domingo, 31 de janeiro de 2021

Tecidos roxos citados na Bíblia são encontrados em Israel pela primeira vez

 


Um fio tingido de 3.000 anos foi descoberto combinando com a descrição de púrpura real da Bíblia. Uma equipe em Israel diz que o antigo achado oferece um vislumbre do guarda-roupa do Rei Davi e do Rei Salomão de Jerusalém por volta de 1.000 AC.

Isso marca um feito inédito, em que pesquisadores descobriram evidências de tecido tingido com púrpura real que datam desse período. Os restos são de um tecido, uma borla e fibras de lã tingida com púrpura real do vale de Timna, no sul de Israel.



O local é um antigo distrito de produção de cobre, identificado como parte do reino bíblico de Edom, que fazia fronteira com o Reino de Israel ao sul.

“Esta é uma descoberta muito estimulante e importante”, disse o Dr. Naama Sukenik, curador de achados orgânicos da Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA), em um comunicado à mídia .

“Esta é a primeira peça de tecido já encontrada da época de Davi e Salomão que é tingida com o prestigioso corante roxo. Na antiguidade, o traje roxo era associado à nobreza, aos sacerdotes e, claro, à realeza”, frisou o estudioso.

A datação do tecido que remonta aos tempos bíblicos datação direta por radiocarbono confirma que o tecido data de cerca de 1.000 aC, combinando com as monarquias bíblicas de Davi e Salomão em Jerusalém. O Antigo Testamento se refere à cor no Cântico dos Cânticos 3:9-10:

“O rei Salomão fez para si a carruagem; ele o fez de madeira do Líbano. Seus postes ele fez de prata, sua base de ouro. Seu assento era estofado com tecidos roxos púrpura, seu interior incrustado com amor”, relata a descrição bíblica.

Por 

Raul Holderf Nascimento em CONEXÃO POLITICA

Nenhum comentário:

Postar um comentário