quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Grupo de 25 cristãos assírios é liberto após meses em cativeiro do Estado Islâmico na Síria

Grupo de 25 cristãos assírios é liberto após meses em cativeiro do Estado Islâmico na Síria
Um grupo de cristãos que era mantido refém pelo Estado Islâmico na Síria foi libertado na última sexta-feira, 25 de dezembro, Natal.
No total, 25 cristãos assírios foram soltos pelos extremistas islâmicos. Os dois homens, sete mulheres e 16 crianças, com idades entre dois e onze anos, estavam em cativeiro desde fevereiro.
De acordo com informações do Christian Today, a Igreja Assíria do Oriente se referiu à libertação dos fiéis como um “glorioso presente de Natal”.
O bispo da denominação e o presidente da agência missionária His Grace, Mar Afram Athneil, recepcionaram os recém-libertados após a conclusão das negociações.
“Neste dia santo que celebramos o nascimento do Nosso Senhor, elevamos a honra e o louvor a Deus, Todo-Poderoso por ter ouvido nossas orações e nos abençoado com este milagre de Natal”, disse a Igreja Assíria do Oriente em um comunicado.
Esses cristãos estavam em um grupo maior, com mais de 200 pessoas que foram sequestradas pelo Estado Islâmico em aldeias estabelecidas ao longo das margens do rio Khabour, no norte da Síria.
Recentemente, no final de novembro último, outros dez cristãos foram libertados após meses de negociação. Estima-se que, no total, aproximadamente 130 reféns já tenham conseguido recuperar sua liberdade.
“Nós continuamos a investir todos os nossos recursos e esforços durante esta temporada santa [Natal] para buscar a segurança e a liberdade de todos os reféns”, disse a Igreja no comunicado. “Nós não cessaremos até que eles sejam devolvidos às suas famílias”, acrescentou.
Sabe-se que ao menos três dos reféns foram executados pelos terroristas, em outubro, como forma de pressionar os familiares e autoridades a pagarem o resgate de US$ 100 mil exigido por cada um.
 Publicado por Tiago Chagas em Gospel mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário