segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Para um verdadeiro cristão, quanto mais desafios melhor (testemunho)


Zafar* é um ótimo exemplo de coragem e ousadia
18_Yemen_2009_0260009882
Aos 25 anos de idade, Zafar se deparou com muitos desafios em sua vida: seus parentes o desprezaram, foi traído pelo seu melhor amigo, foi agredido pelo irmão, o tio o colocou para fora de casa e foi viver nas ruas. O motivo? Apenas um: sua conversão ao cristianismo.
Tudo começou quando ele tinha 23 anos e visitou uma igreja evangélica que estava oferecendo um curso de inglês gratuito, e Zafar queria muito aprender o idioma. Porém, além do curso, ele foi cativado por uma mensagem que falava sobre um Pai Celestial e Deus muito amoroso. Ele perdeu o pai que teve câncer, quando tinha apenas 10 anos de idade, então ele sonhava em experimentar o amor paterno mais uma vez, mas não sabia que pagaria um alto preço para abraçar esse amor.
Zafar aceitou Jesus como seu Salvador sem imaginar que a notícia não soaria muito bem para a família. Seu irmão mais velho lhe disse para nunca mencionar o nome de Jesus em sua casa. Após a morte do pai, o irmão se tornou o chefe da família. Seu tio tomou sua Bíblia, a lançou no fogo e o agrediu em seguida. Depois o expulsou de casa, dizendo: “Nunca mais volte aqui, a não ser que renuncie seu Cristo”.
Sozinho, sem dinheiro e sem Bíblia, ele decidiu procurar o melhor amigo, mas ele também virou as costas por causa da nova fé de Zafar. Sua única alternativa era ser um cristão secreto, apesar dos perigos. Hoje, ele trabalha numa pequena mercearia, continua frequentando a igreja e divide o aluguel de uma casa com outro cristão. Aparentemente, parece que Zafar perdeu muitas coisas, mas ele garante que é o ser humano mais completo do mundo ao lado de Cristo.
*Nome alterado por motivos de segurança.
Fonte: Portas Abertas 
 https://www.portasabertas.org.br/noticias/2015/09/para-um-verdadeiro-cristao-quanto-mais-desafios-melhor

Nenhum comentário:

Postar um comentário