quarta-feira, 6 de maio de 2015

Hospital de Caridade de Canguçu passa por momentos dificil

 Estive nesta tarde de quarta feira em frente ao Hospital de caridade de Canguçu para apanhar algumas fotos e então conversei com um Medico que prefiro não identificar, ele parecia muito preocupado e
então perguntei?
E ai Dr. alguma esperança?
e ele disse nem uma, a anos eu vinha dizendo que o nosso Hospital ia quebrar, e agora não vejo saída.

Eu disse Dr. deve estar muito difícil para vocês medicos?
E ele então tomou em mãos um documento e me mostrou o que sus paga a um medico, o que  classificou como nada, ou seja trabalhar de graça, devido o importante trabalho prestado por esses profissionais.
abaixo segue a reportagem do Canguçu em foco a qual esteve presente nesta manha junto com o radialista Ubiratan Rodrigues.

"É um beco sem saída. Como é que deixaram o hospital chegar a este ponto?" A pergunta é do
radialista Ubriatan Rodrigues, após acompanhar as manifestações realizadas nesta manhã no Hospital de Caridade de Canguçu (HCC) neste "Dia D" da luta pelos hospitais filantrópicos. Em Canguçu a situação é desanimadora.

Pouca pessoas participaram do encontro, em frente ao hospital, pela manhã. O trânsito foi fechado e proibida a entrada no estacionamento da entidade esperando mais público. 
Mas dentro da instituição, na sala de reuniões, o espaço era pequeno. Com uma dívida estimada de R$ 12 milhões as chamadas "forças vivas da comunidade" debatiam soluções para o impasse da instituição que pena para se manter. Como diz a faixa na frente da casa de saúde a instituição está morrendo.

Prefeitura, Câmara, Acican, Rotaray, entidades religiosas e outras organizações se fizeram presentes na busca de soluções rápidas para diminuir as necessidades do HCC. De concreto apenas a possibilidade de um repasse mensal da Câmara de Vereadores em torno de R$ 25 mil mensais e a formação de comissões para pressionar o governo estadual na liberação de verbas e o debate com o SUS para o pagamento justo pelos serviços oferecidos.
A manifestação acontece durante todo o dia em frente ao hospital.


Nenhum comentário:

Postar um comentário