domingo, 3 de maio de 2015

Onde estava Deus quando os 21 cristãos estavam sendo decapitados?


Ouvi de um colega os seguintes questionamentos: Onde estava DEUS quando os 21 cristãos coptas estavam sendo decapitados? Onde está DEUS que não interfere nesta matança de cristãos? Olhei pra ele e respondi seu questionamento com outras perguntas:

Onde estava DEUS quando Estevão estava sendo apedrejado? Onde estava Deus quando Tiago foi morto por Herodes a espada? Onde estava DEUS quando Pedro foi crucificado de cabeça para baixo?

Onde estava DEUS quando Bartolomeu foi esfolado vivo e decapitado? Onde estava DEUS quando Matias que substituiu Judas Iscariotes (Atos 1.15-26) foi queimado até a morte em uma fogueira? Onde estava DEUS quando Lucas o médico amado teria sido enforcado em uma árvore na Grécia?

Onde estava DEUS quando o apóstolo Paulo estava sendo decapitado em Roma? Onde estava Deus quando Simão e Judas Tadeu conforme dizem, foram mortos a machadadas pela multidão instigada por sacerdotes pagãos e autoridades após negarem sacrifício ao deus sol na Pérsia? Onde estava Deus quando Tiago, filho de Alfeu, parente de Jesus e influente líder do cristianismo em Jerusalém, morreu apedrejado?

Conclui meus questionamentos com aquele colega com uma principal pergunta motivadora de todas as outras: Respirei e perguntei pra ele: “Onde estava DEUS quando seu único Filho estava sofrendo na rude cruz”?

Deus não interferiu em nenhum desses exemplos citados acima. Deus sofreu e sofre pela a maldade humana e, por amor e propósito, ofereceu seu único FILHO para a salvação de toda a humanidade. João 3:16
Continue lendo aqui

Um comentário:

  1. Com todo meu respeito para quem é cristão e tem suas crenças, eu responderia que Deus não estava em nenhum lugar, porque simplesmente ele não existe, é apenas mais uma criação do homem.

    ResponderExcluir