terça-feira, 31 de março de 2020

Sinais dos tempos: asteroide gigante entra na órbita da Terra em abril

Neste ano, diversos sinais que apontam para o fim dos tempos estão aparecendo.

Nasa fez anúncio do 1998 OR2 e explicou que uma possível colisão seria terrível
No dia 29 de abril, um asteroide com tamanho estimado entre 1 km a 3 km de diâmetro deve passar perto da Terra. Mas calma: segundo a Nasa (agência espacial norte-americana), não há sinais de que ele atingirá o planeta

Chamado de 1998 OH, ele passará a 6 milhões de quilômetros da Terra movendo-se a 31 mil quilômetros por hora, de acordo com a CNN. Espera-se que o “sobrevoo” ocorra na quarta-feira, 29 de abril, às 18h56 (horário de Brasília).
O 1998 OR2 possui aproximadamente 4 quilômetros de diâmetro e tem uma velocidade de 31.320 km/h.
Só para ilustrar, um asteroide de 1 quilômetro de diâmetro já seria capaz de criar uma cratera de 10 quilômetros. Além disso, o planeta seria devastado e toda a sociedade seria afetada.
Outra ilustração seria um asteroide de 40 metros de diâmetro com capacidade o suficiente para provocar um tsunami, ao cair próximo de uma praia.
Mas, ainda de acordo com a Nasa, a expectativa é a de que o 1998 OR2 não ultrapasse a distância de 6 milhões de quilômetros da Terra.
Setas que apontam para o cumprimento
Neste ano, diversos sinais que apontam para o fim dos tempos estão aparecendo.
Por exemplo, o coronavírus poderá criar uma grande crise econômica no mundo todo.
ex-primeiro ministro do Reino Unido, Gordon Brown, pediu um “governo global” para enfrentar os problemas na área da saúde e da economia em todo o planeta. Claramente, um sinal para conclamação ao surgimento do líder mundial que a Bíblia chama de “anticristo”.
O livro de Apocalipse, da Bíblia, explica que no fim da história da humanidade surgirá um homem que arrebanhará a humanidade com um discurso de paz e uma aparência de mediador. Entretanto, ele terá uma natureza satânica.
Quando esse personagem apocalíptico surgir, aí será o fim propriamente dito da história da humanidade.
(Com Universal/Daniel Cruz)
Por

Nenhum comentário:

Postar um comentário