sexta-feira, 30 de maio de 2014

Meu casamento não tem jeito, devo me divorciar?

        
Divorcio1Existem entre nós multidões de irmãos e irmãs que enfrentam problemas em seu casamento. Alguns dos posts mais lidos do APENAS são justamente aqueles que se referem a casamentos infelizes, uma prova de que a coisa não vai bem e o povo de Deus está ávido por orientação e consolo nessa área. Lamentavelmente, ser cristão não nos dá passaporte automático para a felicidade matrimonial. O aspecto que considero o mais triste de tudo é que, muitas e muitas vezes, irmãos e irmãs consideram que a saída mais “fácil” para seus dramas conjugais é o divórcio. Embora cada vez mais o divórcio venha se difundindo no seio da Igreja, nada me convence que essa seja a alternativa preferida do Senhor para um matrimônio em crise. Jamais você ouvirá de mim uma recomendação para que se divorcie.

Acredito na restauração. Acredito que o poder de Deus é capaz de pegar o relacionamento mais devastado do mundo e reconstruí-lo, fazer com que seja funcional e feliz novamente. O próprio Jesus afirmou: “Para Deus todas as coisas são possíveis” (Mt 19.26). Então ou acredito em Cristo ou não acredito. E, se ele garantiu que é possível para Deus fazer tudo, eu creio que é possível ele restaurar todo e qualquer casamento.

Divorcio2No entanto, por mais que a Bíblia afirme certas verdades, muitos de nós sempre têm um “porém” quando se trata de sua vida em particular. Quando alguém me pergunta se deve se divorciar ou não e eu digo que deve lutar pelo casamento, que deve ter fé na restauração por Cristo, ouço com uma frequência enorme coisas do tipo “Ah, você diz isso porque não conhece meu marido”, “Mesmo depois que tudo o que minha esposa aprontou?”, “Sei que Deus pode, mas no meu caso não tem jeito”, “Eu acho que não casei no Senhor”, “Já profetizaram que ela não era a escolhida de Deus para mim”, “Depois de tudo o que eu sofri não tem volta”. As justificativas são muitas. E todas elas trazem em si duas características: despem Deus de sua onipotência (pois carregam em si a ideia de que, naquele caso, o Senhor não tem como resolver), e buscam no divórcio a solução. Mas Deus pode todas as coisas (Mt 19.26), odeia o divórcio (Ml 2.16) e ama a família (Mt 19.6). Portanto, acredito firmemente que o caminho divino para todo casamento é sempre a restauração – mesmo nos casos de práticas sexuais ilícitas, para os quais Jesus abre a possibilidade de separação (Mt 5.31-32).

Você, nesse momento, pode olhar para sua vida e comentar: “Ah, Zágari, falar é fácil”. E é  verdade, falar é fácil. Mas, então, eu gostaria de lhe dar esperanças sem falar muito mais. O que passo a fazer a seguir é simplesmente reproduzir uma troca de e-mails que tive com uma irmã. Ela me procurou com uma crise aguda em seu casamento. Com a autorização dela e de seu marido, mostro a seguir o que aconteceu em sua vida e em seu matrimônio, na esperança de que essa história real ajude você naquilo que for preciso. Existem muitos elementos no caso dela com que você pode se identificar e a minha esperança é que o relato a seguir (que é longo, peço desculpas por isso, mas não tinha jeito) venha a impactar a sua vida.

Três observações: 1. Para este post não ficar enorme, tive de encurtar alguns trechos, indicados por “[...]“. 2. A irmã será mantida no anonimato e informações que poderiam levar à sua identificação serão ocultadas ou alteradas. 3. Nos momentos em que a irmã se refere a mim com palavras elogiosas, isso não tem nenhum sentido de autoexaltação e peço encarecidamente que, se você está em crise no seu casamento, não procure conselhos meus: vá ao seu pastor e, acima de tudo, a Deus. Eu não faço milagres e não tenho absolutamente nenhum poder de restaurar lares: só o Senhor tem. Por favor, não veja em mim ninguém especial nesse sentido, não me peça aconselhamento: Deus comissionou a sua alma ao seu pastor, é ele quem deve tratar de sua vida. Sou apenas uma ovelhinha, balindo pela internet. Tendo dito isso, passemos ao diálogo:

div3 IRMÃ:

“Bom dia, irmão Maurício! [...] Li seu artigo sobre casamentos infelizes, e infelizmente, me identifiquei com todos os casos ali citados, porém, meu caso é bem pior… [...] Casei-me há X anos, depois de X anos de namoro. Tenho um filho de X anos, que é a nossa felicidade e pelo qual lutamos arduamente pra manter nosso casamento porque queremos dar a ele uma referência de família estruturada. Quando eu namorava meu marido, nós brigávamos muito, por ciúmes, e ele chegou a me agredir severamente.

Neste meio tempo, conheci um rapaz, que foi o grande amor da minha vida. Mas, por pressão da família e pq achava que casar com meu marido atual seria mais seguro pra mim, aceitei o fato e me casei com ele. Íamos na igreja, fomos trabalhando, tivemos nosso filho….Mas esquecemos do nosso casamento. Ele sempre gritou comigo, me destratava na frente das pessoas…
Até que um dia, o antigo amor apareceu. E, quando o vi, todo aquele amor que guardei por X anos ressuscitou com força total e eu acabei traindo meu marido. Acabei contando pro meu marido, pois não podia esconder algo tão grave (ele havia visto um email meu pra uma amiga contando da traição, eu não tive alternativas e contei tudo pra ele….). Me arrependi, pedi perdão, pois sabia que havia pecado contra Deus e contra meu esposo. Ele ficou irado, se revoltou, mas me perdoou, só que vive me ameaçando, dizendo que, se encontrar com o outro, não sabe a reação dele.

Ele se transformou em um homem amargo, vive me policiando, desconfia dos meus olhares, não posso nem pensar em olhar pro lado, pra todo lugar que vou, tenho que avisar…perdi a minha liberdade, mas isso eu já previa desde a hora que contei pra ele… [...] num dia desses, me recusei deitar com ele…num ato de desespero, ele me pegou à força e me meu um tapa na cara, dizendo que isso servia para que eu acordasse pra vida…

Fiquei muito magoada, pois prometi à mim mesma que nunca mais ele colocaria a mão em mim pra me agredir…me revoltei e pedi o divórcio. Ele, arrependido, pediu perdão, mas eu, com o coração duro como pedra, não quis voltar atrás na minha decisão, pois estava em jogo meu ego, minha dignidade de mulher, o respeito…

Estávamos prontos a entregar nossos cargos na igreja, mas, meia hora antes da reunião, li o seu artigo…. de verdade, fiquei mais revoltada por estar de mãos atadas, mas esperançosa no Deus do impossível, pois vi que se eu quisesse agradar a Deus, terei que me sacrificar mas sei que Ele iria me dar um escape….

Mas confesso que amo o outro rapaz com todas as minhas forças (e o pior de tudo é que ele me espera, pois se divorciou da esposa dele pra ficar comigo…eu não pedi, ele fez pq quis)….mas sei que vai contra todos os princípios que acredito…e não sei o que faço…tô mais perdida que cego em tiroteio, perdida em meus sentimentos, meus princípios, em questão à vontade de Deus na minha vida, do pq que tenho que passar por tudo isso (lógico que sei que é consequência das minhas próprias escolhas, certas ou erradas)… O que é mais difícil é ter que aguentar olhar pra cara do meu marido, não tenho a mínima vontade de estar com ele, me deitar com ele….como manter o casamento assim né???”

RESPOSTA:

“Minha irmã, eu recomendo enfaticamente que vocês procurem seu pastor. Houve e há erros de todos os lados. Você errou, seu marido errou, esse rapaz errou. Está tudo uma grande confusão e é preciso retornar ao prumo. Isso só vai acontecer com abnegação, reconhecimento de erros e uma fidelidade inegociável à Palavra de Deus.

O que vejo pelo que você me disse é que falta muita coisa nessa história toda. Falta perdão. Falta amor. Falta arrependimento. Falta buscar Deus em primeiro lugar. Falta agir conforme o padrão bíblico de marido e mulher. Vocês precisam apagar essa confusão toda e recomeçar. Busque seu pastor. Converse com ele. Peça orientação. Peça oração. É um caso complexo demais para eu te aconselhar por email, minha irmã. Vocês precisam de muito mais que conselho: precisam de pastoreio, amparo e discipulado. E seu pastor é a pessoa para isso. [...] Mas tenha esperança: Deus faz o impossível. Se vocês se arrependerem e buscarem o Senhor, Ele vai consertar tudo. Tenha paz. Confie na graça. Realize as obras do Reino. É o que posso te dizer por este meio tão limitado.”

IRMÃ:

Pois é, Maurício….Eu e meu marido não achamos que o pastor saberá lidar com a nossa situação….Nossa comunidade é muito pequena, bem tradicional….Eu não quero expôr meu marido e nem ele a mim….Por isso não buscamos ajuda dentro na nossa igreja, pois será um “baque” muito grande….temos medo de escandalizar a comunidade e de servir de pedra de tropeço pra alguns…. E realmente falta muita coisa….faltou vergonha na minha cara rsrsrs….faltou temor a Deus…e qdo vi, o desastre já estava feito….Me arrependo do dia em que me encontrei com o outro…pois foi nesse dia que o pecado entrou na minha vida conjugal….Sei que a culpa de tudo isso foi minha…mas ficar me lamentando é pior….Mas não tenho coragem de abrir a situação pro meu pastor….”

RESPOSTA:

“Seu pastor não é um carrasco. Se ele exercer o ministério com zelo pastoral, antes de mais nada vai manter sigilo absoluto sobre o caso e não exporá nenhum de vocês a absolutamente ninguém. Nenhum cristão decente faria isso. Em segundo lugar, ele vai trabalhar para reconstruir o que foi destruído e não para condenar vocês. Se houve arrependimento e abandono do pecado, o que resta é a restauração. Se seu pastor não for confiável a ponto de poder pastorear vocês dessa maneira, recomendo que mudem urgentemente de igreja e procurem um pastor que entenda o seu papel – apascentar vidas e não afundá-las mais na lama. [...] Em oração por ti, minha irmã, na esperança da reconstrução.”

IRMÃ:

 Mauricio…isso é verdade. Vou conversar com meu marido. Lembre-se de nós em suas orações, mesmo que não nos conheça pessoalmente, precisamos muito, pois sei que Deus ouve e intercederá por nós. E eu vou orar não só pela restauração, mas também pelo seu ministério, que é muito edificante e confortante. Deus o abençoe, obrigada pelo auxílio muito benéfico num momento tão difícil pra mim….Confio que Deus é muito bom pra mim, que me mostrou seu artigo meia hora antes de entregarmos tudo…Sinto muita alegria na palavra de Deus e não poderia viver longe da casa de Deus…é isso que me sustenta e não me faz desistir de tudo….”

Depois de algum tempo, recebi o e-mail abaixo dela:

IRMÃ:

“Boa tarde, irmão Maurício,
Venho trazer notícias: conversamos com nosso pastor. Deus fez surgir a oportunidade e sabemos que é o cuidado Dele …. O pastor soube lidar com a situação (o meu medo era que ele NÃO soubesse lidar), abrimos tudo aquilo que havia acontecido e também o que sentíamos (como dizem por aí: lavamos a roupa suja ali mesmo) e ele nos aconselhou e vai continuar nos aconselhando. E nós, como casal, vamos lutar pra manter nosso casamento. Entendemos que precisamos da graça de Deus, do perdão mútuo e muita paciência. Sabemos que é um novo começo, como diz o artigo que escreveu…. Obrigada pelas orações (e continue orando, por favor) [...] Deus o abençoe ricamente….”
Aparentemente, a situação tinha melhorado, mas, então, recebi este e-mail:

div5IRMÃ:

“Paz do Senhor, irmão Maurício…lembra de mim? [...] Tenho algumas perguntas, espero que vc possa me ajudar, como irmão em Cristo….Tenho passado algumas situações referentes ao meu marido….ele não me perdoa pela traição, faz coisas absurdas, como me seguir o tempo todo, não tem mais confiança e vira e mexe discutimos…há meses que não temos relações sexuais, não da parte dele….da minha mesmo, pois não tenho um pingo de vontade, pois as coisas que ele anda fazendo, só tem me feito rejeitá-lo…

E depois disso, ainda tem mais um problema: ele está muito agressivo….um tempo atrás ele me deu um tapa na cara, sem mais, nem menos e outro dia agrediu nosso filho tão violentamente, que quase perdemos nosso filho pro conselho tutelar, pois a professora viu as marcas que ficaram sobre o corpo dele….nesse dia saí de casa com meu filho….E pra piorar tudo, ele escancarou o problema pra toda a liderança de nossa igreja, mas de um jeito agressivo e me expôs de uma maneira vergonhosa, relatando tudo à maneira dele, do ponto de vista dele….me chamou de mentirosa e etc…nem tive como me defender diante as acusações dele….pois eu só sabia chorar de vergonha e me senti humilhada…. nas nossas discussões ele me acusa de estar acabando com nossa família, diz que eu estou jogando a vida de todo mundo no lixo…[...]

A minha pergunta é: Se eu me separar dele, vou pro inferno? Quais as consequências que terei que arcar? Como fica meu ministério na igreja? O que faço eu diante de tudo isso, se meu coração só deseja ficar longe dele? Vou ser perseguida a vida toda, sendo julgada, se me separar ? Deus vai me condenar? me ajuda meu irmão…..”

RESPOSTA:

“Minha irmã, você e seu marido precisam voltar às bases da fé: amor e perdão. Sem isso, carregarão feridas pelo resto da vida. Separar-se não é a solução, vocês precisam de cura. Estão feridos, machucados, magoados. Divórcio será apenas mais um problema, até porque, como pai do teu filho, ele manterá contato pelo resto da vida com você.

Vocês precisam voltar ao básico: dialogo em vez de briga. Amor em vez de ódio. Perdão em vez de acusação. Você esta fazendo as perguntas erradas. Não tem que se perguntar o que acontece caso se separe, mas o que acontece se não amar, perdoar, restaurar. A Bíblia nos diz que Deus não perdoa os pecados de quem não perdoa o próximo. Você não está perdoando. Seu marido não está perdoando. Isso sim é grave. O perdão restaura a alma. Recompõe relacionamentos. Traz paz. A falta de perdão alimenta o ódio, nos afasta de Deus, nos assemelha ao Diabo.

Tente conversar e orar junto com ele. Como vocês se relacionarão sexualmente cheios de mágoa, rancor e ressentimento um com o outro? É preciso zerar tudo. Como? Pedindo perdão.  Perdoando. Conversando. Buscando aconselhamento em amor. Sua liderança não tem o direito de julgar ou condenar ninguém, tem de trabalhar no sentido de reconduzir vocês ao caminho de onde saíram.
Oro por você, minha irmã, para que tenha a sabedoria da mulher virtuosa de Pv 31. Lembre-se que a mulher sábia edifica o lar. Seja sábia. Aja e reaja com maturidade às ofensas de seu marido. Lembre-se que o filho de vocês ficará marcado pelo resto da vida pelo que vocês dois fizerem agora. Seja modelo para seu filho, por mais que seu marido não seja.

Recomendo que você assista junto com seu marido a essa pregação de Paul Washer, é magnífica e bíblica: http://youtu.be/uEugHA8R6qg. Faça a coisa certa, que não necessariamente é a mais fácil.”

IRMÃ:

“Acho que sou rebelde….pois sei de tudo que está na Biblia….e não consigo aceitar que tenho que escolher ficar com meu marido….Não tenho ódio, de verdade…perdoo o que ele anda fazendo….a única coisa é que não quero mais conviver com ele….Ele  não tem a alternativa de se separar de mim? Já que é a parte ofendida?”

RESPOSTA:

“E por que vc quereria isso? Celibato eterno? Biblicamente não é o melhor.”

IRMÃ:

“Difícil…..mas entendo que seguir Jesus nunca seria fácil….Que Deus me ajude e me direcione…acredito que Deus é um Deus de milagres…..mas sinceramente, não sei se Deus vai conseguir trabalhar em mim…pois reconheço que sou muito dura de coração…:(
Agradeço suas palavras  e conselhos Mauricio…ore por mim, por nossa família…. Deus continue abençoando sua vida…Continuo lendo seus posts….aliás, são muito abençoados e abençoadores! Paz esteja contigo e sua família…”
Finalmente, após muito tempo sem ter notícias, semana passada recebi este e-mail da irmã:

div1IRMÃ:

“Bom dia, irmão Mauricio
Venho trazer notícias, boas notícias…
A tempestade passou, e confesso. ..que tempestade tenebrosa!
Conseguimos passar por ela, não ilesos, mas com certeza, mais maduros e com a certeza do grandioso amor de Deus.
Hoje entendo que estive cega, nas mãos do inimigo, satisfazendo as vontades dele e quase perdi o meu maior tesouro:  minha família.
Mas Deus nos resgatou, me resgatou e estou vivendo a volta ao meu primeiro Amor.
E você é parte contribuinte de todo esse processo, junto com muitos outros irmãos que se juntaram nesta causa.

 E acredito que Deus sorriu quando decidimos voltar atrás e reconstruir nossa família.
Que Deus sorriu quando Ele estava pegando meus pecados e lançando ao mar do esquecimento diante ao meu arrependimento.

 Nós somos feitos à semelhança Dele…então…Ele sorri,  como nós. ..como eu sorrio agora, porque vejo o sorriso do meu filho quando me vê junto ao meu marido.E meu marido sorri porque tem a mulher que ele diz amar ao seu lado. ..

 Assim como vc deve estar sorrindo ao ler este email da pessoa que um dia pediu ajuda, sem ao menos saber quem vc era e vc decidiu ajudar sem saber quem eu sou, simplesmente por amor de irmãos,  unidos por Cristo, por um Deus que nos ensinou o que era o amor verdadeiro.
Como Deus não haveria de sorrir numa situação dessas? !
cruz-cristo-jesus-pascoa-deus
 [...] Agradeço pelo seu tempo, que não foi perdido, pois o resultado está neste email.
No amor de Cristo”.

A você, que teve paciência de ler este post tão longo, peço a Deus que a história dessa irmã ajude a lhe dar esperança. Lembre-se que, não importa quão graves foram os pecados envolvidos no seu casamento, se você se dispuser a buscar a restauração e confiar em Deus… tudo mais ele fará.
Todo casamento pode ser restaurado. Todo. Deus não realiza o impossível dia sim, dia não: ele é onipotente a todo momento. Ele pode tudo. Ele pode pegar o seu casamento em ruínas e construir a partir dos escombros um lar cheio de alegria, paz e respeito.

Você crê nisso? Deus crê.
Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Mauricio
Blog de Maurício Zágari

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Jovem esquarteja o próprio cachorro e joga dentro de igreja evangélica durante culto

Jovem esquarteja o próprio cachorro e joga dentro de igreja evangélica durante culto
Na noite do último domingo um jovem de 18 anos jogou dentro de uma igreja evangélica os pedaços de um cachorro que ele havia esquartejado. O caso aconteceu na cidade de Ipiguá, em São Paulo.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
De acordo com o site Diário Web, o rapaz matou o cachorro, que era dele, após uma briga com sua esposa, na qual a agrediu fisicamente. Após matar e esquartejar o cachorro, ele levou o animal até uma igreja evangélica, onde estava acontecendo um culto, e abandonou os pedaços do corpo do animal sobre o altar.

Segundo a polícia o rapaz, que foi identificado como Guilherme, estava bêbado no momento em que entrou na igreja. Testemunhas afirmam que ele carregava, além do cachorro, uma garrafa de cerveja e uma faca de açougueiro. A polícia foi chamada para atender ao caso, mas quando chegou ao local o rapaz já havia fugido.
Um morador da região, que não quis se identificar, relatou que conhece o jovem desde criança e ele nunca foi uma pessoa agressiva. Porém, conta que seu comportamento teria mudado após ele se envolver com o uso de drogas.
- Infelizmente, ele caiu nas drogas e não estamos mais reconhecendo ele – afirmou a testemunha
Por Dan Martins em gospel mais

http://noticias.gospelmais.com.br/jovem-esquarteja-cachorro-joga-dentro-igreja-durante-culto-68141.html

Pai mata filha grávida apedrejada por se casar contra a vontade da família


O corpo de Farzana Iqbal, apedrejada pela família, diante do tribunal em Lahore no Paquistão

por:

Pai mata filha grávida apedrejada por se casar contra a vontade da família
Pai mata filha grávida apedrejada por se casar contra a vontade da família
 
Uma mulher grávida foi apedrejada até a morte por sua própria família no Paquistão, na última terça-feira. O pai de Farzana Parveen, 25 anos, afirmou que o assassinato era um “crime de honra”, pois sua filha havia se casado por amor, contra a vontade de sua família.

“Eu matei a minha filha pois ela havia insultado toda a nossa família ao se casar com um homem sem o nosso consentimento, e não tenho nenhum remorso sobre isso”, disse o homem à polícia.
Farzana Parveen teria se casado com um homem chamado Mohammad Iqbal, e enquanto ela esperava em frente ao prédio do Tribunal para depor em defesa de seu marido contra a acusação de rapto feita por seu pai, sua própria família a apedrejou.

De acordo com informações do Charisma News, um grupo de cerca de 20 muçulmanos atacou Farzana e seu marido em plena luz do dia, diante de uma multidão de curiosos em frente à Alta Corte de Lahore. O ataque foi liderado por seu pai, irmãos e um primo, que era o homem escolhido por seu pai para casar-se com ela.

A Comissão de Direitos Humanos do Paquistão informou que cerca de 869 mulheres foram assassinadas em  “crimes de honra ” no ano passado.  89% dos muçulmanos paquistaneses dizem que a lei sharia deve ser a Constituição do país, e apóiam apedrejamentos em casos de adultério.
Com informações: Gospel+
Fonte amigos de Cristo
 
http://www.amigodecristo.com/2014/05/pai-mata-filha-gravida-apedrejada-por-se-casar-contra-a-vontade-da-familia.html

Incêndio danifica gruta onde Jesus nasceu em Belém

O papa Francisco visitou o local dois dias antes durante sua viagem pela Terra Santa

A visita do Papa Francisco a Israel causou algumas manifestações e uma igreja foi incendiada no Monte Sião, um pouco antes do representante católico deixar a cidade, isso na segunda-feira (26).
Na madrugada da terça-feira outro ponto de peregrinação para os cristãos pegou fogo. Dessa vez as autoridades acreditam em incêndio acidental afirmando que uma lâmpada de óleo caiu no chão e pegou fogo no interior da Gruta da Natividade, que fica em Belém.

O papa esteve na Gruta no domingo, em seu segundo dia na Terra Santa. Belém foi a segunda cidade visitada pelo Papa durante a viagem que durou três dias, na cidade, que pertence à Cisjordânia, o líder católico falou em paz e combinou um encontro com o presidente palestino Mahmoud Abbas e com o presidente israelense Shimon Peres.

Gruta da Natividade
O incidente na gruta acabou chamuscando uma pintura mural, mas logo foi controlado. Com informações Folha
por Leiliane Roberta Lopes em Gospel prime
http://noticias.gospelprime.com.br/incendio-gruta-da-natividade-belem/

Evangelismo criativo: o abraço de Deus em um homem sujo pelo pecado

Vídeo mostra o trabalho de um grupo de jovens que evangelizou dentro de um ônibus


Um homem sujo, solitário aparece em um terminal de ônibus segurando uma placa pedindo um abraço. As pessoas passam por ele e nada acontece, sozinho, esquecido pela sociedade ele segue mostrando a placa esperando que alguém lhe ofereça atenção.
O mesmo homem sobe em um ônibus e começa a dizer aos passageiros que não deseja dinheiro, mas sim um abraço. O discurso é emocionante, mas ninguém se aproxima dele para abraçá-lo.
Foi assim que um grupo de jovens resolveu evangelizar, um deles se fantasiou de morador de rua e foi testar a bondade das pessoas e aproveitar para falar da mensagem de Deus.
Quando uma senhora aceitou abraçá-lo, os passageiros aplaudiram e ele pode então passar a mensagem. O homem sujo representa os homens, sujos pelo pecado. O abraço da senhora bondosa representou o abraço de Deus, que não se importa com o cheiro do pecado e aceita os homens em seus braços.
O vídeo foi postado no canal “Ministração Criativa” e tem impressionado evangélicos nas redes sociais. O ministério possui também uma página no Facebook chamada Ministração Criativa (fb.com/MinistracaoCriativa) .
Confira:

por Leiliane Roberta Lopes em gospel prime

http://noticias.gospelprime.com.br/evangelismo-criativo-mendigo-no-onibus/

Ex-gays prestam apoio a Marisa Lobo

 

 

Eles relatam na internet que é possível deixar de ser homossexual
 
Ex-gays prestam apoio a Marisa Lobo
A psicóloga Marisa Lobo teve diploma cassado pelo Conselho Regional de Psicologia (CRP) do Paraná por ser acusada de promover a “cura” de homossexuais. Pelo Facebook muitos ex-gays lançaram uma campanha contra a decisão mostrando que é possível deixar a prática e voltar a ser heterossexual.

A campanha mostra casais onde um dos parceiros já viveu o homossexualismo e conseguiu vencer a atração por pessoas do mesmo sexo. Abaixo de cada mensagem eles escrevem um recado para quem não acredita que exista ex-gay: “Não é porque você deixa de acreditar, que nós vamos deixar de existir #apoiamosMarisaLobo”.

Entre os defensores da psicóloga está o pastor Joide Miranda que chegou a ser travesti. Ele sempre comenta que “Deus restaurou sua identidade sexual” e acredita que o mesmo pode acontecer com os homossexuais que estão insatisfeitos com a vida que levam.

A esposa de Joide, Edna Miranda, também entrou na campanha e escreveu: “Meu marido é ex-gay, ele existe. #repúdio ao Conselho de Psicologia. #MarisaLobo, obrigada por respeitar nossa existência. Edna e Joide Miranda”.

Fanpage Ex-gays
A página com pouco mais de 500 curtidas defende o direito de deixar a homossexualidade. Na foto da capa há frases de psicólogos americanos que defendem o mesmo. “Homossexuais podem mudar! É uma injustiça os jovens não saberem disso!”, teria dito Joseph Nicolosi, psicólogo clínico americano. “Fui buscar na ciência um jeito para deixar de ser gay e consegui!”, seria a frase de Richard Cohen, psicoterapeuta e ex-gay.

Marisa Lobo foi cassada por acreditar nesses pensamentos, aliado a isto está a sua crença, por ser evangélica e se declarar como psicóloga cristã ela chegou a ser coagida pelo CRP que exigiu que ela tirasse todas as menções a Deus de suas redes sociais e página da internet. A psicóloga não aceitou.

Fonte Gospel prime
http://noticias.gospelprime.com.br/ex-gays-apoio-marisa-lobo/

Mulher é curada de esclerose múltipla de forma milagrosa durante viagem missionária; Assista

Mulher é curada de esclerose múltipla de forma milagrosa durante viagem missionária; Assista
A missionária Wendy Lawson passou mais de dez anos sofrendo com uma esclerose múltipla que paralisava todo o seu lado esquerdo, e provocava espasmos e tremores no lado direito. Durante uma viagem à África, Wendy foi curada milagrosamente e recuperou todos os movimentos.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A descoberta da doença aconteceu quando a missionária tinha 37 anos, e ela afirma que sentia como se “alguém tivesse feito uma linha de giz internamente, no centro de seu corpo, paralisando todo o lado esquerdo”. O diagnóstico dos médicos era esclerose múltipla, uma doença incurável e incapacitante, que ataca o sistema nervoso central.
“O médico veio e me disse que eu tinha tido um ataque agudo grave de esclerose múltipla e que eu provavelmente nunca voltaria a andar”, relata Wendy.
Sua história começou a mudar quando, em 1997, 11 anos após ter sido diagnosticada, Wendy começou a orar a Deus pedindo condições para participar de uma viagem missionária de sua igreja a Madagascar.
Quando chegou ao destino, ficou chocada com a realidade de pobreza extrema: “Estávamos em um campo grande, eu nunca vou esquecer… Um grande campo feito de terra vermelha no meio do nada em Madagascar. Essas pessoas tinham andado por quilômetros, a maioria sem sapatos”, relembra Wendy, relatando que os moradores da região se deslocaram para participar de uma cruzada de curas e milagres.
Participante ativa, Wendy orou por um menino com uma perna quebrada, e enquanto ela intercedia a Deus, o menino foi curado: “Minhas mãos ainda estavam com movimentos limitados, e eu me abaixei e coloquei minhas mãos em torno de sua tíbia quebrada e a única coisa que disse a Deus foi ‘por favor, cure esse menino em nome de Jesus’. Foi isso. Eu senti que o osso voltou ao lugar. Minhas mãos estavam em chamas, estavam formigando… Lágrimas começaram a brotar em meus olhos. Ele soltou os braços dos amigos, levantou-se saiu gritando ‘Aleluia! Aleluia!’. Porém, ao mesmo tempo Deus havia dito em meu coração, em meu espírito, ‘você está curada Wendy’. Então, eu apenas aceitei isso”.
Na volta para casa, decidiu parar de tomar os remédios, pois acreditava que Deus havia realmente falado com ela. “Depois de toda essa cruzada, eu sabia que algo tinha acontecido comigo. Eu só agradeci a Ele dia e noite pela minha cura, mesmo que eu não sentisse isso ainda, você sabe, eu não parava de agradecer a Deus”.
A missionária relata que nos meses seguintes começou a sentir-se melhor, e após um semestre solicitou um check-up ao médico responsável por seu tratamento, que ficou espantado: “Ele disse: ‘Eu sei que esta não era a medicina moderna. Foi um milagre, uma recuperação dramática e notável’. Eu disse, ‘Eu o chamo de doutor Jesus’. Seis meses depois, eu estava saindo, andando de moto de novo, praticando pára-quedismo, fazendo tudo o que eu costumava fazer 11 anos antes disso”.
Após restabelecer sua saúde, a missionária tinha como meta participar de viagens de auxílio médico a comunidades distantes, porém sua licença de medicina havia sido cassada quando foi diagnosticada com esclerose múltipla.
Antes mesmo de pensar em alternativas, Wendy recebeu uma ligação do Conselho de Medicina da Pensilvânia: “Me chamaram disseram que a minha licença médica tinha sido restabelecido por causa de uma cláusula legal. Então, Deus sempre soube que queria ser um médico, um dentista, então agora eu ia ser capaz de fazer todas essas coisas no exterior. Deus respondeu apenas o desejo do meu coração”.
Assista a uma dramatização do testemunho da missionária Wendy Lawson, gravada pela rede de TV Christian Broadcasting Network:

Publicado por Tiago Chagas em gospel mais

Fonte Gospel+

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Homem que sobreviveu a acidente que alojou pedaço de arame em seu coração, testemunha: “Por Deus que estou vivo”

Homem que sobreviveu a acidente que alojou pedaço de arame em seu coração, testemunha: “Por Deus que estou vivo” 
Um homem que sobreviveu por um mês com um pedaço de arame alojado no coração, agradeceu a Deus por ter sobrevivido ao acidente e à cirurgia de remoção do metal.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
“Só por Deus estou vivo. É um caso muito complicado, pois, segundo os médicos, se o arame atingisse outro lugar do coração, ou tivesse dado uma infecção, seria bem difícil sobreviver. Agora estou em casa com a família, tranquilo, sem dores e esperando dar o tempo recomendado pelos médicos”, disse o homem de 30 anos, que é caseiro numa fazenda em São Miguel Arcanjo, interior de São Paulo.
O acidente aconteceu enquanto ele trabalhava com uma roçadeira, limpando o mato na fazenda. A hélice do equipamento bateu no pedaço de arame, jogando-o na direção do peito do caseiro. Com a grande velocidade do giro da roçadeira, o pedaço de arame entrou no tórax e se alojou no coração do paciente, de acordo com informações do G1.
“Não conseguia trabalhar devido às dores, mas conseguia fazer algumas coisas dentro de casa. Andava, comia, fazia tudo normal. Então quando descobri que tinha um pedaço de arame no coração, tomei um susto muito grande. Minha família também ficou muito apreensiva com a situação. Mas graças a Deus a cirurgia em São Paulo deu certo e a agonia acabou”, comemorou o rapaz.

O cardiologista Tiago Meyer Rodrigues, membro da Associação Brasileira de Cardiologia, afirmou que o caso é raro, e que o caseiro só não morreu porque o pedaço de arame atingiu o coração como uma flecha: “O paciente teve a sorte desse pequeno pedaço de arame entrar no corpo com alta velocidade e perpendicularmente ao sentido do músculo cardíaco. Foi feito ali um pequeno furo, um pequeno trauma, e um pequeno sangramento que logo um coágulo sanguíneo se encarregou de funcionar como um tampão. Nesse caso, o paciente não teve um sangramento importante e foi poupado aí de perder a vida”, comentou.


                          Imagem do pedaço de arame alojado no coração do caseiro
 
Publicado por Tiago Chagas em Gospel mais
 

Veterano de guerra conta como a Bíblia que carregava no bolso salvou sua vida em uma explosão

Veterano de guerra conta como a Bíblia que carregava no bolso salvou sua vida em uma explosão
Recentemente, um veterano de guerra, de 89 anos de idade, compartilhou sua história de como a Bíblia de bolso que ele carregava perto de seu coração salvou sua vida durante a Segunda Guerra Mundial. Doc Long, que esta prestes a completar 90 anos, concedeu entrevista ao repórter Jeri Rowe, do Greensboro News-Record, onde relatou sua história.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Long entrou para o Exército aos 19 anos, e ganhou uma Bíblia de sua tia May, com seu nome gravado em ouro na frente.
- Agora, eu quero que você a leia diariamente e a leve com você onde quer que vá, no bolso junto ao seu coração – disse sua tia.
Long conta que a orientação de sua tia salvou sua vida. Ele relata que estava seguindo segunda Divisão Blindada da França para a batalha, quando uma bazuca alemã disparou em sua direção. Os franceses e os alemães trocaram tiros e, de repente, algo o atingiu. Long sentiu uma picada no braço direito e caiu no chão.
Ele relata que se deitou no chão e se fingiu de morta enquanto a batalha se desenrolava ao seu redor. Então, uma bomba concha caiu no chão perto de Long, e a explosão levantou-o do chão. Ele esperou por ajuda, ouvindo o som de outros soldados feridos clamando por atendimento médico e pela graça de Deus. Ele conta que ficou a noite toda pensando e orando, se lembrando das palavras do Salmo 23.
O veterano conta que na manhã seguinte um soldado francês veio em seu auxílio, e ele foi transportado para receber cuidados médicos, onde foi descoberto que seu braço direito estava agora paralisado.
Após a sua libertação, os pertences de Long foram devolvidos e, quando ele olhou para sua Bíblia, que estava em seu bolso durante a batalha, ele percebeu que o livro tinha sido perfurado por um estilhaço bazuca. Ele percebeu que um milagre havia acontecido, que a Bíblia tinha impedido que os estilhaços atingissem o seu coração.
- Eu acho que isso foi o que salvou a minha vida. Foi a resposta às minhas orações. Deus teve misericórdia de mim. Ele o fez – afirmou.

O veterano da Segunda Guerra Mundial agora conta seu testemunho em todas as oportunidades que recebe. Ele disse que começou a compartilhar sua história após os ataques de 11 de setembro, para que o mundo jamais se esqueça do preço da liberdade e saiba como Deus salvou sua vida naquele dia.

Fonte; gospel mais Por Dan Martins
http://noticias.gospelmais.com.br/veterano-guerra-conta-biblia-salvou-vida-explosao-68073.html

Sudanesa condenada à morte por ser cristã dá à luz na prisão

 

Meriam Ibrahim teve uma filha e continua se negando a voltar para o Islã


Sudanesa condenada à morte por ser cristã dá à luz na prisãoUma mulher cristã do Sudão que prometeu nunca renunciar à sua fé em Cristo, mesmo depois de ter sido condenado à morte por causa disso, deu à luz a uma menina na prisão na terça-feira. Ela já estava grávida quando foi presa.

Meriam Yehya Ibrahim, 27, está na cadeia desde agosto de 2013. Ela foi condenada a receber 100 chicotadas por “adultério”, pois segundo a lei do país uma mulher sudanesa não pode se casar com um cristão. O esposo, Daniel Wani nasceu na região que hoje é o Sudão do Sul, mas tem cidadania americana.

Segundo sites de notícias internacionais, Merian deu à luz cinco dias antes do previsto, na ala hospitalar da prisão para mulheres em Omdurman, ao norte da capital, Cartum.

“Esta é uma boa notícia em meio ao que tem sido uma provação terrível para Meriam. Estou querendo visitá-la com o marido, Daniel, ainda hoje. Acho que eles vão chamar o bebê de Maya”, declarou à imprensa seu advogado, Mustafa Mohaned Elnour.

Meriam foi condenada à morte por enforcamento após ter sido considerada culpada pelo tribunal religioso do Sudão. Ela se converteu do islamismo ao cristianismo e logo depois se casou com um homem cristão. O nascimento de sua filha pode significar um apelo da defesa para que ela tenha até dois anos para desmamar o bebê.

Somente então poderia ser executada pelo crime de apostasia. No momento ela está na prisão com seu filho mais velho, de quase dois anos de idade.

Um juiz muçulmano já disse que Meriam só poderia ser poupada da forca se renunciasse publicamente a sua fé e voltasse a ser muçulmana.  “Se eles querem me executar, então devem ir em frente, porque eu não vou mudar minha fé”, disse ela recentemente.

“Eu me recuso a mudar. Eu não vou desistir do cristianismo apenas para que possa viver… mas eu preciso ser fiel a mim mesma”, desabafou.
O marido de Ibrahim, Daniel, elogiou a força e a fé de sua esposa e disse que ela é mais forte do que ele, pois sequer pensou em recuar, mesmo condenada à morte.

Embaixadas dos Estados Unidos, Canadá, Grã-Bretanha e Holanda estão apoiando Meriam e tentando exigir que o governo do Sudão cancele a sentença de morte, respeitando assim a liberdade de religião que é um direito de todos os seres humanos. Uma petição foi lançada pela Anistia Internacional na semana passada em favor de sua libertação. O número de assinaturas já chega a quase 700 mil. Com informações CNN

Fonte gospel prime

terça-feira, 27 de maio de 2014

PSC diz que vai recorrer contra aborto legal na lista do SUS

PSC diz que vai recorrer contra aborto legal na lista do SUS

PSC diz que vai recorrer contra aborto legal na lista do SUS


O Partido Social Cristão (PSC) divulgou uma nota em seu site dizendo que irá recorrer à Justiça para cancelar a Portaria 415, do Ministério da Saúde, que oficializa o procedimento do aborto no Sistema Único de Saúde (SUS).
A portaria publicada no Diário Oficial no dia 22 de maio elevou de R$ 170 para R$443,30 o custo pelo procedimento nos hospitais, mudando o nome da atividade de “curetagem” para “interrupção da gestação ou antecipação do parto”.

A mudança da nomenclatura a ser registrada pelos médicos, de acordo com jornalista Josias de Sousa, do UOL, seria para suprir a defasagem das despesas que o hospital tinha com o aborto que é um procedimento mais complexo que a “curetagem”.

Mas para o PSC, a portaria está autorizando o procedimento no país. “O Partido Social Cristão (PSC) anuncia ao povo brasileiro que vai recorrer à Justiça contra a Portaria 415, do Ministério da Saúde, que oficializa o aborto no nosso país”, diz a nota.

A legenda ainda pede para que os brasileiros se posicionem contra a medida “nefasta” para que a portaria não prospere. “Não podemos mais permitir que ideário contra os mais caros valores da vida sejam ultrajados e desrespeitados por posições adversas ao seu povo.”

A nota também acusa o atual governo de desdenhar das necessidades reais da população brasileira se preocupando apenas em avançar sobre os princípios da existência humana.

Leia na íntegra:

PSC anuncia ação judicial contra governo por oficializar o aborto no Brasil
O Partido Social Cristão (PSC) anuncia ao povo brasileiro que vai recorrer à Justiça contra a Portaria 415, do Ministério da Saúde, que oficializa o aborto no nosso país. Esta decisão atende o clamor dos brasileiros que vêem na medida do governo uma brecha para a oficialização da interrupção da vida. Ao custo de R$ 443,30 (quatrocentos e quarenta e três reais e trinta centavos) o governo reduz princípios básicos da vida e da família a pó.

O PSC não apenas rejeita veementemente esta proposição, como também denuncia e conclama todos os brasileiros a se posicionarem contra esta iniciativa nefasta. O Partido concentrará seus esforços para que esta portaria não prospere.

Não podemos mais permitir que ideário contra os mais caros valores da vida sejam ultrajados e desrespeitados por posições adversas ao seu povo. Este governo não apenas desdenha das necessidades da população, como saúde, educação, transportes e segurança pública, como avança sobre princípios elementares da existência humana.
Ascom PSC Nacional

por Leiliane Roberta Lopes em Gospel prime
http://noticias.gospelprime.com.br/psc-justica-aborto-sus/?utm_source=feedburner&utm_medium=gospelprime

Ministério da Saúde oficializa realização de abortos no Brasil; Governo pagará R$ 443 pela realização do procedimento

Ministério da Saúde oficializa realização de abortos no Brasil; Governo pagará R$ 443 pela realização do procedimento
Na última quinta feira (22) o Ministério da Saúde (MS) oficializou, através da publicação da Portaria 415, o aborto em hospitais do país. A lei, sancionada pela presidente Dilma Rousseff, tem por objetivo autorizar o aborto para casos de estupro e de fetos anencéfalos. O Sistema Único de Saúde (SUS) pagará R$ 443 pelo procedimento, que a portaria define como “interrupção terapêutica do parto”.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
De acordo com o colunista Leonardo Mazzini, do UOL, apesar de a legislação ter um objetivo específico, ela abre brechas para que qualquer mulher realize o procedimento. Isso se dá porque a mulher que quiser realizar o procedimento não é obrigada a apresentar Boletim de Ocorrência policial ao médico que a atender. Além disso, ele afirma que “uma única vírgula no texto da portaria abre interpretações jurídicas que podem causar a liberação do aborto sob qualquer motivação”.

O texto da Portaria diz que o aborto previsto por ela “consiste em procedimento direcionado a mulheres em que a interrupção da gestação é prevista em lei, por ser decorrente de estupro, por acarretar risco de vida para a mulher ou por ser gestação de anencéfalo”.

O alerta de Mazzini é que, como a lei não é clara sobre se o procedimento deve ser imediato logo após o estupro, “a mulher interessada em abortar pode alegar que foi estuprada, mesmo que tenha semanas de gestação e tenha decidido não ter o bebê”.

Em nota, o Ministério da Saúde comentou a legislação, afirmando que a Portaria “não muda as regras de assistência, no Sistema Único de Saúde, às mulheres em casos de abortos previstos em lei, ou seja, quando não há outro meio de salvar a vida da mãe, quando a gravidez resulta de estupro e nos casos de anencefalia”.

- A portaria estabelece o valor de R$ 443,40 para a realização do aborto legal. Este valor inclui o pagamento de equipe multiprofissional, formada por médico, psicólogo, enfermeiro, técnico em enfermagem, assistente social e farmacêutico – explica o MS.

Segundo informações do UOL, o projeto surgiu anos atrás, apresentado pela então deputada federal Iara Bernardi (PT-SP), e no ano passado tornou-se o PLC 3/13, que foi aprovado e sancionado.

Por Dan Martins em Gospel mais
http://noticias.gospelmais.com.br/ministerio-saude-oficializa-realizacao-abortos-brasil-67985.html

Assaltante invade casa durante culto doméstico e irmãs evangélicas o dominam e amarram com fio, veja o caso como acoteceu.

Assaltante invade casa durante culto doméstico e irmãs evangélicas o dominam e amarram com fio
Um homem que invadiu uma residência enquanto três irmãs realizavam um culto doméstico não se deu muito bem. Dogean dos Santos, de 24 anos, fingiu estar armado e anunciou o assalto, mas não contava com o ímpeto das evangélicas.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Ao notarem que a mão do bandido por baixo da camisa não segurava arma nenhuma, elas se juntaram e dominaram o bandido, amarrando-o com um fio de extensão.

Depois que Dogean estava dominado, as irmãs acionaram a Polícia Militar, que levou o assaltante preso, com algumas marcas de agressões. “Não vou mentir, demos uns croques nele, para ele saber que ainda existe mulher valorosa”, disse Marta Rocha, uma das vítimas.

O caso foi registrado na Delegacia Regional de Penedo, em Maceió (AL). Segundo informações do site Tribuna Hoje, Dogean chegou a ameaçar as fiéis pela humilhação que o fizeram passar.

Publicado por Tiago Chagas em Gospel mais

http://noticias.gospelmais.com.br/assaltante-invade-casa-culto-domestico-irmas-amarram-68012.html

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Lamentável! Conselho de Psicologia decide cassar registro de psicóloga de Marisa Lobo por sua fé cristã

Na última sexta feira (16), a psicóloga Marisa Lobo foi julgada pelo Conselho de Ética do Conselho Regional de Psicologia (CRP) do Paraná devido a um processo iniciado há dois anos que teve como motivação sua expressão pública de fé nas redes sociais.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A decisão do conselho na audiência foi pela cassação do registro profissional de Marisa Lobo. O relator do processo votou também pela censura pública, uma punição na qual é levada ao conhecimento geral, por meio de publicação na impressa oficial, que o profissional teria transgredido os princípios de sua profissão definidos pelo conselho regulamentador.
De acordo com a psicóloga, ainda cabe recurso à decisão, que pode ser levada ao Conselho Federal de Psicologia (CFP), e até mesmo à justiça comum, caso seja necessário. Marisa Lobo informou também que seu advogado já está trabalhando no recurso e ressalta que durante o processo houve erros jurídicos, falta de respeito e humilhação.
Ao comentar sobre o caso, Marisa Lobo citou casos semelhantes, como o da também psicóloga
Rozangela Justino, que sofreu censura pública acusada de oferecer tratamentos contra a homossexualidade, e luta desde 2007 na justiça contra a decisão. Ela comentou também sobre a recente tentativa de cassação do registro de psicólogo do pastor Silas Malafaia, que foi entendido pelo Ministério Público como um caso de perseguição religiosa.

Reações de apoio

A decisão do CRP motivou uma série de reações a favor da psicóloga. Foram diversas as manifestações ao seu favor, entre elas a da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que tipificou a decisão do CRP como arbitrária.
Em Curitiba, um grupo de cristãos saiu às ruas no último sábado em manifestação contra o CRM durante a Marcha para Jesus da cidade. Portando faixas com dizeres como #TodosContraPerseguiçãoReligiosa, os manifestantes protestavam contra a cassação do registro de Marisa Lobo.
As reações se espalharam também pelas redes sociais, onde seguidores da psicóloga no Twitter criticaram a decisão afirmando, entre outras coisas, se tratar de “um crime contra a Constituição Brasileira”. Foram levantados também questionamentos se profissionais de outras confissões religiosas também teriam seu registro cassado por manifestar sua fé publicamente

Evangélicos Br @Evangelicos_Br
Olha aí @marisa_lobo,site de pscologia espírita. Vão cassar também ? http://ow.ly/x8JHC
 
maria valtenice @mariavaltenice
@Evangelicos_Br @marisa_lobo Hipocritas !Cometeram um crime contra a Constituiçao Brasileira .Mas,estamos com voce Marisa,sera feita justiça

Menina realiza milagres em São Gonçalo e vira destaque na mídia estrangeira

“Na próxima semana vem o ‘New York Times’, na outra, uma TV italiana e uma francesa”, explica o pastor Adauto dos Santos, pai de Alani, 10 anos. Conhecida como “missionarinha”, a menina teria o dom de curar enfermidades e, todas as segundas-feiras, participa dos cultos na igreja evangélica fundada pelo pai, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Os milagres atribuídos a ela já foram notícia no jornal britânico “The Guardian”, na edição francesa da revista “Marie Claire” e no canal americano ABC. Só este ano, explica Adauto, 14 veículos internacionais já procuraram a menina. Além de um fenômeno no universo evangélico, Alani é um sucesso midiático.
O olhar doce e a voz serena reforçam o aspecto angelical da menina de grandes olhos castanhos e cabelos levemente cacheados. Acostumada a dar entrevistas desde os 6 anos, Alani já tem todas as respostas na ponta da língua. Deus a escolheu como veículo para seus milagres, explica. Como em uma releitura do Velho Testamento, a mãe, estéril, recebera de três pastores a notícia de que o Todo Poderoso lhe enviaria uma pérola, conta ela. Ainda dentro da barriga já se sabia que Alani não seria uma menina comum: quem encostasse no ventre materno sentia um arrepio.
— O primeiro milagre aconteceu quando ela tinha 51 dias — conta o pai. — Uma moça com a barriga grande como a de uma grávida veio à igreja pedir ajuda. Fechei meus olhos, e algo dizia que não deveria orar por ela. Vi então a mãozinha da minha filha sobre a sua barriga. Chamei minha mulher, que estava na igreja com ela, e coloquei a bebê para tocá-la. Quando ela colocou a mão, a barriga murchou.
Casal chegou ao Rio há 10 anos
Adauto, de 47 anos, e a mulher Sandra, de 36, chegaram no estado do Rio há 10 anos. O casal deixou o município de Pacaembu, no interior de São Paulo, e foi para Maricá, também na Região Metropolitana, atendendo a um chamado do irmão mais velho de Adauto, conhecido como Pastor Adão. Foi também por influência do irmão, que conheceu a igreja evangélica quando estava preso no Carandiru, condenado por roubo de carros, que o pai de Alani se converteu, há 20 anos. O pastor, porém, evita falar sobre seu próprio passado.
— Não é edificante, prefiro falar sobre o meu presente. Já fui preso também, mas não gosto de trazer lembranças. Passado é passado — desconversa o pastor quando questionado sobre o motivo que o levara à prisão.
A bordo de uma caminhonete Toyota Hilux de cabine dupla — cujas parcelas ainda estão sendo pagas, frisa o pastor — a família dos Santos chega à igreja Missão Internacional de Milagres, criada por Adauto há um ano e meio. Um cartaz com a foto de Alani anuncia que os milagres são realizados às segundas-feiras.
O espaço amplo, vizinho a um supermercado, fica na principal rua de Alcântara, bairro de classe média baixa de São Gonçalo. O local é iluminado por lâmpadas frias e mobiliado com cadeiras de plástico brancas, como as usadas à beira da piscina. No palco, um painel com a foto de uma praia de água azul-turquesa e letras que compõem a palavra “JESUS” serve de cenário para um pastor. Os fieis ainda são escassos, mas ao longo de duas horas de pregação chegam a cerca de 50.
Sob aplausos, Alani sobe ao palco, canta duas músicas e dá lugar ao pai. O pastor Adauto lembra os feitos realizados ali, entre eles a cura de suas pedras na vesícula. Ele reitera que apenas quem tem fé recebe a graça desejada e garante que, mesmo que o sintoma não desapareça imediatamente, a cura acontece no momento em que as mãos de Alani tocam no fiel.
Ao exemplo do pai, a menina também prega, até que, por volta das 21h, chega o momento. Mais de uma dezena de fieis se aproximam do palco. O pastor pergunta sobre os seus problemas. Alani se posiciona na frente de cada um, fecha os olhos e coloca as mãos sobre suas cabeças. Homens de terno e mulheres segurando lençóis se preparam para socorrer quem desmaiar — o que não é raro. (Veja vídeo aqui.)
Repercussão da Espanha à Rússia
Imagens de Alani tocando enfermos, que imediatamente desabam no chão ou têm crises de choro, já rodaram o mundo. O pastor Adauto faz questão de enumerar os veículos internacionais que já foram conferir: “L’Hebdo”, da Suíça, “Polityka”, da Polônia, “Marie Claire”, M6 e Canal Arte, da França, RTL, da Bélgica, ABC News e Vocativ, dos Estados Unidos, NOS, da Holanda, “The Guardian”, da Inglaterra, além do canal NatGeo e TVs da Rússia, Espanha, Itália e Colômbia, das quais não se lembra o nome. No site criado para a menina, há instruções de como chegar até a Igreja vindo do Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio.
Correspondente dos sites americanos MSNBC e Vocativ, o jornalista Ramon Iriarte foi um dos que visitaram a igreja nos últimos meses. Segundo Iriarte, a reportagem em vídeo feita para o Vocativ, publicada em abril, foi vista por quase 1 milhão de pessoas — o que, na sua opinião, demonstra o interesse do público estrangeiro pelo tema. O jornalista diz não se considerar uma pessoa religiosa, e argumenta que os aspectos positivos ou negativos de cultos como os de Alani e seu pai devem ser avaliados pelo público.
— O pentecostalismo no Brasil é um bom exemplo desse fenômeno crescente que está estourando por toda a América Latina. Alani foi o personagem perfeito para tornar a história atraente para a audiência internacional — justifica. — A matéria obviamente transcende Alani e sua família, e acho importante analisar o papel dessas organizações no centro das sociedades contemporâneas e sua relação com a economia, a democracia representativa e o estado.
O assédio da imprensa fez com que a escola particular Seiva Cristã, onde Alani estuda, criasse um esquema especial para entrevistas. A coordenadora pedagógica Carla Corrêa explica que os pedidos para entrar na escola devem ser enviados por e-mail com antecedência, a aluna pode sair de sala por não mais que 15 minutos, e os outros alunos não devem ser filmados ou entrevistados.
— Se começarmos a abrir muito a escola, ela será evidenciada como diferente entre os outros. Ela é uma excelente aluna, mas é encarada como qualquer outra — explica.
Para a professora da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ) Cristina Rego Monteiro, o interesse da mídia estrangeira por histórias como a de Alani não é novidade. Ela argumenta que o simples fato de uma menina de 10 anos atrair centenas de pessoas em busca de supostos milagres já é um fato relevante, tanto no Rio como em qualquer lugar do mundo. Somado a isso, o interesse pela cultura brasileira aumenta às vésperas de grandes eventos internacionais.
— Esse aspecto da cultura brasileira, da fé, de uma organicidade cultural, que para o estrangeiro é exótico, chama atenção. A imprensa internacional joga uma carga em cima do exotismo, isso não é novidade — avalia Cristina, lembrando que o sensacionalismo não é uma regra nesses casos. — Dependendo da qualidade do veículo, você não encontra mais esse uso vulgar dos estereótipos que não correspondem a uma realidade geral. Você tem a imprensa sensacionalista, mas essa usa o senso comum dentro dos próprios países também.
Sem esconder sua preferência pelos veículos internacionais, o pai de Alani explica que passou a evitar a mídia brasileira por alegar ser alvo de calúnias. Adauto diz que já foi investigado pelo Ministério Público e pelo Conselho Tutelar, mas as denúncias de exploração de menor nunca foram comprovadas.
— Ela tem mais tempo para brincar do que qualquer criança de classe alta, que faz inglês, futebol, natação… — compara. — Não vejo mal sobre a exposição. Ela não é atriz ou modelo, ela ajuda as pessoas.
Sentada ao fundo da igreja na última segunda-feira, Isaura Klem de Souza, de 84 anos, ouvia o culto com a cabeça baixa. A visão lhe fora tomada há 8 anos pelo glaucoma. Ao ser tocada por Alani, dona Isaura sentiu um calafrio. Mas as manchas brancas continuavam sobre sua íris.
— Tinha fé de que sairia daqui enxergando, mas eu sei que essas coisas vêm devagarinho. Vou continuar vindo aqui. Se um dia essa sombra sair dos meus olhos, eu volto a enxergar.
A operadora de telecomunicações Eliana Carvalho, de 55 anos, também esperava por um milagre. Há um mês vinha sentindo dores na barriga, e o médico lhe indicara alguns exames. Diante da menina, desabou no chão.
— Parecia que Deus estava me tocando, sentia meu corpo leve. Agora não tenho mais dor — contou a mulher, depois de ter sua barriga examinada pelos presentes e dar três voltas correndo, a pedido do pastor. * O Globo
Minha fonte Diário Gospel
 
 
 

Missionários brasileiros José Dilson e Zeneide são condenados à prisão no Senegal

Missionários brasileiros  José Dilson e Zeneide são condenados à prisão no Senegal
Na última semana os missionários brasileiros José Dílson Alves da Silva e Zeneide Novaes foram condenados a uma pena de dois anos de prisão mais multa no Senegal. O julgamento foi realizado no último dia 20, na cidade de Thiès, e teve a duração de aproximadamente 3 horas.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
José Dilson e Zeneide Novaes estavam foram presos em novembro de 2012, quando foram acusados de tráfico de menores e formação de quadrilha. Em abril de 2013 eles foram libertados para aguardar o julgamento em liberdade. Porém apesar de terem sido libertados provisoriamente, eles tiveram que cumprir algumas obrigações referentes ao caráter provisório da decisão, como por exemplo, se apresentar todos os dias na prisão de Thiès.
Segundo o ministério Portas Abertas, a prisão dos missionários foi motivada pela denúncia do pai de um dos meninos atendidos pelo Projeto Obadias, abrigo que os missionários dirigiam antes de sua prisão. O pai do menino fez acusações contra José e Zeneide, alegando que seu filho havia se recusado a recitar uma oração muçulmana e estava exibindo comportamento cristão.

Além da denúncia feita pelo pai, de que os cristãos estavam desrespeitando o islã ao ensinar o cristianismo às crianças, eles foram acusados também de sequestro, tráfico de menores e formação de quadrilha.
Quatro advogados de defesa estiveram presentes no julgamento. Porém prevaleceu a proposta da Promotoria de dois anos de prisão mais multa. O juiz determinou que a sentença final será dada no dia 17 de junho de 2014.
José Dilson é membro da Igreja Presbiteriana do Brasil, é missionário há mais de 20 anos no continente africano, o trabalho missionário feito juntamente com a Zeneide é mantido no país por organizações missionárias brasileiras

Por Dan Martins em Gospel mais
http://noticias.gospelmais.com.br/missionarios-jose-dilson-zeneide-condenados-prisao-senegal-67972.html