quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Aviso INSS retoma pente-fino em benefícios na próxima segunda-feira (16)


A convocação será feita por meio de carta com aviso de recebimento. Após o comunicado, o segurado tem cinco dias úteis para agendar a perícia pelo número 135. O beneficiário que não atender a convocação ou não comparecer na data agendada pode ter o benefício suspenso. Na data marcada para a realização da avaliação, ele deve levar toda a documentação médica como atestados, laudos, receitas e exames.

De acordo com o perito médico e chefe do Serviço de Saúde do Trabalhador do INSS Salvador, Wellington Melo, o perfil de quem irá ser convocado neste segundo pente-fino são os segurados com idade abaixo de 40 anos que está há mais de dois anos em benefício judicial. “São segurados que vieram requerem o benefício, tiveram a negativa e conseguiram o benefício na justiça. Esta revisão deveria ser feita de seis em seis meses, no entanto, por demandas estruturais elas acabaram acumulando”, explica. 

Perícias 

Na gerência de Salvador, cerca de 5 mil benefícios estão neste perfil, como pontua ainda Melo. “A partir da segunda-feira, já começamos os atendimentos agendados pelo 135. Mas nós estamos também tentando organizar um mutirão aos sábados visando atender esta demanda. É uma perícia de reavaliação mesmo, para verificar se a pessoa está em condições de trabalhar. Quatro situações podem ocorrer: o benefício pode ser cessado, podemos pedir o retorno ao trabalho, aposentar ou recomendar a reabilitação profissional”. 

O processo de revisão estava interrompido pelo vencimento da MP 739, de julho de 2016 e pela não votação do PL 6427/2016 pelo Congresso Nacional. A nova medida estabelece os mesmos termos e critérios tratados na MP de 2016. Um Bônus Especial de Desempenho Institucional por Perícia Médica em Benefícios por Incapacidade será pago aos médicos peritos. O valor permanece o mesmo - R$ 60 por perícia realizada.

Segundo dados da Previdência Social, o pente-fino já gerou uma economia de R$ 220 milhões para o Fundo da Previdência. Até 31 de outubro de 2016, foram realizadas quase 21 mil perícias. Desse total, 16.782 (80,05%) benefícios foram cessados na data de realização do exame; 304 (1,45%) foram cessados, mas houve concessão de auxílio-acidente; 1.520 (7,25%) tiveram data remarcada para cessação; 954 (4,55%) foram encaminhados para reabilitação profissional e 1.289 (6,15%), transformados em aposentadoria por invalidez.

TIRA-DÚVIDAS

Qual o perfil dos benefícios que serão convocados para a revisão? Em Salvador, o perfil de quem irá ser convocado neste segundo pente-fino são os segurados com idade abaixo de 40 anos que está há mais de dois anos em benefício judicial.

Como será feita esta convocação? A convocação será feita por meio de carta com aviso de recebimento. 

De que maneira o segurado deve proceder, caso seja convocado? Após o comunicado, o segurado tem cinco dias úteis para agendar a perícia pelo número 135.

Que documentos o segurado deve levar no dia da perícia? Na data marcada para a realização da avaliação, ele deve levar toda a documentação médica como atestados, laudos, receitas e exames.

O que pode acontecer com quem não cumprir a convocação? O beneficiário que não atender a convocação ou não comparecer na data agendada pode ter o benefício suspenso.
Fonte: Correio 

Nenhum comentário:

Postar um comentário