quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Arqueólogos recriam piso do templo por onde Jesus Cristo caminhou; veja imagens


Baseando-se em referências em textos religiosos e relíquias, uma equipe de arqueólogos israelenses recriou um painel de piso do templo judeu do período romano.

O trabalho está sendo elogiado por tamanha precisão. A obra mostra detalhes que o próprio Jesus pode ter visto quando andou na Terra, há mais de 2.000 anos.

De acordo com um relatório da Reuters, o projeto levou sete meses para ser concluído.

O trabalho está sendo elogiado por tamanha precisão. A obra mostra detalhes que o próprio Jesus pode ter visto quando andou na Terra, há mais de 2.000 anos.

De acordo com um relatório da Reuters, o projeto levou sete meses para ser concluído.

O painel incorpora vários tipos diferentes de pedra, incluindo calcário, pedra do Mar Morto e mármore importado.

Como o templo é conhecido por ter sido projetado pelo rei Herodes, que seguiu as tendências culturais romanas, as pedras foram dispostas na ‘Opus Sectile’, um estilo romano popular da época.

O projeto demorou muito, explicou o arqueólogo Assaf Avraham, porque a equipe teve um cuidado especial em recriar o desgaste que teria aparecido no piso de pedra após anos de tráfego de pedestres.

Ele disse à Reuters: “Fizemos até arranhões e todo tipo de marcas que davam a mesma aparência que era na época.”

O chão seria muito familiar para Jesus, que visitou o templo várias vezes nos Evangelhos.

Ele caminhou pelos corredores do Templo pela primeira vez quando era adolescente, quando o visitou para estudar as escrituras.

As narrativas do Evangelho retornam ao Templo mais tarde na vida de Cristo, quando Ele expulsou os cambistas que operavam nos confins da estrutura sagrada.

Avi Tavisal, gerente da equipe de artesãos que ajudou a concluir o projeto, observou que foi “um trabalho muito duro”.

“Mas foi muito interessante e fizemos de todo o coração”, disse ele.

E acrescentou:

“Esperamos que isso seja algo que as pessoas possam vir, ver, sentir, tocar e sentir a sensação de como era 2.000 anos antes”.

Confira algumas imagens disponibilizadas em um vídeo da agência Reuters:





POR Raul Holderf Nascimento


Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador EM CONEXAO POLITICA

Nenhum comentário:

Postar um comentário