor do livro de Hebreus a vida cristã era igualada a uma corrida de longo alcance. Era necessário ter concentração, resistência e graça.
Em segundo lugar fala sobre o “bom combate”. Combateu o combate correto. Desgastou-se naquilo que valia a pena. Nem todo combate é bom combate. Aplicou suas energias na obra de Deus e esse mesmo Deus havia reservado para ele uma corôa de vitória. O que mais tenho visto em meu ministério são cristãos gastando energias naquilo que é improdutivo. Por exemplo: Disputa entre irmãos, a busca por defender seu nome e imagem etc. Estas e outras coisas somente nos fazem perder o alvo da obra de Deus neste mundo. A igreja foi colocada no mundo para anunciar a salvação em Cristo Jesus. Nada mais do que isso. Como corolário dessa pregação do evangelho virá uma sociedade transformada, uma melhoria nas relações humanas etc. Vejo cristãos se desgastando na busca desenfreada por dinheiro, posição social e reconhecimento e fazem disto seus alvos de oração. Um dos ensinamentos modernos que mais têm contaminado a igreja é o ensino sobre "semear sementes". Esta erva daninha tem estragado a lavoura de Deus, pois, muitos contribuem em busca de algo. Como se Deus fosse obrigado a fazer porque nós fizemos. Se temos de combater que combatamos o bom combati. Deus nunca se esquece daquilo que fazemos em Sua obra. Mas também disse: “acabei a carreira”. Deus tinha um plano na vida de Paulo e ele concluíra este plano. Não se desviara do alvo de sua vida. No caminho de Damasco Paulo teve uma experiência com Cristo e não perdeu de vista aquilo que lhe havia sido entregue. Que consciência do dever cumprido! Em nada havia sido negligente, mas em tudo trabalhara firmemente. Muitos ainda nem perceberam que Deus tem um plano em suas vidas. Que o Senhor espera algo deles. Vivem dia - após- dia lutando seus combates pessoais e buscando suas próprias carreiras, enquanto o que o Senhor planejou fica para trás. Falta-nos este senso de objetividade na vida. Saber que temos uma carreira a ser cumprida e que precisamos terminá-la ainda nesta vida. Que não nos arrependamos no final de nossas vidas, ao olharmos para traz e ver que muito ficou por ser feito. Só temos esta vida para cumprir aquilo que o Senhor traçou para nós. Esse é o bom combati.

Paulo conclui seu pensamento com a afirmativa: “guardei a fé”. Apesar das lutas e desafios Paulo manteve a fé. Fé conforme disse Judas que uma vez foi entregue aos santos. Fé que expressa sua confiança em Cristo como uma doutrina sadia. Não precisamos sacrificar a Sã Doutrina porque passamos por lutas e provações. Serão a doutrina correta e a graça de Deus nossos sustentáculos durante os combates desta vida. Eles nos garantirão a vitória.

Meu irmão apesar de tudo resta-nos o bom combate, resta-nos concluirmos a carreira e nunca abandonarmos a fé.
A VITÓRIA É PARA O QUE COMBATE O BOM COMBATE.

Soli Deo Gloria

Um comentário: