sábado, 26 de novembro de 2016

Dr. Marcos Jones e Carol Jones comentam sobre a morte de Fidel Castro ,veja o que disse Michel Temer Dilma Rousseff, Donald Trump, presidente eleito dos EUA E Gospel mais

O mundo se apartou de Fidél Castro, mas centenas de missionários cristãos foram brutalmente
assassinados por este ser "humano", mas mesmo assim não negaram a fé. Nossa Igreja Evangélica, inclusive irmãos aqui de Capão da Canoa, sempre contribuíram para sustentar muitas famílias da fé em Cuba. Fidél ao descobrir sobre a ajuda ou interceptar alguma família cristã, mandava prender, expulsava do país ou assassinava na famosa execução do "El Paredon". Com a chegada de Raul Castro, os crentes podem se reunir nas casas no máximo 20 pessoas. Igrejas ainda não podemos construir ou frequentar. Agora Fidél irá enfrentar o Tribunal de Cristo.


O Site de noticias gospel diz Opressor de cristãos, ditador Fidel Castro morre aos 90 anos


Michel Temer, presidente do BrasilA assessoria de Michel Temer divulgou uma declaração  do presidente da República sobre a morte do líder cubano Fidel Castro. "Fidel Castro foi um líder de convicções. Marcou a segunda metade do século XX com a defesa firme das ideias em que acreditava", afirmou Temer. leia no G1

Dilma Rousseff, ex-presidente do BrasilA ex-presidente da República Dilma Rousseff afirmou, por meio de nota na internet, que a morte de Fidel é "motivo de luto e dor". Para ela, Fidel foi "uma das mais influentes expressões políticas do século 20" e "visionário que acreditou na construção de uma sociedade fraterna e justa, sem fome nem exploração, numa América Latina unida e forte". Ela assina a nota com a saudação "Hasta siempre, Fidel!".


 Donald Trump, presidente eleito dos EUA 

Donald Trump comenta morte de Fidel (Foto: Reprodução/Twitter)

Nenhum comentário:

Postar um comentário