terça-feira, 31 de dezembro de 2019

domingo, 20 de outubro de 2019

(VÍDEO) Advogado evangélico cita a Bíblia e detona ministros do STF: ‘De qual liberdade estamos falando?

Ele citou a Bíblia durante a sustentação oral e lembrou que Jesus ressuscitou, diferentemente do que mostrava a gravura em um quadro pendurado na parede do Supremo.



Advogado do Patriota, Herácles Marconi Góes. Foto: Youtube/STF
Autor de uma das ações pelo fim da prisão em segunda instância, o Patriota defendeu no plenário a manutenção do atual entendimento do Supremo. Quem representou o partido foi o advogado evangélico Herácles Marconi Góes que subiu à tribuna e pediu uma “resposta da Corte que satisfaça os anseios da sociedade”.
“Não deixo de ser garantista por defender da tribuna o posicionamento punitivista do Patriota”, disse o advogado.
Ele sitou a Bíblia durante a sustentação oral e lembrou que Jesus ressuscitou,
diferentemente da peça na parede do supremo onde mostra-o Jesus crucificado.

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Vídeo mostra cantor gospel baleado se recuperando



Elyon Sosthenes deixou recado e cantou trecho da música Deus do Secreto


Elyon Sosthenes com sua esposa, Mariane, e a filha do casal Foto: Reprodução
Nesta segunda-feira (14), o pastor Nelson Santos, sogro de Elyon Sosthenes, compartilhou um vídeo nas redes sociais sobre a recuperação do genro. Ele convidou amigos e familiares para uma reunião de oração, que terá como objetivo expressar gratidão a Deus.
– Nós cremos que Deus vai receber a nossa gratidão por estarmos comemorando as vitórias desse processo, que causou dor e sofrimento, mas estamos vendo a vitória de Deus – disse o pastor.
Na gravação, é possível ouvir o próprio Elyon deixando uma mensagem para cada pessoa que orou por sua vida.
– Estamos firmes, confiantes em Deus, que não mudou, e a recuperação vai ser completa. Que Deus abençoe você! – declarou o músico.
Elyon também cantou um trecho da canção Deus do Secreto, do Ministério Sarando a Terra Ferida.
ENTENDA O CASO
Sosthenes foi internado no dia 8 de julho. Ele levou um tiro na cabeça durante um assalto, em Duque de Caixas, na Baixada Fluminense. O músico dirigia pela avenida Coronel Sisson quando foi surpreendido por bandidos.
Policiais encontraram Elyon já ferido. Ela havia batido o carro, que tinha várias marcas de tiro na lataria. Elyon foi socorrido e levado ao Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, onde passou mais de 80 dias.
Na unidade de saúde, o cantor chegou a ser submetido a uma cirurgia. Amigos revelaram que a situação é vista como um milagre, pois Sosthenes chegou ao hospital como se estivesse morto. Quando os médicos pensaram em divulgar o óbito, o jovem voltou à vida, dando esperança a todos.
Fonte 

Pleno.News 

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

AL/TO aprova projeto que isenta maiores de 65 anos da taxa de renovação da CNH

Deputado autor do projeto defendeu que os idosos já contribuíram com o desenvolvimento do Brasil e do 

 Heleno Farias JM NOTICIA

Jorge defendeu que os idosos já contribuíram com o desenvolvimento do Brasil e do estado
 Dicom – Assembleia

domingo, 13 de outubro de 2019

VEM AI O 17º CONGRESSO DE MISSÕES NO PARAGUAI CONFIRA CARTAZ E VÍDEO



Malafaia rebate arcebispo que disse que ‘direita é violenta e injusta’: “Deu amnésia nele”

Por
Heleno Farias em JM NOTICIA"Temos o dragão do tradicionalismo. A direita é violenta, é injusta", disse o líder católico

O arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, criticou o “dragão do tradicionalismo” e disse que a “direita é violenta e injusta” durante a missa solene do Dia da Padroeira no Santuário Nacional, maior templo católico do país.
Ele também criticou a corrupção, defendeu a preservação da natureza e pediu para que crianças não morram mais vítimas de bala perdida.
Malafaia, líder evangélico respeitado no país, rebateu:
DEU AMINÉSIA NO BISPO DE APARECIDA > Ele disse hoje que a direita é violenta e injusta , esqueceu de dizer que a esquerda proporcionou a maior roubalheira da história política do Brasil. Tem coisa mais violenta e injusta do que essa? Dom Orlando brandes não fale bobagem !

2.567 pessoas estão falando sobre isso

sábado, 7 de setembro de 2019

Escola Vítor Marques Porto é medalhista no III Festival de Vídeos Digitais e Educação Matemática em Vitória/ES



Um grupo de alunas do 8º ano da Escola Victor Marques Porto de Canguçu RS, coordenados pela professora Carla Felcher participou do III Festival de Vídeos Digitais e Educação Matemática, que aconteceu em Vitória/Espírito Santo, nos dias 05 e 06 de setembro.


O vídeo É d+ participou do evento e foi medalhista  na categoria júri técnico,   anos finais, destaque em idéia matemática.

A premiação ocorreu na tarde do dia 06.

A participação em festivais de vídeos valoriza e ressalta o protagonismo do estudante, bem como a aprendizagem da Matemática, uma ciência essencial para a cidadania.

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Porque eu nunca vou desistir da igreja

Não posso desistir, porque Jesus nunca desistiu de nós.
Porque eu nunca vou desistir da igreja
Porque eu nunca vou desistir da igreja
Eu nunca posso desistir da igreja porque nunca posso desistir das pessoas, quando ouço pessoas saindo da igreja, meu coração se parte. Eu nunca posso desistir da igreja porque nunca posso desistir das pessoas.
Certamente a igreja é como uma família, às vezes está bagunçada, e até mesmo errada, porém está em constante necessidade de arrependimento, perdão, revitalização, renovação e reavaliação.
É assim que é com as famílias. E, porque a igreja realmente é uma família, nunca vou desistir dela. Sim, uma família. Uma família real, real, pessoal, e não uma metáfora.
Quando nossas idéias sobre a igreja são teológicas ou institucionais, tornamos a igreja uma coisa fácil de deixar. Mas a igreja não é um edifício, uma denominação, uma organização, uma construção teológica ou uma série de crenças.
São as pessoas que encontramos dentro dessas instituições. A igreja é gente. As pessoas criam famílias. A esperança da família, certamente, teremos brigas ocasionais, então nós discutiremos.
Às vezes, vamos embora com raiva, gritando: “Eu já terminei com você”, apenas para nos vermos comiserados com outros membros da família com sofrimentos e frustrações semelhantes, para que possamos conversar juntos, compartilhar nossa dor juntos, orar juntos. você sabe, ser igreja juntos.
É por isso que, mesmo que meu coração se quebre quando ouço pessoas se afastando da igreja, sempre há esperança. Porque mesmo quando estamos afastados de nossa família, ainda somos parte dela.
Mesmo que meu coração se quebre quando ouço falar de pessoas que se afastam da igreja, sempre há esperança.
A Igreja Real é Pessoas Reais
É impossível para mim, como seguidor de Cristo, parar de trabalhar na, com e para a igreja, porque nunca posso estar fora de relacionamento com essas pessoas. Mesmo quando brigamos, essa briga cria tensão em mim. E essa tensão me puxa.
Mesmo quando eu não estiver com vontade de ir à igreja (como em um evento em um prédio), nunca poderei abandonar completamente os relacionamentos que a igreja me deu.
As estruturas em torno desses relacionamentos podem mudar, até desaparecer – muitas vezes porque precisam desesperadamente – mas isso não muda nem termina a igreja, porque as pessoas e seus relacionamentos ainda existem.
Uma igreja de nomes e rostos
A igreja é uma família de pessoas que me amaram e me ajudaram a conhecer e servir Jesus, não apenas de uma maneira generalizada. Mas pessoas com nomes, rostos e uma longa e profunda história juntos. Pessoas que estiveram na minha vida por toda a minha vida. Pessoas que eu amo. Pessoas que me amam.
Não posso desistir, porque Jesus nunca desistiu de nós.
Por: Karl Vaters

Menina de 6 anos é espancada e fica em coma por causa da sua fé em Jesus Cristo

Menina é espancada por seguir a Jesus Cristo
Um caso bárbaro de agressão em função de perseguição religiosa, revelou o quanto o fanatismo ideológico pode custar a vida de seres humanos, incluindo crianças, como uma menina de 6 anos que foi espancada por seguir a Jesus Cristo, no Vietnã.
O Vietnã ocupa a posição número 20 na lista mundial de países que mais perseguem os cristãos no mundo, segundo a organização internacional Portas Abertas. Nesse país, o ateísmo é a ideologia moral do seu regime político comunista, assim como na China e na Coreia do Norte, mas com níveis diferentes de perseguição.
Foi lá no Vietnã que uma criança de apenas 6 anos foi arrastada para fora de casa, junto com os seus pais, sendo espancada em seguida por um grupo de pessoas que se voltaram contra eles, por terem se convertido ao cristianismo.
A Portas Abertas informou que eles foram “zombados, amarrados com cordas e severamente espancados enquanto eram arrastados por um terreno rochoso em direção à entrada da vila, forçando-os a sair” da casa.
A menina e seus pais foram levados para um hospital pelos membros da igreja que frequentam. Ao acordar do coma, a criança não lembrava mais do que havia acontecido. Seus pais receberam tratamento para a recuperação dos ferimentos.
“Tanto os protestantes não tradicionais quanto os convertidos de religiões indígenas são perseguidos intensamente”, diz a Portas Abertas, explicando que além da questão ideológica fruto do regime político local, também existe a perseguição religiosa. Pessoas que abandonam antigas práticas místicas são alvos de discriminação.
“As estimativas indicam que aproximadamente 80% dos cristãos do país pertencem às minorias étnicas, como o Hmong, e enfrentam exclusão social, discriminação e ataques”, destaca a organização, segundo o Christian Today.
“Parentes de cristãos também são fortes perseguidores, cortando laços familiares e negando qualquer herança familiar. Em alguns casos, parentes forçam um cônjuge cristão a se divorciar e depois retêm a custódia de seus filhos. Às vezes, as casas dos crentes são destruídas, forçando-os a deixarem sua aldeia”, conclui.

Benny Hinn abandona evangelho da prosperidade: ‘O Espírito Santo está farto disso’


“Acho que isso prejudica o evangelho, por isso estou fazendo essa afirmação pela primeira vez na minha vida e, francamente, não me importo mais com o que as pessoas pensam de mim”, disse



 Heleno Farias EM JM NOTICIAS
Da redação
“Acho que isso prejudica o evangelho, por isso estou fazendo essa afirmação pela primeira vez na minha vida e, francamente, não me importo mais com o que as pessoas pensam de mim”, disse
Declarando que o “Espírito Santo está farto disso”, o controverso televangelista Benny Hinn, ex-um dos defensores mais agressivos do evangelho da prosperidade, pela primeira vez em sua carreira, emitiu uma rejeição total à prática que fez dele e sua família milhões.
O evangelho da prosperidade  ensina, entre outras coisas, que os crentes têm direito às bênçãos da saúde e da riqueza e podem obtê-las através de confissões positivas de fé e da “semeadura de sementes” através do pagamento fiel dos dízimos e ofertas.
Falando com seus seguidores durante uma transmissão do Facebook Live na segunda-feira à noite (que foi destacada pela primeira vez por Larry Reid Live), Hinn, que há muito tempo é um relâmpago para críticas por seu apoio à teologia, declarou que o Evangelho “não está à venda. “
“Lamento dizer que a prosperidade ficou um pouco louca e estou corrigindo minha própria teologia e todos vocês precisam saber disso. Porque quando eu leio a Bíblia agora, não vejo a Bíblia nos mesmos olhos que vi há 20 anos ”, disse Hinn quando seus seguidores se alegraram.
“Acho que é uma ofensa ao Senhor, é uma ofensa dizer dar US $ 1.000. Eu acho que é uma ofensa ao Espírito Santo colocar um preço no Evangelho. Para mim chega. Nunca mais vou pedir para você dar US $ 1.000 ou qualquer quantia, porque acho que o Espírito Santo está farto disso.
“Você me ouviu?” Hinn perguntou enquanto sua audiência respondia afirmativamente em alto astral.
“Acho que isso prejudica o evangelho, por isso estou fazendo essa afirmação pela primeira vez na minha vida e, francamente, não me importo mais com o que as pessoas pensam de mim”, continuou ele.
(Com The Christian Post)

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Garota surda de 12 anos é espancada e expulsa de casa por ir à igreja


"Quase toda vez que eu ia à igreja, meu irmão e meu pai me batiam"
Garota surda de 12 anos é espancada e expulsa de casa por ir à igreja
Garota surda de 12 anos é espancada e expulsa de casa por ir à igreja
Uma garota surda de 12 anos na Índia conta como foi espancada por seu pai e irmão para negar a Cristo e deixar de ir à igreja, antes de ser expulsa da casa da família que são hindus.
A menina chamada apenas como Saree, relatou que sua família a levou a hospitais, templos hindus e até pessoas que praticavam bruxaria para encontrar uma cura para sua surdez, tudo sem sucesso.
Ela tinha 11 anos quando foi convencida a ir à igreja pela tia cristã, que lhe disse que sua família hindu “não acreditava no verdadeiro Deus”. Quando ela foi à igreja, experimentou um milagre inesperado.
“As pessoas estavam cantando canções, e o pregador ensinou com a Palavra de Deus”, disse ela.
“Ouvi um pouco de som, para entender um pouco do que estava sendo dito e cantado. As músicas me fizeram feliz”. A certa altura, ela conta que foi chamada para a frente e recebeu uma oração.
“Enquanto eles oravam, eu podia ouvir sons. Lentamente, os sons se tornaram cada vez mais altos. Também senti algo vindo a mim. Chegou cada vez mais perto. Era a presença de Deus”, disse ela.
“Então os sons ficaram realmente claros. Eu pude ouvir tudo. Fiquei incrivelmente feliz.”
Mas a mãe de Saree não estava feliz e disse que a família não iria à igreja de sua tia, apesar do que havia acontecido. Ela também alertou Saree para parar de ir, dizendo que a família seria rejeitada pelos outros moradores.
“Não poderemos mais comprar comida ou bebida e ninguém vai falar conosco”, disse a mãe.
Saree disse que, embora continuasse frequentando a igreja em segredo, seu irmão logo descobriu e ela foi espancada. Ele e meu pai me bateram e me arrastaram para dentro de casa, disse Saree.
Uma vez, eu estava carregando uma Bíblia. Ele a pegou, jogou-a na lama e me bateu com um graveto. Mais tarde, coletei a Bíblia, limpei-a e entreguei a outro crente. Ele a guardou para mim.
“Quase toda vez que eu ia à igreja, meu irmão e meu pai me batiam”, continuou ela.
Cerca de três meses atrás, eles estavam fartos de mim. Meu irmão e meu pai gritaram: ‘Se você continuar indo à igreja, nós o puniremos!’ Eles bateram e me chutaram muito. Então eles me deram algumas roupas e me empurraram para fora da porta. Meu pai disse: ‘Você não é mais nossa filha’.
Ela foi à casa de sua tia, mas sua mãe a encontrou e a trouxe de volta, apenas para ser espancada novamente por seu irmão, que aparentemente lhe disse para “deixar Jesus Cristo” enquanto ele a batia com uma bengala e sapatos.
Recusou-se e fugiu novamente para a casa da tia, onde continua agora, apesar de sentir falta da família e não poder ir à escola.
Por causa da minha perseguição, não posso ir à escola. Também sinto muita falta da minha família. Amo minha família, mas eles não me aceitam”, disse ela.
Eu os vi duas vezes depois que eles me expulsaram. Fui vê-los, mas meu pai não fala comigo. Minha mãe fala um pouco comigo, mas apenas minha irmã mais velha fala bem. Eu não veja meu irmão.
Ela disse ao Open Doors que, quando se sente triste, pensa na “comunhão” que encontrou na igreja.
Uma irmã crente me disse: ‘Não deixe Jesus Cristo. Estamos aqui.’ Ela me incentivou da Palavra de Deus. Isso me fortaleceu, disse ela.

domingo, 1 de setembro de 2019

Bolsonaro é abençoado por Edir Macedo em culto com 10 mil fiéis em SP No altar, de joelhos e de costas para os fiéis, Bolsonaro foi ungido com o azeite da igreja evangélica

Na semana em que a facada que sofreu durante a campanha completa um ano, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi abençoado pelo bispo Edir Macedo na frente de uma multidão de quase 10 mil fiéis no Templo de Salomão, sede da Igreja Universal do Reino de Deus em São Paulo.
No altar, de joelhos e de costas para os fiéis, Bolsonaro foi ungido com o azeite da igreja evangélica por volta das 10h.
"Que Deus lhe dê sabedoria e coragem", disse Macedo, com as duas mãos sob a cabeça do presidente.
O presidente entrou com seguranças depois que todos os fiéis já estavam sentados. Ele sentou na primeira fila, que estava reservada a ele e sua equipe. A família de Edir Macedo também ocupou as cadeiras da frente.
A primeira-dama, Michele Bolsonaro, que é evangélica, não foi à reunião, como é chamado o culto pela manhã.
Edir Macedo criticou a imprensa. Disse que tentou trazer à igreja um candidato que virou presidente, sem deixar claro quem era, e que "quem perdeu a eleição foi desonrado". Ele afirmou que o Brasil "vive o inferno da mídia".
"Mas eu estou aqui", acrescentou, tirando riso de alguns fiéis. O bispo é proprietário da Rede Record.
"Este é um 'antes e um depois' para o presidente", disse. Após ser abençoado, Bolsonaro deixou o espaço e fez uma visita guiada pela igreja.
Segundo frequentadores que aguardavam desde as 8h para entrar no culto, o Templo de Salomão inicia neste domingo uma oração à nação brasileira, que visa também fortalecer o presidente.
Bolsonaro fica até as 19h em São Paulo. Ele chegou pela manhã e fez uma consulta com seu médico em Congonhas. Ele terá que fazer uma nova cirurgia em consequência da facada que sofreu em setembro do ano passado.
                 Fonte o tempo
https://www.otempo.com.br/politica/bolsonaro-e-abencoado-por-edir-macedo-em-culto-com-10-mil-fieis-em-sp-1.2229799

Bolsonaro passará por nova cirurgia



Jair Bolsonaro vai passar por uma nova cirurgia no próximo fim de semana, em São Paulo.
Segundo o médico Antônio Luiz Macedo, a operação será de médio porte e ocorrerá no domingo (8), no Hospital Vila Nova Star.
De acordo com Macedo, surgiu uma hérnia na incisão cirúrgica anterior feita no presidente.

Então como cristãos, mais uma vez oramos por nosso Presidente.

Bolsonaro quer evangélico com “Bíblia embaixo do braço” para ser diretor da Ancine


“É Bíblia embaixo do braço, joelho ralado no milho e que saiba 200 versículos da Bíblia”, definiu o presidente

“É Bíblia embaixo do braço, joelho ralado no milho e que saiba 200 versículos da Bíblia”, definiu o presidente

O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado (31) querer indicar alguém com perfil evangélico para a Agência Nacional de Cinema (Ancine). “É Bíblia embaixo do braço, joelho ralado no milho e que saiba 200 versículos da Bíblia”, definiu. “É claro que é um certo exagero, mas eu sou um presidente conservador”.
O presidente deu as declarações a um grupo de seis jornalistas que o aguardavam almoçar do lado de fora do Quartel General do Exército, em Brasília. Ele ordenou que sua equipe convidasse os repórteres para o almoço, sentou-se à mesa com eles e falou durante cerca uma hora e meia. Foi proibida a entrada com gravadores e celulares.
Na última sexta-feira, Bolsonaro afastou o diretor-presidente da Ancine, Christian de Castro Oliveira, por ordem judicial. Ele teria cometido violação de sigilo funcional ao repassar informações sigilosas a uma pessoa de fora da agência. O processo corre em segredo de Justiça.

Rádio Liberdade AM de Canguçu: Aqui sua mensagem vai mais longe

CONVIDO VOCÊ PARA ESTAR CONOSCO AS 830 HS DESTE DOMINGO AQUI PELO LINK DA RADIO LIBERDADE 1500 E TAMBÉM PELO FACEBOOK, NÃO PERCA.


CLICK AQUI E OUÇA RADIO LIBERDADE 
TODOS DOMINGOS 830 HORAS PROGRAMA NOVAS DE ALEGRIA

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Tradutor da Bíblia é espancado até a morte em Camarões e esposa tem braço cortado

Angus Abraham Fung estava entre sete pessoas supostamente mortas durante um ataque realizado no último domingo

O tradutor da Bíblia Angus Fung (R) posa para uma foto com o Presidente da Tearfund Canadá Wayne Johnson (E) em Wum, Camarões. | Alex Nicholls
Um tradutor da Bíblia em Camarões foi massacrado até a morte na manhã de domingo (25) durante um ataque durante a noite, enquanto o braço de sua esposa foi cortado, de acordo com uma fonte do ministério
Angus Abraham Fung estava entre sete pessoas supostamente mortas durante um ataque realizado por suspeitos pastores Fulani em algum momento durante as primeiras horas da manhã de domingo na cidade de Wum.
Localizado na região anglófona de Camarões, onde os separatistas lutam pela independência, Wum está entre as várias localidades onde jovens da comunidade nômade fulani estão sendo encorajados por atores do governo a realizar ataques contra as comunidades agrícolas locais que apoiam os rebeldes separatistas, disse Tembon.
“Eles foram às casas e tiraram o povo”, explicou Tembon. “Eles atacaram durante a noite e ninguém estava esperando. Eles simplesmente foram para a casa, tiraram-nos e os mataram. ”
Tembon disse que não foi informado sobre quantas pessoas foram feridas no ataque, mas apenas que a esposa de Fung, Eveline Fung, teve seu braço cortado e está recebendo uma transfusão de sangue em um hospital local. 
Quanto ao tradutor da Bíblia, Tembon foi informado de que Fung foi cortado à morte com um facão.
“Eu não sei o que motivou o ataque. Eles acabaram de chegar e mataram pessoas em casa ”, acrescentou Tembon, afirmando que a maioria das vítimas eram homens mais velhos. 
Fung tinha mais de 60 anos e serviu durante anos com a Wycliffe Bible Translators, trabalhando em uma tradução do Novo Testamento na língua Aghem, um projeto que foi concluído em 2016. 
“Ele foi um dos principais líderes comunitários de toda a tribo e fez parte dos serviços de tradução e também coordenou os esforços de alfabetização”, explicou Tembon. “Então, ele foi uma grande parte do trabalho de alfabetização porque sua linguagem nunca havia sido escrita antes. Então, ele foi quem coordenou e ensinou a língua. Tantas pessoas agora podem ler e escrever o idioma como resultado do trabalho de Angus. ”
Embora a tradução do Novo Testamento para o idioma Aghem tenha sido completada e mais de 3.000 cópias tenham sido publicadas, Tembon disse que a distribuição não aconteceu por causa da guerra na região. 

VEM O 30º CONGRESSO INTERNACIONAL DE MISSÕES 2019

domingo, 25 de agosto de 2019

Jovem é declarada morta, mas ressuscita e conta relato impressionante do céu

Era para ser apenas mais um momento de diversão com os amigos da igreja, após um culto na presença de Deus, quando por causa de uma brincadeira de mau gosto a jovem Steffani Besc terminou afogada. O fim da sua história, no entanto, impressiona a todos que ouvem o seu testemunho.
Atualmente com 53 anos, Besc revelou que resolveu contar o seu testemunho apenas 10 anos atrás, porque durante boa parte da sua vida ela achou que ninguém acreditaria em seu relato. No entanto, a multiplicação de casos de pessoas que passaram por situações semelhantes, chamadas pela ciência de “experiência de quase morte” (EQM), fez com que ela tivesse a coragem de se pronunciar.
Besc estava na cidade de Dodge City, em Kansas, nos Estados Unidos, em julho de 1979, quando tudo aconteceu. Ela e mais oito amigos saíram de um culto e foram para uma piscina em uma cidade próxima, Jetmore.
Na época com 13 anos, a jovem Besc estava sentada na borda da piscina com uma amiga, quando outro colega empurrou às duas para dentro da água. Todavia, Besc bateu com a sua cabeça em uma quina de concreto da piscina, ficando inconsciente.
A jovem estava em um clube e a piscina estava cheia de pessoas brincando na água. Também havia muito cloro e por isso a água estava turva. Ao desmaiar, o corpo de Besc afundou e ao tocar ralo da piscina, ficou preso no fundo.
Os amigos de Besc perderam a tenção pelo intenso movimento na piscina.  “As crianças estavam brincando, então parecia que alguém estava nadando no fundo da piscina. Ninguém prestou atenção”, contou ela.
Até os amigos da jovem Besc se darem conta da sua falta, ela ficou por meia hora afogada no fundo da piscina. Ela só foi resgatada quando um jovem que estava por perto, filho do delegado local, mergulhou para tentar encontrá-la. “Eu estava na posição fetal, presa no dreno do fundo. Ele conseguiu me levantar e me trazer para a superfície”, disse ela.
Ao ser levada para o hospital mais próximo, os médicos já haviam sido informados que ela estava morta por afogamento. “Eles acharam que eu estava morta. Não havia nada que eles pudessem fazer”, contou ela.

Visão do céu

Durante o tempo em que ficou “morta”, a jovem Besc teve uma experiência sobrenatural.  “Eu tive uma experiência com o Senhor e literalmente vi meu espírito deixar meu corpo e vi meu corpo natural no fundo da piscina”, disse ela.
Besc contou que se percebeu saindo do corpo, caminhando pela piscina e em seguida indo em direção ao alto, para uma região celestial. “Eu estava nos portões do céu e houve uma batalha pela minha vida”, disse ela.
“Eu ouvi Satanás dizer: ‘ela vem comigo’. Eu ouvi o Senhor dizer: ‘ela não vai’. Isso aconteceu três vezes”, disse ela, lembrando de quando Jesus surgiu dizendo: “Ainda não é a hora dela e, quando for, ela estará comigo”.
Logo após essa experiência, Besc abriu os olhos e se viu já no hospital. Os médicos constataram que havia água em seus pulmões e ficaram surpresos pelo fato dela ter simplesmente ressuscitado.
“Não temos uma explicação. A única coisa que podemos dizer é que vamos chamar isso de milagre”, disseram os profissionais, segundo o testemunho de Besc, que desde então ela vem contando para inspirar outras vidas.
“Me disseram que as pessoas precisam saber que Deus faz milagres todos os dias. Não é apenas uma história. Ele realmente ressuscita os mortos”, conclui ela, segundo o God Reports.