sexta-feira, 16 de abril de 2021

Bolsonaro volta a dizer: ‘Só Deus me tira da cadeira presidencial’

 Presidente Jair Bolsonaro disse que "o que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar"

Presidente Jair Bolsonaro em sua live semanal Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro comentou uma decisão da ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), que deu prazo de cinco dias para o presidente da Câmara, Arthur Lira, se manifestar sobre não ter aberto pedido de impeachment. Em sua tradicional live pelas redes sociais, Bolsonaro voltou a falar que só “só Deus me tira da cadeira presidencial”.

Ele abordou a notícia logo no início da transmissão e disse acreditar que algo errado acontece há tempos no país.

Uma notícia que chegou agora. Estou custando a crer que seja verdadeira. Cármen Lúcia dá 5 dias o presidente da Câmara, Arthur Lira, explicar porque não abriu processo de impeachment contra Bolsonaro. Realmente eu acho que alguma coisa de muito errado vem acontecendo há muito tempo no Brasil – apontou.

Bolsonaro então disse que pretende encontrar Lira.

– Vamos ver se processa a informação. Está na mídia agora. [Vamos ver] Qual é o encaminhamento que o Arthur Lira vai dar no tocando a isso, se vão abrir processo ou não. E a gente vai se encontrar, não live, mas em outro lugar – ressaltou.

Por fim, ele ele disse que não irá sair do cargo e apontou que “o que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar”.

– Não quero aqui me antecipar, falar o que acho sobre isso aí. Só digo uma coisa, só Deus me tira da cadeira presidencial. E me tira, obviamente, tirando minha vida. Fora isso, o que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar. Não vai mesmo – concluiu.

Fonte PLENO NEWS https://pleno.news/brasil/politica-nacional/bolsonaro-volta-a-dizer-so-deus-me-tira-da-cadeira-presidencial.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário