Aqui 5 conselhos a um casal cristão que pensa em se divorciar por Renato Vargens

O divórcio é uma saida social criada para que casais que não possue uma vida em harmonia possam seguir suas vidas, mas à luz da Bíblia Sagrada, a permissão para adotar tal medida é bastante restrita.

Diante disso, o pastor Renato Vargens elencou 5 conselhos para que fiéis insatisfeitos com o casamento atuem para salvar a união: “Lamentavelmente não são poucos os casais cristãos que têm enfrentado problemas no casamento, e que devido a isso pensam seriamente em se divorciar”.

O tratamento ao divórcio, na igreja brasileira, vem sendo revisto em diferentes vertentes doutrinárias, como por exemplo o caso da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), dirigida pelo pastor Silas Malafaia, que definiu que fiéis que se divorciam fora dos parâmetros bíblicos serão excluídos da comunhão caso voltem a se casar.

No âmbito da prevenção, Vargens pontuou que “conselhos práticos” podem ajudar na superação de crises conjugais: “Não seja precipitado em suas decisões. Lembre-se de que a Palavra de Deus ensina que peca quem é precipitado. (Provérbios 19:02)”.

O segundo e terceiro conselhos também são embasados em Provérbios: “Procure ouvir tanto a opinião como conselhos de pessoas maduras, isso com certeza ajudará o casal a evitar erros. (Provérbios 11:14); Não seja impulsivo em suas palavras. Lembre-se de que a palavra dura suscita a ira e a branda desvia o furor. (Provérbios 15:11)”.

Em quarto lugar, Vargens alertou para os riscos que os atritos entre cônjuges representam: “Não deixe que a mágoa tome conta do seu coração. Lance suas dores, decepções e frustrações diante do Senhor na certeza de que Ele poderá curar seu coração. Lembre-se daquilo que Efésios 4:31 diz: ‘Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade’”.

Por fim, o pastor afirmou que os casais devem enfrentar a ameaça do divórcio juntos, como prometido perante o altar: “Ore pelo e com seu cônjuge pedindo ao Senhor que restaure o amor, conceda perdão e transformação ao casamento abalado por erros, que com certeza não foram cometidos por uma só pessoa da relação”, escreveu Renato Vargens, no artigo publicado pelo portal Pleno News.

Minha fonte Gospel mais